Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3148
Título: A viagem como um princípio na formação do habitus dos músicos que na década de 1970 ficaram conhecidos como Pessoal do Ceará
Autor(es): Rogério, Pedro
Orientador(es): Albuquerque, Luiz Botelho de
Palavras-chave: Pessoal do Ceará(Movimento musical)
Música popular - Fortaleza(CE) - História e crítica - Anos 1970
Rodger Rogério,1944-
Manassés,1954-
Fagner,1950
Data do documento: 2011
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: ROGERIO, P. ; ALBUQUERQUE, L. B. (2011)
Resumo: A viagem como um princípio na formação do habitus de músicos é o que apresenta esta tese. A pesquisa se debruçou sobre a trajetória de três músicos de itinerários diversos, mas oriundos da mesma geração de intelectuais e artistas cearenses que ficou conhecida como Pessoal do Ceará, a saber: Manassés Lourenço de Sousa, Raimundo Fagner Cândido Lopes e Rodger Franco de Rogério. A investigação foi realizada através de entrevistas semiestruturadas, complementada com depoimentos de sujeitos-informantes que enriqueceram o trabalho, agregando poder explicativo ao estudo realizado. Foram analisadas essas trajetórias desde a origem social até a definição socioprofissional consolidada no campo social. Identificou-se que os agentes partiram de origens sociais diferentes e se definiram no trajeto também de forma diversa, contudo apresentaram como ponto comum o fato de a viagem operar mudanças centrais na condição de músicos. A praxiologia de Pierre Bourdieu, através dos conceitos de habitus, capitais e campo, trouxe as ferramentas necessárias para iluminar o deslocamento geográfico como um caminho de mudança do habitus e dos capitais de músicos e que, por sua vez, redefiniram a posição dos agentes no campo musical. Nesse sentido, pode-se asseverar a viagem como estratégia de mudança baseada em uma lógica de transformação do deslocamento físico (geográfico) em um deslocamento social no interior do campo musical.
Abstract: The thesis presents the travel as a principle in the formation of the habitus of musicians. The research has focused on the trajectory of three musicians from different routes, from the same generation of intellectuals and artists who became known as Pessoal do Ceara, namely: Manassés Lourenço de Sousa, Raimundo Fagner Cândido Lopes and Franco Rodger Rogério. The research was conducted through semi-structured interviews, complete with testimonials from individuals who have enriched the work by adding explanatory power to the study.The trajectories were analyzed from the social origins of the subjects until the consolidation of their socio-professional setting in the social field. It was found that the agents originated from different social backgrounds, had their paths defined differently, however had the common point the travel as the operator of central changes in their conditions of musicians. Pierre Bourdieu’s praxiology and the concepts of habitus, capital and field were the tools used to illuminate the process of change of the subjects habitus and capital. We can say that travel was a main change strategy, based on a logic of transformation of physical movement (geographical) in a social shift within the music field.
Descrição: ROGERIO, Pedro. A viagem como um princípio na formação do habitus dos músicos que na década de 1970 ficaram conhecidos como pessoal do Ceará. 2011. 169f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2011.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3148
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2011_Tese_PRogerio.pdf1,7 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.