Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31409
Title in Portuguese: Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae): Parasitismo natural em broca-pequena-do-tomateiro e dispersão em repolho, pepino e milho verde
Title: Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae): Natural parasitism in tomato fruit borer and dispersion in cabbage, cucumber and green corn
Author: Oliveira, Ruan Carlos de Mesquita
Advisor(s): Pastori, Patrik Luiz
Keywords: Parasitoides de ovos
Liberação de parasitoides
Controle biológico
Issue Date: 2017
Citation: OLIVEIRA, Ruan Carlos de Mesquita. Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae): Parasitismo natural em broca-pequena-do-tomateiro e dispersão em repolho, pepino e milho verde. 2017. 56 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia Fitotecnia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: Parasitoides de ovos da família Trichogrammatidae são os inimigos naturais mais produzidos e utilizados no mundo em programas de controle biológico aplicado para o controle de lepidópteros-praga. O objetivo do trabalho foi identificar espécies/linhagens de Trichogramma spp. (Hymenoptera: Trichogrammatidae) coletados na Região da Serra Ibiapaba-CE em ovos de Neoleucinodes elegantalis (Lepidoptera: Crambidae), já adaptados às condições ambientais locais, e determinar a capacidade de dispersão desse parasitoide nas culturas do repolho, do pepino estaqueado e do milho verde no Estado do Ceará, Brasil. Ovos de N. elegantalis foram coletados em áreas de produção de tomateiros conduzidos em sistema convencional e orgânico e destes emergiram parasitoides identificados por Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae). Para determinar a capacidade de dispersão do parasitoide coletado, foram utilizadas quatro áreas distintas cultivadas com pepino estaqueado, repolho e milho em estádio V4 e V8. Cartelas com ovos inviabilizados de Anagasta kuehniella (Lepidoptera: Pyralidae) foram distribuídas em círculos concêntricos de raio de 2,5; 5,0; 9,0 e 12,0m. No centro dos círculos foram liberados 5.000 parasitoides. Fêmeas de T. pretiosum parasitaram ovos de A. kuehniella até 12 m do ponto de liberação. A distância média de dispersão na cultura do milho em estádio V4 foi de 4,7 m com área de dispersão de 48,57m² e um índice de parasitismo de 18,36%, sendo necessários 206 pontos/ha para liberações de T. pretiosum. Em milho em estádio V8 a distância média foi de 5,9 m, com área de dispersão de 60,27 m², índice de parasitismo médio 22,71% e 166 pontos de liberações/ha. Para a cultura do pepino estaqueado a distância média foi de 6,0 m, área de dispersão 62,20 m² com parasitismo médio esperado de 21,08% e 161 pontos de liberação/ha. Para o repolho a distância média foi de 5,59 m, área de dispersão de 56,85 m² com parasitismo médio esperado de 22,13% e 176 pontos de liberação/ha.
Abstract: Parasitoids of eggs of the Trichogrammatidae family are the most commonly used and used natural enemies in the world in biological control programs applied for the control of lepidopteran pests. The objective of this study was to identify species/strains of Trichogramma spp. (Hymenoptera: Trichogrammatidae) collected in the Region of “Serra da Ibiapaba” Ceará State in Neoleucinodes elegantalis (Lepidoptera: Crambidae) eggs, already adapted to the environmental conditions, to determine the dispersion capacity of this parasitoid in cabbage crops, cucumber staked and of green corn in the Ceará State, Brazil. Eggs of N. elegantalis were collected in areas of conventional and organic tomato production and these emerged parasitoids identified by Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae). To determine a dispersion capacity of T. pretiosum collected with four distinct areas cultivated with staked cucumber, cabbage and corn in V4 and V8 stages. Unexplained eggs of Anagasta kuehniella (Lepidoptera: Pyralidae) were distributed in concentric circles of 2.5; 5.0; 9.0 and 12.0m. At the center of the circles 5,000 parasitoids were released. Females of T. pretiosum parasitized A. kuehniella eggs up to 12 m from the point of release. The mean dispersion distance of the V4 maize crop was 4.7 m with a dispersion area of 48.57 m² and a parasitism index of 18.36%, requiring 206 points/ha for releases of T. pretiosum. In maize in V8 stage the mean distance of 5.9 m, dispersion area of 60.27 m², average parasitism index 22.71% and 166 release points/ha. For a culture of cucumber staked at a mean distance of 6.0 m, dispersion area 62.20 m² with expected average parasitism of 21.08% and 161 release points/ha. For cabbage the mean distance of 5.59 m, dispersion area of 56.85 m² with expected average parasitism of 22.13% and 176 release points/ha.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31409
Appears in Collections:PPGFIT - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_rcmoliveira.pdf843,16 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.