Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3041
Título: O jogar e o funcionamento cognitivo do sujeito surdo
Título em inglês: The play and cognitive functioning of deaf subject
Autor(es): CHAVES, Hamilton Viana
Orientador(es): COSTA, Maria de Fátima Vasconcelos da
Palavras-chave: Jogos
Aprendizagem mediada
Surdez
Cognição
Games
Mediated learning
Deafness
Cognition
Deficientes auditivos - educação
Educação Inclusiva
Educação especial – Estudo e ensino
Surdos – Educação
Deficientes auditivos – Educação
Data do documento: 2011
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: CHAVES, H. V. ; COSTA, M. F. V. (2011)
Resumo: A pesquisa apresentada neste trabalho de tese sedimentou-se em três grandes campos de estudo: os processos mediacionais e cognitivos envolvidos nas situações de ensino e aprendizagem, os jogos enquanto atividade lúdica e a surdez. Partindo desse entrelaçamento foi que se procurou investigar como se daria o funcionamento cognitivo de surdos quando esses construíam conhecimento mediado por jogos de aprendizagem. Objetivou-se, assim, compreender o funcionamento cognitivo de sujeitos surdos quando em situação de ensino e aprendizagem eram auxiliados por jogos. Para tanto, analisaram-se as produções linguísticas de surdos em interação, decorrentes de processos de ensino e aprendizagem facilitados por jogos; descreveu-se a gênese dos processos de construção de conhecimento levando em consideração sua constante pragmática (senso-motora) e formal (conceitual) e; formulou-se uma síntese explicativa da formação de sentidos surgidos mediante processos de ensino e aprendizagem facilitados por jogos. A pesquisa foi realizada com alunos surdos do Instituto Cearense de Educação de Surdos e do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez, ambos sediados na cidade de Fortaleza-CE. Durante parte dos anos de 2009 e 2010, foram filmadas atividades de aprendizagem mediada por jogos a fim de constituir o corpus para posterior análise. A analítica seguiu o modelo microgenético proposto por Heinz Werner e Lev Vygotski. Escolheram-se cinco episódios que seriam mais elucidativos e consoantes com a pergunta de partida para efetivação do estudo. Verificou-se que o pensamento imaginativo, o intercâmbio de informações, compartilhamento de sentidos foram decisivamente influenciados pela experiência corporal dos sujeitos. No que diz respeito ao campo do pensamento lógico e matemático, observou-se que a experiência mental foi um importante recurso utilizados pelos alunos surdos nas estratégias de solução de problemas. Os achados indicaram que o curso do funcionamento cognitivo dos sujeitos foi decisivamente comprometido pelo conjunto de experiências corporais oriundo de suas interações cotidianas licenciadas pelo uso das línguas de sinais.
Abstract: The research presented in this thesis was based on three major fields of study: the mediational and cognitive processes involved in teaching and learning situations, the games as play activity, and deafness. From this entanglement there was the attempt to investigate how the cognitive functioning of deaf people would happen while they were building knowledge mediated by learning games. The aim is to understand the cognitive functioning of deaf subjects when in teaching and learning situations that were aided by games, to this end, we analyzed the language productions of deaf people in interaction resulting from processes of teaching and learning facilitated by games; the genesis of the processes of knowledge construction was described taking into account its constant pragmatic (sensorimotor) and formal (conceptual), and an explanatory summary was formulated about the formation of meanings emerged through processes of teaching and learning facilitated by games. The survey was conducted with deaf students from Instituto Cearense de Educação de Surdos and from Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez, both in the city of Fortaleza-CE. During part of 2009 and 2010 learning activities mediated by games were filmed to constitute the corpus for further analysis. The analytics followed the microgenetic model proposed by Heinz Werner and Lev Vygotski. Five episodes were chosen based on which ones would be most enlightening and according to the starting question for the execution of the study. It was found that imaginative thinking, information exchange, sharing of feelings were decisively influenced by the body experience of the subjects. Regarding the field of mathematical and logical thinking, it was observed that thought experiment was an important resource used by deaf students in problem-solving strategies. The findings indicated that the course of cognitive functioning of subjects was decisively undermined by the set of body experiences arising from their daily interactions licensed by the use of sign languages.
Descrição: CHAVES, Hamilton Viana. O jogar e o funcionamento cognitivo do sujeito surdo. 2011. 186 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3041
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_Tese_HVChaves.pdf1,96 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.