Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30089
Título: Efeitos da suplementação de anetol ou robinina na vitrificação e incubação in vitro do tecido ovariano ovino
Título em inglês: Effects of anethole or robinin supplementation on vitrification and in vitro incubation of ovary ovarian tissue
Autor(es): Morais, Maria Luana Gaudêncio dos Santos
Orientador(es): Rodrigues, Ana Paula Ribeiro
Coorientador(es): Araújo, Valdevane Rocha
Palavras-chave: Vitrificação
Folículo Ovariano
Antioxidantes
Fertilidade
Data do documento: 6-Fev-2018
Citação: MORAIS, M. L. G. S. ; RODRIGUES, A. P. R. ; ARAUJO, V. R. (2018)
Resumo: O presente trabalho teve como principal objetivo verificar o efeito da adição dos antioxidantes naturais, anetol (AN) e robinina (RO), na solução de vitrificação e no meio de incubação in vitro de tecido ovariano ovino. Inicialmente (etapa 1), foi analisada a porcentagem de folículos pré-antrais morfologicamente normais (FPMN) inclusos no tecido ovariano fresco (Controle - CTR), vitrificado na ausência de antioxidantes (VSA), apenas incubado in vitro (IIV) por 24 h ou vitrificado na presença de diferentes concentrações de anetol (AN: 30, 300, 2000 µg/mL) ou robinina (RO: 0,125; 0,25; 0,50 mg/mL), seguido de incubação in vitro, totalizando nove tratamentos. Na etapa 2, os tratamentos, CTR, VSA, IIV, AN2000 e RO1.25 foram mantidos e adicionados ambos tipos e concentrações de antioxidantes na incubação in vitro, resultando nos tratamentos AN2000+ e RO1,25+ , totalizando agora sete tratamentos. No final de 24 h de incubação, foram avaliados os seguintes parâmetros: ativação folicular, densidade de células no estroma (DCE), níveis de EROs nos fragmentos e meio de incubação in vitro, capacidade antioxidante total (CAT) e a atividade mitocondrial. Os dados foram submetidos ao pacote estatístico SAS, sendo as diferenças encontradas, consideradas estatisticamente significativas quando P<0,05. Os dados da etapa 1 mostraram que a porcentagem de FPMN no AN2000 foi semelhante ao CTR e igual à RO0,125. Na etapa 2, a ativação foilicular em todos os tratamentos foi superior (p<0,05) ao CTR e na RO0,125 foi menor do que (p<0,05) à VSA. Embora a DCE em todos os fragmentos vitrificados tenha sido inferior (p<0,05) ao CTR, nos tramentos AN2000 e RO0.125 este parâmetro foi superior ao VSA . Os níveis de EROs no córtex ovariano oriundos do AN2000 ou AN2000+ foram menores que ao CTR. Quanto aos níveis de EROS intracelulares, observou um aumento deste parâmetro nos tratamentos VSA, RO0,125 e IIV, comparados ao CTR. Por outro lado, esse parâmetro foi inferior no AN2000 quando comparado à VSA e semelhante ao CTR. No que concerne à CAT, a RO0,125 foi melhor do que a VSA, AN2000 e AN2000+ e esse ultimo foi menor do que o CTR. De acordo com os resultados obtidos, concluímos que é recomendável o uso de antioxidantes (anetol ou robinina) na solução de vitrificação do tecido ovariano ovino; uma vez que o AN 2000 µg/mL preservou a morfologia folicular e RO 0,125mg/mL manteve uma CAT superior a vitrificação na ausência de antioxidantes.
Abstract: The objective of the present work was to verify the effect of the addition of natural antioxidants, anethole (AN) and robinine (RO), in the vitrification and the in vitro incubation solution of ovine ovarian tissue. Initially (step 1), was analyzed the percentage of morphologically normal preantral follicles (MNPF) included in fresh ovarian tissue (Control - CTR), vitrified in the absence of antioxidants (VSA), only incubated in vitro (IIV) for 24 h or vitrified in the presence of different concentrations of anethole (AN: 30, 300, 2000 µg / mL) or robinin (RO: 0.125, 0.25, 0.50 mg / mL), followed by in vitro incubation, totaling nine treatments. In stage 2, the treatments, CTR, VSA, IIV, AN2000 and RO1.25 were maintained and added both types and concentrations of antioxidants in the in vitro incubation, resulting in treatments AN2000 + and RO1,25 + , totaling seven treatments. After 24 h of incubation, the following parameters were evaluated: follicular activation, stromal cell density (SCD), ROS levels in the ovarian fragments and in the incubation medium, total antioxidant capacity (TAC) and mitochondrial activity. Data were submitted to the SAS statistical package, and the differences were found statistically significant when P <0.05. The data from step 1 showed that the percentage of MNPF in AN2000 was similar to CTR and similar to RO0.125. In step 2, foilicular activation in all treatments was superior (p<0.05) to CTR and in RO0.125 decrease to compare (p<0.05) VSA. Although the DCE in all the vitrified fragments was inferior (p<0.05) to the CTR, in the traces AN2000 and RO0.125 this parameter was superior to the VSA. The ROs levels in the ovarian cortex from the AN2000 or AN2000 + were lower than the CTR. The intracellular ROS levels was increase in the VSA, RO0,125 and IIV treatments, compared to the CTR. On the other hand, this parameter was lower in AN2000 when compared to VSA and similar compare to CTR. Regarding TAC, the RO0.125 was better than the VSA, AN2000 and AN2000+. According to the results obtained, we conclude that the use of antioxidants (anethole or robinine) in the vitrification solution of ovine ovarian tissue is recommended; since AN 2000 µg / mL preserved the follicular morphology and RO 0.125 mg / mL maintained a higher TAC than vitrification in the absence of antioxidants.
Descrição: MORAIS, M. L. G. S. Efeitos da suplementação de anetol ou robinina na vitrificação e incubação in vitro do tecido ovariano ovino. 2018. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Morfofuncionais) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30089
Aparece nas coleções:DMO - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
dis_2018_lgsmorais.pdf16,67 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.