Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3080
Título: Variação Lingüistica rural e alfabetização de crianças: avaliação de intervenções lingüisticas e metalingüisticas.
Título em inglês: The effects of pedagogic interventions were evaluated to the development of linguistic and metalinguistic competences in a class with students of 1st and 2nd grade of primary school children, of a rural school
Autor(es): OLIVEIRA, Edivone Meire
Orientador(es): ALENCAR, Maristela Lage
Palavras-chave: Língua portuguesa - Aquisição - Avaliação - Aracatiara(Amontada,CE)
Língua portuguesa - Regionalismos - Aracatiara(Amontada,CE)
Alfabetização - Aracatiara(Amontada,CE)
Crianças do campo - Aracatiara(Amontada,CE) - Escrita
Rendimento escolar - Avaliação - Aracatiara(Amontada,CE)
Fracasso escolar - Aracatiara(Amontada,CE)
Identidade social - Aracatiara(Amontada,CE)
Estudantes do ensino fundamental - Aracatiara(Amontada,CE)
Escolas rurais - Aracatiara(Amontada,CE)
Data do documento: 2008
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: OLIVEIRA, E. M. ; ALENCAR, M. L. (2008)
Resumo: As atividades essenciais à sobrevivência em culturas grafocêntricas impõem a língua escrita. O fracasso na aquisição dessa competência obstaculiza um amplo conjunto de possibilidades interativas de comunicação e expressão. Todavia, não obstante os altos índices de escolarização, os resultados das avaliações nacionais e estaduais apontam o fracasso da escola pública brasileira na alfabetização de seus alunos, sobretudo no caso das crianças partícipes de variação lingüística rural. Portanto, em 2006, efetivou-se um estudo de caso avaliativo, de caráter etnográfico, mediante uma pesquisa-intervenção, objetivando-se analisar as possíveis influências de uma variação lingüística à alfabetização infantil. Avaliaram-se os efeitos de intervenções pedagógicas ao desenvolvimento de competências lingüísticas e metalingüísticas em uma turma multisseriada com alunos de 1o e 2o anos do Ensino Fundamental, de uma escola rural, com idades variando entre 6 e 12 anos. Diversificados procedimentos metodológicos foram utilizados à consecução da pesquisa: i) observações da comunidade, escola e sala de aula; ii) análise de documentos; iii) entrevista à professora da turma e coordenadora pedagógica; iv) avaliação diagnóstica, processual, e somativa dos alunos e v) intervenções ao avanço de habilidades metalingüísticas dos estudantes. A análise dos dados foi realizada qualitativamente e interpretada sob as teorias psicogenética, sócio-construtivista, lingüística e sociolingüística. Constatou-se que a variante lingüística rural não interferiu expressivamente na alfabetização das crianças, necessitando, porém, de intervenções enérgicas no que se refere às diferenças entre fala e escrita, bem como ao exercício metalingüístico. A substituição da variedade rural pela norma padrão se torna desaconselhável; antes, recomenda-se o acréscimo da modalidade culta ao seu discurso falado e escrito, quando se fizer necessário.
Descrição: OLIVEIRA, Edivone Meire . Variação lingüistica rural e alfabetização de crianças: avaliação de intervenções lingüisticas e metalingüisticas. 2008. 377f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3080
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_Tes_EMOliveira.pdf30,51 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.