Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31642
Title in Portuguese: Manejo e composição químico-bromatológica de Pilosocereus gounellei, em caatinga no sertão cearense
Title: Management and of Pilosocereus gounellei chemical composition, in no caatinga wilderness cearense
Author: Magalhães, Regina Maria Fontenele
Advisor(s): Carneiro, Maria Socorro de Souza
Keywords: Pilosocereus gounellei
Morfogênese
Retirada dos acúleos
Zootecnia
Issue Date: 2014
Citation: MAGALHÃES, R. M. F. (2014)
Abstract in Portuguese: Este trabalho foi realizado com o objetivo de acompanhar o crescimento e as brotações de Pilosocereus gounellei na Caatinga cearense, bem como verificar se havia diferença na composição químico-bromatológica do xiquexique manejado de diferentes formas, quanto à retirada dos acúleos, armazenado na sombra de uma árvore ou dentro de um galpão durante 31 dias. Os experimentos foram realizados no distrito de Barra Nova, Tauá, Ceará. No primeiro experimento o delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com três tratamentos e 40 plantas por repetição. Os tratamentos foram: T1 – Planta sem ramificações (testemunha); T2 – Planta com uma ramificação primária e T3 – Planta com duas ramificações primárias. Foram selecionadas aleatoriamente 120 plantas de xiquexiques em aproximadamente um hectare de caatinga. Para a seleção foram utilizados xiquexiques cujas estimativas das médias iniciais, para o diâmetro dos caules (DC), eram de 62,4 ± 2,9 mm; para o diâmetro das ramificações primárias 1 (DR1) eram 52,9 ± 3,1; para o diâmetro médio das ramificações primárias 2 (DR2) eram 47,8 ± 4,2 mm. Em relação ao comprimento, as medidas iniciais da ramificação primária 1 (CR1) foram de 630 ± 210 mm e para o comprimento da ramificação primária 2 (CR2) foi 580 ± 164 mm. Após a seleção foi feita a uniformização das plantas com cortes manuais, deixando-as com a altura de 50 cm (comprimento do caule principal). Em seguida foi realizada a aplicação dos tratamentos: no tratamento T1 foram retiradas todas as ramificações, deixando somente o caule principal; no tratamento T2 foi deixada apenas uma ramificação primária e no tratamento T3 foram deixadas duas ramificações primárias. Para efetuar os cortes de uniformização e aplicação dos tratamentos das plantas foi utilizada uma tesoura de poda. Cada planta constituía uma unidade experimental, que foram identificadas com placas de zinco, amarradas com arame, constando o tratamento e unidade experimental. Foram medidos, mensalmente o diâmetro e comprimento do caule principal e das brotações. Os dados foram coletados mensalmente entre fevereiro de 2013 e fevereiro de 2014. Foi observado que a maioria das brotações, independente do tratamento surgiram na região basal, e as mais desenvolvidas foram no tratamento sem ramificação primária. foi constatado que o tratamento no qual foi deixado apenas uma ramificação a planta se desenvolveu em um menor espaço de tempo. O segundo experimento foi realizado no período de sete de outubro a seis de novembro de 2013. O delineamento experimental foi em parcela subdividida no tempo, com três repetições por tratamento. Foram selecionadas, ao acaso, 320 plantas de xiquexiques na área em estudo, em um raio de aproximadamente 10 ha, com características uniformes. Para a escolha das plantas foram utilizados alguns critérios, tais como: a altura, o diâmetro da copa, o diâmetro do caule ao nível do solo e a quantidade de ramificações primárias. Após essa seleção foram retiradas 960 ramificações primárias com aproximadamente 40 cm de comprimento. Em seguida foram transportadas em uma caminhonete até o galpão, sorteadas e separadas, 240 ramificações para cada tratamento. As parcelas foram os locais de armazenamento (1: árvore e 2: galpão) e as subparcelas foram representadas pelos quatro tipos de processamento de eliminação dos acúleos (1: in natura com acúleo testemunha); 2: utilização de lança chamas por ocasião do armazenamento; 3: queima em coivara por ocasião do armazenamento; 4: xiquexique submetido à queima dos acúleos em lança chama por ocasião da retirada da amostra, avaliados durante 31 dias. Foi observado que o local do armazenamento não influenciou nos resultados, podendo ser feito tanto embaixo da árvore como dentro de um galpão com entrada de ar. Foi constatado que o xiquexique deve ser armazenado na forma in natura e a retirada dos acúleos deve ser feita somente nas horas precedentes a sua utilização, pois dessa foi observado que não houve perdas nos teores nutricionais da planta. Além de poder ser armazenada por um período de 31 dias. Maior quantidade de xiquexique pode ser colhida independentemente de sua utilização imediata, diminuindo os custos envolvidos nas atividades de corte e transporte.
