Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30828
Title in Portuguese: Associação da composição corporal com a força muscular e atividades diárias em pacientes com doença renal crônica mantidos em hemodiálise.
Title: Association of body composition with muscle strength and daily activities in patients with chronic kidney disease maintained on hemodialysis
Author: Grun, Patrícia Narguis
Advisor(s): Santos, Paulo Roberto
Co-advisor(s): Barbosa, Francisco César Barroso
Leal, Paulo Roberto Lacerda
Keywords: Doença Renal Crônica
Hemodiálise
Sarcopenia
Massa magra
Força muscular
Bioimpedância
Força de pressão palmar
Issue Date: 26-Mar-2018
Citation: GRUN, P.N. (2018)
Abstract in Portuguese: Este estudo teve como objetivo comparar o índice de massa magra entre pacientes com força muscular normal ou baixa, a fim de determinar um ponto corte para classificar a baixa massa muscular e variáveis associadas a baixa massa muscular entre os pacientes com doença renal crônica (DRC) submetidos a hemodiálise (HD). Foram estudados 245 pacientes com DRC em HD nos dois centros de diálise localizados na região norte do estado do Ceará, Brasil, em abril de 2017. Foram coletados dados demográficas, clínicos, laboratoriais e antropométricas. A capacidade funcional dos pacientes foi avaliada pela versão brasileira do questionário Stanford Health Assessment Questionnaire Disability Index. A bioimpedância e o teste de Força de Pressão Palmar (FPP) foram, respectivamente, utilizados para avaliar o índice de massa magra e a força muscular. A baixa massa muscular foi classificada de acordo com a força muscular e depois comparada com variáveis entre pacientes com massa muscular normal e baixa. As variáveis que apresentaram diferenças na comparação foram analisadas em um modelo de regressão logística para detectar preditores independentes de baixa massa muscular. Usando o ponto de corte de menor ou igual a 15 kg / m ² para classificar a massa magra e para baixa massa muscular, encontramos uma prevalência de 41,2% de baixa massa muscular. Pacientes com baixa massa muscular apresentaram maior prevalência de incapacidade funcional. Na regressão logística multivariada (considerando a baixa massa muscular como variável dependente), idade (maior), gênero feminino, nível de creatinina, índice de massa gorda e relação cintural-quadril fora dos padrões normais, foram preditores independentes de baixa massa muscular. Concluímos que pacientes com idade avançada, mulheres, com níveis reduzidos de creatinina e com valores maiores de adiposidade de acordo com a relação circunferência cintura-quadril devem ser vistos como pacientes que apresentam risco de baixa massa muscular. A abordagem dietética, o estímulo ao exercício de resistência e o uso de andrógenos devem ser experimentados neste grupo de pacientes.
Abstract: We aimed to compare lean tissue index between patients with low and normal muscle strength in order to determine a cut-off to classify low muscle mass in order to look for variables associated with low muscle mass among end-stage renal disease (ESRD) patients undergoing hemodialysis (HD). We studied 245 ESRD patients on HD in the only two dialysis centers located in the north region of Ceará state, Brazil, in April 2017. Demographic, clinical, laboratory and anthropometric measurements were collected. Patients’ functional ability was assessed by the Brazilian version of the Stanford Health Assessment Questionnaire Disability Index. Bioimpedance analysis and handgrip test were, respectively, used to evaluate lean tissue index and muscle strength. We classified low muscle mass according to muscle strength, and compared variables between patients with normal and low muscle mass. Variables that differed in the comparison were analyzed in a model of logistic regression to detect independent predictors of low muscle mass.According to a cut-off of less than or equal to 15 kg/m 2 of lean tissue index to classify low muscle mass, we found a prevalence of 41.2% of low muscle mass. Patients with low muscle mass presented with higher prevalence of functional disability. In multivariate logistic regression (considering low muscle mass as a dependent variable), age (older), female gender, creatinine level, fat tissue index and abnormal waist to hip ratio were found to be independent predictors of low muscle mass. Older patients, women, patients with low creatinine, with high fat tissue index and with abnormal waist to hip ratio must be seen at risk of low muscle mass. Dietary approach, stimulus to resistance exercise and the use of androgens should be tried in this group of patients.
Description: GRUN, P.N. Associação da composição corporal com a força muscular e atividades diárias em pacientes com doença renal crônica mantidos em hemodiálise. 2018. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/30828
Appears in Collections:PPGCS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_pngrun.pdfGRUN, P.N. Associação da composição corporal com a força muscular e atividades diárias em pacientes com doença renal crônica mantidos em hemodiálise. 2018. 65 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2018.9,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.