Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3005
Título: Os batalhões provisórios: legitimação, mobilização e alistamento para uma guerra nacional (Ceará, 1932)
Título em inglês: The provisory battalions: legitimation, mobilization and enlistment for a national war (Ceará, 1932)
Autor(es): Lopes, Raimundo Hélio
Orientador(es): Neves, Frederico de Castro
Palavras-chave: Guerra de 1932
Governo Vargas
Alistamento Voluntário
War of 1932
Government Vargas
Voluntary Enlistment
Brasil - História - Revolução constitucionalista,1932
Ceará - Política e governo - Séc. XX
Brasil. - Exército - Recrutamento,alistamento,etc. - História - Séc. XX
Voluntários - Ceará - Séc. XX
Brasil - História - Governo provisório,1930-1934
Data do documento: 2009
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: Lopes, R. H.; Neves, F. C. (2009)
Resumo: Esta pesquisa pretende analisar a formação dos batalhões provisórios cearenses para a Guerra de 1932. Este conflito, mais conhecido como “Revolução Constitucionalista de 32” foi, por muito tempo, analisado privilegiando o estado de São Paulo, mas pesquisas recentes apontam para um forte envolvimento de toda a Nação a partir de relevantes instituições federais, como as Interventorias estaduais e as Forças Armadas. Dessa forma, o primeiro capítulo busca compreender a construção da legitimação para a guerra, a partir de vários discursos e pronunciamentos oficiais que circularam no estado, ressignificados no contexto da guerra, como a “Revolução de 30” e a política de combate à seca. Além disso, este capítulo averigua diversas ações contrárias ao Governo Provisório que procuravam desestabilizar a força federal no Ceará. O segundo capítulo analisa o impacto da guerra no Ceará e a mobilização da população em torno da legitimação construída pelos apoiadores do governo Vargas no estado. A mobilização da população é bem maior que o número de alistados que foram enviados ao front, como pode ser percebido através das várias manifestações que ocorreram durante a guerra, oriundas de diversas entidades e pessoas, e das mais variadas formas. Também é analisada a estrutura estatal construída para a formação e treinamento dos batalhões provisórios, em diálogo com a política federal de combate aos revoltosos, o Exército Nacional e a Interventoria local. O último capítulo tem como objetivo analisar a heterogeneidade dos batalhões provisórios e como diversos sujeitos, com experiências sociais distintas, se integraram nas forças provisórias. Também procuro perceber as diversas tensões que estão relacionadas com esse processo, através dos diversos usos políticos e das contradições que marcaram o alistamento.
Abstract: This paper aims to examine the formation of the provisional battalions from Ceará for the War of 1932. This conflict, known as “Revolução Constitucionalista de 32” has been analyzed, for a long time, in a way focuses in the state of São Paulo, but recent research shows strong involvement of the whole nation in the form of relevant federal institutions, such as the states Federally appointed governors and the Armed Forces. Thus, the first chapter seeks to understand the construction of the government’s case for war, from various speeches and official pronouncements that circulated in the state, given new meanings in the context of war, such as the “Revolução de 30” and the policy to solve the problem of droughts. Also, this chapter looks into various actions against the “Governo Provisório” seeking to destabilize the federal force in Ceará. The second chapter examines the impact of the war in Ceará and the mobilization of the population around the legitimacy built by supporters of the Vargas regime in the state. The overall mobilization of the population is much greater than the number of enlisted men who were sent to the front lines, as can be seen through the various events that occurred during the war, organized by various entities and persons, in different ways. It also reviews the state infrastructure built for the establishment and training of provisional battalions of troops, in direct accordance with the federal policy to fight the insurgents, with the Army and Federally appointed governors. The final chapter aims to analyze the heterogeneity of the provisional battalions and how different subjects, with different social experiences, are among the provisional forces. I also try understand the various tensions that are associated with this process, through the various uses and political contradictions that have surrounded the enlisting.
Descrição: LOPES, Raimundo Hélio. Os batalhões provisórios: legitimação, mobilização e alistamento para uma guerra nacional (Ceará, 1932). 2009. 213 f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Ceará, Departamento de História, Programa de Pós-Graduação em História Social, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3005
Aparece nas coleções:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_rhlopes.pdf3,07 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.