Abstract: This work was carried out to monitor the growth and the shoots of Pilosocereus gounellei in Ceará Caatinga and check whether there were differences in the chemical composition of xiquexique handled in different ways, as the withdrawal of thorns, stored in the shade of a tree or in a shed for 31 days. The experiments were performed in New Barra district, Tauá, Ceará. In the first experiment the experimental design was completely randomized, with three treatments and 40 plants per repetition. The treatments were: T1 - Plant unbranched (control); T2 - Plant with a primary branch and T3 - Plant with two primary branches. We randomly selected 120 plants xiquexiques in approximately one hectare of scrub. For selection were used xiquexiques which estimates the initial ones, to the diameter of the stems (DC), were 62.4 ± 2.9 mm; to the diameter of the primary branches 1 (DR1) were 52.9 ± 3.1; for the average diameter of the primary branches 2 (DR2) were 47.8 ± 4.2 mm. In relation to the length, the initial steps of the primary branch 1 (CR1) were 630 ± 210 mm and the length of the primary arm 2 (CR2) was 580 ± 164 mm. After the selection has been made the standardization of plants with manual cuts, leaving them with a height of 50 cm (main stem length). Then the treatments was conducted: the T1 treatment all branches were removed, leaving only the main stem; in T2 treatment was left only one primary branch and on T3 were left two primary branches. To make the standardization of cuts and application of plant treatments pruning shears was used. Each plant was an experimental unit, which were identified with zinc plates, tied with wire, consisting treatment and experimental unit. They were measured every month the diameter and length of the main stem and shoots. Data were collected monthly between February 2013 and February 2014. It was observed that most of the shoots, regardless of treatment emerged in the basal region and the most developed were the primary treatment without branching. it was found that the treatment in which it was left only a branch plant developed in a shorter period of time. The second experiment was carried out for seven from October to November 6, 2013. The experimental design was a split plot in time, with three replicates per treatment. Were selected at random, 320 plant xiquexiques in the study area in a radius of about 10 ha, with uniform characteristics. For the choice of plants were used certain criteria, such as height, crown diameter, stem diameter at ground level and the amount of primary branches. After this selection were withdrawn 960 primary branches with approximately 40 cm long. Then they were transported in a truck to the warehouse, sorted and separated, 240 branches for each treatment. The plots were the storage locations (1: Tree and 2: shed) and the subplots were represented by four types of disposal of thorns processing (1: in natura with aculeus control); 2: use of flamethrower during storage; 3: burns in coivara during storage; 4: Xiquexique submitted to burning the thorns in launches calls upon the withdrawal of the sample evaluated during 31 days. It was observed that the storage location did not influence the results, can be done either under the tree as in a shed with air intake. It has been found that the Xiquexique should be stored in natura and removal of the spines should only be done in the preceding hours use, it was observed that there was no loss in nutritional content of the plant. In addition to being stored for a period of 31 days. Greater amount of Xiquexique can be harvested regardless of its immediate use, reducing the costs involved in cutting activities and transportation.
Description: MAGALHÃES, Regina Maria Fontenele. Manejo e composição químico-bromatológica de Pilosocereus gounellei, em caatinga no sertão cearense. 2014. 109 f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31642
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2014_dis_rmfmagalhaes.pdf2,13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.