Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30346
Title in Portuguese: Tecnologia educativa sobre atividade sexual de pessoas com lesão medular: construção e validação
Title: Educational technology on sexual activity of people with spinal cord injury; construction and validation
Author: Silva, Roberta de Araujo e
Advisor(s): Carvalho, Zuila Maria de Figueiredo
Co-advisor(s): Cruz, Arménio Guardado
Keywords: Traumatismos da Medula Espinal
Sexualidade
Educação em Saúde
Materiais de Ensino
Estudos de Validação
Issue Date: 25-Jul-2017
Citation: SILVA, R. A. Tecnologia educativa sobre atividade sexual de pessoas com lesão medular: construção e validação. 2017. 239 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Esta tese tem como objetivo construir e validar uma tecnologia educativa, tipo cartilha educativa, sobre atividade sexual de pessoas com lesão medular. Trata-se de estudo metodológico e de desenvolvimento realizado em cinco etapas: 1. Pesquisa bibliográfica em blogs para determinação dos interesses e necessidades educacionais do público-alvo; 2. Revisão integrativa visando a determinação do conteúdo do material; 3. Construção da tecnologia educativa a partir de três aspectos: linguagem, ilustração e layout/design. A cartilha educativa é intitulada “Sexualidade na lesão medular: o que você precisa saber”, sendo constituída por seis capítulos: sexualidade; lesão medular e função sexual; tratamentos das disfunções sexuais; disfunções sexuais masculinas; disfunções sexuais femininas; e promoção da atividade sexual saudável e satisfatória da pessoa com lesão medular;4.validação de conteúdo e aparência do material educativo, utilizando-se o Índice de Validação de Conteúdo (IVC) e teste binomial (p<0,05), estabelecimento de um grau de concordância de 85% entre os juízes e o público-alvo; 5. Avaliação da aplicação da cartilha com o público-alvo, esta foi constituída de uma pesquisa quase-experimental, tipo teste piloto, em grupo único, antes e depois, para aplicação da cartilha educativa e avaliação do conhecimento, atitude e prática de um novo grupo de 20 pessoas com lesão medular, em três momentos: pré-teste, pós-teste imediato e pós-teste tardio com duas semanas. O estudo respeitou todos os aspectos éticos conforme a Resolução 510/2016 do Conselho Nacional de Saúde, recebeu Parecer nº 1.615.777. Os resultados evidenciam na pesquisa documental 16 blogs de pessoas com lesão medular, sendo analisadas 168 publicações e 32 comentários referentes a sexualidade e função sexual, os quais possibilitou apreender os interesses, necessidade educacionais, linguagem e expressões do público-alvo. Na revisão integrativa obteve-se 22 publicações sobre sexualidade, função e atividade sexual da pessoa com lesão medular, a qual possibilitou identificar e apreender o conteúdo científico dos capítulos que compuseram a cartilha educativa. Os resultados da validação apontam um IVC global de 0,91 na validação de conteúdo com onze profissionais de saúde da área; IVC global de 0,87 na validação de aparência com três designers gráficos; e IVC global de 0,94 na validação de aparência com 37 pessoas com lesão medular; a validação revelou excelente grau de concordância entre os avaliadores, significando que a cartilha obteve o padrão-ouro ao final desta etapa. A respeito do teste piloto, observou-se aumento da pontuação média em todos os domínios comparando-se pré-teste e pós-teste imediato, principalmente no domínio conhecimento; e comparado com o pós-teste tardio, a média de pontuação foi mantida, sendo aplicado o teste de Friedman (p<0,05). Conclui-se que a cartilha educativa foi considera uma tecnologia educativa válida e confiável para promoção da atividade sexual saudável e satisfatória da pessoa com lesão medular, capaz de promover conhecimento, atitude e prática adequados. A elaboração e validação de tecnologias educativas, baseada em orientações confiáveis e de fácil entendimento, voltadas em especial, para pessoas com lesão medular e seus parceiros, torna-se uma ferramenta de melhoria do cuidado de enfermagem, deve, portanto, ser explorada pelo enfermeiro.
Abstract: This thesis aims to construct and validate an educational technology, like educational booklet, about sexual activity of people with spinal cord injury. It is a methodological and development study carried out in five stages: determining the interests and educational needs of the target audience; Determining the content of the material; Construction of educational material; Validation of content and appearance of educational material; And evaluation of the application of the booklet with the target audience. The study respected all ethical aspects according to Resolution No. 510/2016 of the National Health Council. In the first stage, a documentary research was carried out on 16 blogs of people with spinal cord injury, 168 publications and 32 comments were analyzed regarding sexuality and sexual function, which made it possible to grasp the interests, educational needs, language and expressions of the target audience. In the second stage, an integrative review of 22 publications on sexuality, function and sexual activity of the person with spinal cord injury was carried out, which made it possible to identify and apprehend the scientific content of the chapters that compose the educational booklet. In the third step, the educational booklet was constructed from three aspects: language, illustration and layout / design. The educational booklet was entitled "Sexuality in spinal cord injury: what you need to know", consisting of six chapters: sexuality; Spinal cord injury and sexual function; Treatments of sexual dysfunctions; Male sexual dysfunctions; Female sexual dysfunction; And promotion of healthy and satisfactory sexual activity of the person with spinal cord injury. In the fourth stage, the validation of the educational booklet was performed using the Content Validation Index (CVI) and binomial test (p <0.10). An agreement of 85% was established between content judges, 80% between the judges of designer and 85% among the target audience. The validation results were: a global CVI of 0.91 in content validation with eleven health professionals in the area; CVI global of 0.87 in the validation of appearance with three graphic designers; And global CVI of 0.94 in the validation of appearance with 37 people with spinal cord injury; The validation revealed an excellent degree of agreement among the evaluators, meaning that the booklet obtained the gold standard at the end of this stage. The reliability of the content and appearance validation tools with the target audience obtained Cronbach's alpha global values of 0.917 and 0.955 respectively, meaning good internal reliability and excellent ratings. In the fifth step, a quasi-experimental, pilot test, in a single group, before and after, was carried out to apply the educational booklet and evaluation of the knowledge, attitude and practice of a new group of 20 people with spinal cord injury in three moments: pre-test, immediate post-test and late post-test with two weeks. An increase of the average score was observed in all domains, comparing pre-test and immediate post-test, mainly in the knowledge domain; And compared with the late post-test, the mean score was maintained, and the Friedman test (p <0.05) was applied. It is concluded that the thesis defended was proven, because the educational booklet was considered a valid and reliable educational technology to promote healthy and satisfactory sexual activity of the person with spinal cord injury, capable of promoting appropriate knowledge, attitude and practice.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30346
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tese_rasilva.pdf4,01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.