Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30239
Title in Portuguese: Comovimentos de política monetária e ciclos de negócios: uma abordagem através de modelos de fatores
Author: Campos, Rodolfo Herald da Costa
Advisor(s): Ferreira, Roberto Tatiwa
Keywords: Modelos de Fatores Dinâmicos
Comovimentos
Taxas de Juros de Curto Prazo
Produção Industrial
Sincronização de Ciclos de Negócios
Issue Date: 2018
Citation: CAMPOS, Rodolfo Herald da Costa. Comovimentos de política monetária e ciclos de negócios: uma abordagem através de modelos de fatores. 2018. 129f. - Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-Graduação em Economia, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: A presente tese é composta de três ensaios que buscam investigar sobre comovimentos de política monetária internacionais e flutuações comuns e sincronização de ciclos de negócios na produção industrial dos estados brasileiros. O objetivo principal do primeiro ensaio é caracterizar as flutuações comuns entre as taxas de juros de curto prazo a partir de uma amostra de 28 países mais a taxa de juros da Área do Euro no período compreendido entre 1996 e 2015. Modelos de fatores dinâmicos seguindo a estrutura proposta por Kose et al (2003) e Neely e Rapach (2011) são estimados onde a trajetória dos fatores latentes estimados, que representam as flutuações comum global e regionais entre as taxas de juros dos países, são capazes de capturar os principais eventos econômicos que ocorreram ao longo do período analisado. A análise de decomposição da variância a partir dos fatores estimados sugere que os fatores comuns estimados do modelo são capazes de explicar, em média, uma parcela de 28% da variância total nas primeiras diferenças das taxas de juros dos países considerados no período em análise. Regras de Taylor lineares e não-lineares incluindo os fatores latentes como proxy para as comovimentos de política monetária são estimadas e sugerem que as flutuações comuns global e regionais entre as taxas de juros dos países mostraram-se relevantes na condução de política monetária do Bacen no período analisado. O segundo ensaio procura estudar as flutuações comuns na produção industrial de 13 estados brasileiros entre 2003 a 2016. Modelos de fatores dinâmicos também são empregados na análise, onde a trajetória do fator comum nacional pode ser interpretada como um indicador coincidente para as flutuações na atividade industrial brasileira. Ademais, uma análise de decomposição da variância revela ainda que, em média, 51% da variabilidade nas taxas de crescimento da produção industrial dos estados são explicadas pelo fator comum nacional. Por fim, o método DMA proposto por Raftery et al (2010) é empregado para identificar quais as variáveis econômicas explicam a dinâmica do fator comum nacional e sugere que variáveis relacionadas ao mercado de trabalho no setor industrial, preços do petróleo, política monetária, oferta de crédito e taxa de câmbio podem ser consideradas como potenciais determinantes das flutuações na produção industrial no período em análise. O terceiro ensaio procura mensurar o grau de sincronização entre os ciclos de negócios industriais dos estados brasileiros considerando a metodologia proposta por Leiva-Leon (2016) e utilizando a mesma base de dados do segundo ensaio. Resultados a partir dos testes de sincronização sugerem importantes heterogeneidades em relação ao grau de sincronização bilateral dos ciclos industriais entre os estados considerados, mesmo entre estados de uma mesma região geográfica. Modelos de painel dinâmico no qual a variável dependente é a medida de dissimilaridade bilateral são estimados e sugerem que as diferenças entre o grau de especialização setorial é um importante determinante das dissimilaridades entre os ciclos de negócios industriais dos estados analisados. Diferenças entre as estruturas de despesas dos estados também são importantes para explicar as dissimilaridades nos ciclos de negócios dos estados.
Abstract: The present thesis is composed of three essays that seek to investigate international monetary policy comovements and common fluctuations and synchronization of business cycles in the industrial production of the Brazilian states. The main objective of the first essay is to characterize the common fluctuations between short-term interest rates from a sample of 28 countries plus the interest rate of the Euro Area in the period between 1996 and 2015. Dynamic factor models following the structure proposed by Kose et al (2003) and Neely and Rapach (2011) are adjusted where the path of estimated latent factors, which represent the global and regional common fluctuations between countries' interest rates, are capable to capture the main economic events that occurred during the analyzed period. The analysis of variance decomposition from the estimated factors suggests that the estimated common factors of the model are able to explain, on average, a share of 28% of the total variance in the first differences of the interest rates of the countries considered in the period under analysis. Linear and nonlinear Taylor’s Rule including latent factors as proxy for monetary policy movements are estimated and suggest that common global and regional fluctuations between countries' interest rates have proved to be relevant to the Bacen monetary policy in period analyzed. The second essay seeks to study the common fluctuations in industrial production in 13 Brazilian states between 2003 and 2016. Dynamic factor models are also employed in the analysis, where the path of the national common factor can be interpreted as a coincident indicator for fluctuations in Brazilian industrial activity. In addition, a variance decomposition analysis also reveals that, on average, 51% of the variability in the growth rates of the industrial production of the states is explained by the national common factor. Finally, the DMA method proposed by Raftery et al (2010) is used to identify which economic variables explain the dynamics of the national common factor and suggests that variables related to the labor market in the industrial sector, oil prices, monetary policy, supply credit and exchange rate can be considered as potential determinants of fluctuations in industrial production in the period under analysis. The third essay tries to measure the degree of synchronization between the industrial cycles of Brazilian states considering the methodology proposed by Leiva-Leon (2016) and using the same database of the second test. Results from the synchronization tests suggest important heterogeneities regarding the degree of bilateral synchronization of the industrial cycles between the considered states, even between states of the same geographic region. Dynamic panel models in which the dependent variable is the measure of bilateral dissimilarity are estimated and suggest that the differences between the degree of sectorial specialization is an important determinant of the dissimilarities between the industrial business cycles of the states analyzed. Differences between state expenditure structures are also important in explaining dissimilarities in business cycles of the states.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30239
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:CAEN - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_rhccampos.pdf4,16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.