Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31947
Título: Estudo comparativo das propriedades químicas do resíduo borra oleosa asfáltica e do ligante asfáltico de petróleo
Título em inglês: A compartive study of the chemical properties of asphalt binder oil residue and sphalt binder
Autor(es): Fernandes, Paulo Roberto Nunes
Alencar, Ana Ellen Valentim de
Soares, Jorge Barbosa
Cavalcante, Rivelino Martins
Nascimento, Ronaldo Ferreira do
Soares, Sandra de Aguiar
Casagrande, Michele Dal Toe
Palavras-chave: Transportes
Ligante asfáltico
Petróleo - Resíduos
Chemical Analysis
Asphalt binder oil residue
Asphalt binder
Data do documento: 2013
Editor: HOLOS
Citação: FERNANDES, P. R. N. et al. Estudo comparativo das propriedades químicas do resíduo borra oleosa asfáltica e do ligante asfáltico de petróleo. Holos, Natal, v. 4, p. 45-58, 2013.
Resumo: Neste trabalho, as principais características químicas do resíduo borra oleosa asfáltica foram estudadas e comparadas com as propriedades do ligante asfáltico correspondente. A espectroscopia de ressonância magnética nuclear e os espectros de infravermelho com transformada de Fourier indicaram a presença de grupos alifáticos, aromáticos, carbonilas e sulfóxidos. A curva termogravimétrica mostrou que o resíduo inicia a decomposição térmica a uma temperatura mais elevada, provavelmente devido ao baixo teor de fração volátil maltênica. Hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPAs) foram extraídos a partir da fração maltênica utilizando métodos cromatográficos tais como: a dispersão de matriz em fase sólida, por cromatografia de adsorção em coluna e cromatografia em fase gasosa. Os resultados indicam que os materiais apresentam HPAs tóxicos, bem como, mutagênicos e carcinogênicos.
Abstract: In this work, the main chemical characteristics of asphalt binder oil residue were studied and compared to the properties of the corresponding asphalt binder. The Nuclear magnetic resonance and Fourier transform infrared spectroscopy spectra indicated the presence of aliphatic groups, aromatics, carbonyls and sulfoxides. The thermogravimetric curve showed that the residue begins its thermal decomposition at a higher temperature, probably due to lower content of maltenic fraction. Hydrocarbons polycyclic aromatics (HPAs) were extracted from the maltene fraction using chromatographic methods such as: matrix dispersion in solid phase, chromatographic adsorption in column and gas chromatographic. The results indicate that the materials present toxic HPAs, as well as, mutagenic and carcinogenic.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/31947
ISSN: 1518-1634 (Versão impressa)
1807-1600 (Versão online)
Aparece nas coleções:DET - Artigos publicados em revista científica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2013_art_jbsoares_estudo_comparativo.pdf788,53 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.