Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31200
Title in Portuguese: Vulnerabilidade natural e ambiental do município de São Gonçalo do Amarante, Ceará
Author: Furtado, Lara Moura
Advisor(s): Silva, Marcus Vinicius Chagas da
Keywords: Estudos ambientais
Análise de vulnerabilidade - Meio ambiente
Geoprocessamento - São Gonçalo do Amarante (CE)
Vulnerabilidade
Recursos naturais
Issue Date: 2016
Publisher: Instituto de Ciências do Mar
Citation: FURTADO, L. M. (2016)
Abstract in Portuguese: O município de São Gonçalo do Amarante é impactado pela ação antrópica por ser um município que tem diversos usos como perímetro irrigado; agropecuária; fruticultura; por ser um dos principais municípios turísticos do Ceará e, principalmente, por possuir o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), atraindo uma forte especulação imobiliária para o município. Em vista disso, este estudo gerou mapas de vulnerabilidade natural e ambiental a partir de mapas base de geomorfologia, solos, geologia, clima, vegetação/uso da terra. A metodologia utilizada define a variável geomorfologia como o principal instrumento de síntese para análise da vulnerabilidade e tem como princípio as unidades ecodinâmicas, que classifica o ambiente de acordo com o balanço entre morfogênese e pedogênese. Para realização da metodologia foram utilizadas ferramentas computacionais de geoprocessamento, que permitiram a realização de análises complexas, ao integrar dados de diversas fontes e criar bancos de dados geo-referenciados. A vulnerabilidade natural apresentou-se muito forte nos ambientes recentes da planície litorânea, planície fluvial e planícies lacustre por serem ambientes de dinâmica muito intensa, abrangendo 24% da área do município. Por outro lado, as áreas dos setores mais conservados na depressão sertaneja e nos tabuleiros litorâneos apresentaram vulnerabilidade baixa, 76% do município.A vulnerabilidade ambiental mostra o quanto a vegetação e uso da terra influenciam na vulnerabilidade do ambiente. Esta foi determinada com 14% de vulnerabilidade baixa; 12% de vulnerabilidade forte e 74% de vulnerabilidade muito forte, mostrando que o uso da terra quando não planejado, aumenta a vulnerabilidade do ambiente, comprovando a importância do estudo da vulnerabilidade como subsídio ao planejamento ambiental e ordenamento territorial.
Description: FURTADO, L. M. Vulnerabilidade natural e ambiental do município de São Gonçalo do Amarante, Ceará. 2016. 99 f. Monografia (Graduação em Ciências Ambientais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31200
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:CIÊNCIAS AMBIENTAIS - TCC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tcc_lmfurtado.pdf7,87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.