Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30558
Title in Portuguese: Carvão para seus olhos tocarem: uma poética do deslocamento
Title: Coal for your eyes to touch: a poetics of displacement
Author: Figueiredo, Ruy Cézar Campos
Advisor(s): Santos, Cesar Augusto Baio
Keywords: Carvão
Performance
Instalação
Pecém - CE
Paisagem
Ecologia
Coal
Performance
coal, performance,Iinstallation
Ecology
Landscape
Issue Date: 2018
Citation: Figueiredo, R. C. C.; Santos, C. A. B. (2018)
Abstract in Portuguese: Propõe-se a pesquisa como uma experiência de uma poética do deslocamento, por meio do engajamento no processo de criação de Carvão Para Seus Olhos Tocarem, um desdobramento de trabalhos de arte envolvendo performance com instalação cinematográfica com múltiplas telas. Inspirado metodologicamente em abordagens dos estudos de cinema sobre tatilidade, abordagens da performance-como-pesquisa sobre paisagem e uma abordagem apropriada da etnografia sobre sensorialidade, a experiência promove 1) o contato com o carvão mineral que é encontrado na paisagem do Pecém, onde com seu pó afeta o ambiente, os corpos e comunidades; 2) o contato com as narrativas de deslocamento de uma comunidade na região afetada tanto pelo pó do carvão quanto por toda uma lógica de desenvolvimento industrial aplicada em países em desenvolvimento ou subdesenvolvidos como Brasil; 3) o contato com o fluxo desse carvão do Pecém de volta para seu lugar de origem, em La Guajira, norte da Colômbia. Para isso, discute aspectos ambientais e geológicos relacionados ao carvão mineral; apresenta abordagens que relacionam atualmente arte, ambiente e ecologia; contextualiza os elementos e objetos criados para a realização das performances desenvolvidas em diálogo com os Bólides, Parangolés e Quase-Cinemas de Hélio Oiticica, além de com a forma a qual Vilém Flusser e Eduardo Oliveira discutem máscara; situa em relação a uma teoria do reassentamento as narrativas coletadas através de depoimentos audiovisuais de membros de uma comunidade no Ceará e de uma outra em La Guajira; chama atenção para definições e abordagens contemporâneas de cinema expandido ou instalações cinematográficas em múltiplos ecrãs que dialogam proficuamente com discussões da geografia contemporânea sobre espaço, lugar e deslocamento. Espera-se, com esses percursos, criar uma experiência de deslocamento que leva em consideração o conhecimento na arte como nômade, corporificado e situado em termos de lugar, explorando as possibilidades formais da performance com instalação cinematográfica em múltiplos canais para criar espaço de contextualização ecocrítica dos problemas com o carvão mineral encontrado em um ponto do nordeste brasileiro e com origem em um ponto do caribe colombiano, valorizando as narrativas das comunidades afetadas por tal problemática.
Abstract: It is proposed as a research an experience of a poetics of displacement, by means of an engagement in the creative process of Coal For Your Eyes to Touch, an unfolding of artworks evolving performance with multi-screen cinematographic installation. Methodologically inspired in film studies approaches on tactility, performance-as-research approaches on landscape and an appropriated approach of ethnography on sensoriality, the experience promotes 1) contact with mineral coal found at the landscape of Pecém, Ceará, where its dust affects bodies, communities and the environment; 2) contact with the narratives of displacement by communities affected in the area by coal dust and by the whole logic of displacement applied in developing or sub developed countries like Brazil; 3) contact with the flow of this coal back to its place of origin, in La Guajira, north of Colombia. For doing it, discusses environmental and geological aspects related with coal; presents approaches that contemporarily relate art, environment and ecology; contextualize elements and objects created for the realization of the developed performances in dialogue with Helio Oiticica’s Bólides, Parangolés and Quase-Cinemas, and also with Vilém Flusser and Eduardo Oliveira approach on masks; situates in relation with a theory of displacement and resettlement the narratives collected through testimonials of community members from one community in Ceará and another one in La Guajira; calls attention to definitions and approaches of contemporary expanded cinema and multi-screen cinematographic installations, that dialogue with discussions of contemporary geography around place, space and displacement. It is expected, with these ways, to create an experience of displacement that takes into consideration art knowledge as nomadic, embodied and emplaced, exploring the formal possibilities of performance with multi-screen cinematographic installations to create a space of ecocritical contextualization of mineral coal related problems found in a point of Brazilian northeast and produced in a point of Colombian Caribbean, valuing the narratives of communities affected by such problematics.
Description: Figueiredo, Ruy Cézar Campos. Carvão para seus olhos tocarem: uma poética do deslocamento. 2018. 151f. Dissertação (Mestrado em Artes) – Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Artes, Programa de Pós-graduação em Artes, Fortaleza (CE), 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30558
Appears in Collections:PPGARTES - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_rccfigueiredo.pdf6,82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.