Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3195
Título: Inclusão, o olhar que ensina: o movimento da mudança e a transformação das práticas pegagógicas no contexto de uma pesquisa-ação
Título em inglês: Inclusion, a look that teaches: the movements of a change and the transformation of teaching practices in the context of a action-research
Autor(es): LUSTOSA, Francisca Geny
Orientador(es): FIGUEIREDO, Rita Vieira de
Palavras-chave: Educação inclusiva
Prática pedagógica
Inclusive education
Pedagogical practice
Collaborative Action-research
Inclusão escolar
Professores de crianças deficientes – Fortaleza(CE)
Prática de ensino – Fortaleza(CE)
Ambiente de sala de aula – Fortaleza(CE)
Professores e alunos – Fortaleza(CE)
Data do documento: 2009
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: LUSTOSA , F. G. ; FIGUEIREDO, R. V. (2009)
Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo investigar os aspectos envolvidos na apropriação e no desenvolvimento de práticas pedagógicas que atendessem à diversidade de todos os alunos, favorecendo a inclusão no sistema comum de ensino, notadamente, daqueles com deficiência. O quadro teórico-conceitual desse estudo contemplou quatro pilares de referência, agrupado nas discussões sobre inclusão (AINCOW; BOOTH, 2000; MANTOAN, 2002; FIGUEIREDO, 2008; MITTLER, 2003. POULIN, 2006); Prática pedagógica (ZABALLA, 1995; MERRIEU, 2006) formação e profissionalização docente (SCHÖN, 1992; TARDIF, 2002; NÓVOA, 1992; PERRENOUD, 2002), Teoria da Mudança (CROZIER; FRIEDBERG, 1997; GIL, 2001; FARIAS, 2006, FULLAN, 2009). A metodologia utilizada foi a pesquisaação do tipo colaborativa, caracterizada pela co-construção de ações entre a pesquisadora e oito professoras do ensino fundamental de uma escola pública da rede municipal de Fortaleza. O estudo desenvolvido, no período de agosto de 2005 a fevereiro de 2008, implementou sistemáticas ações de formação e acompanhamento sócio-construtivista das práticas pedagógicas das professoras, sediada na perspectiva da ação-reflexão-ação. Os resultados desse estudo evidenciaram que investimentos na reorganização do espaço escolar, no apoio pedagógico às professoras, nas ações de atenção as crianças e às suas especificidades, se reverteram em melhor acolhimento e atendimento a todos os alunos. Assim, a escola lócus de realização dessa pesquisa, passou a se organizar em suas ações pedagógicas para atender a diversidade dos alunos. A investigação revelou particularmente que, o ensino diversificado é via e recurso que possibilita um melhor atendimento às necessidades e especificidades de ritmos, estilos de aprendizagem e de diferentes níveis conceituais dos alunos. Em relação às práticas pedagógicas, as principais mudanças procedidas pelas professoras, a partir da intervenção realizada, se localizaram nas formas de organização e gestão da classe, na proposição cada vez maior de atividades diversificadas e diferenciadas, na adoção da pedagogia de projetos e na implementação dos princípios da aprendizagem cooperativa. Nesse sentido, destacamos que a cooperação entre pares se revelou importante no trabalho destinado a alunos com deficiência ou com acentuadas dificuldades de aprendizagem, por apresentar-se como forma de apoio às necessidades desses alunos. A incorporação na prática pedagógica das professoras dos aspectos acima citados produziram aulas mais significativas e criativas e uma maior autonomia e interação entre as crianças. Por fim, situamos que a experiência dessa pesquisa (re)afirma que o paradigma da educação inclusiva é possível de se realizar.
Abstract: This research has the purpose of investigating the aspects involved in the acquiring and development of pedagogical practices that should fulfill the needs of the diversity of all students, favoring a inclusion into the commom teaching system, noticeably, for those with some kind of impairement. The concept-theoretical frame of this study contemplated four referential pillars, clustured in the discussions about inclusion (AINCOW; BOOTH, 2000; MANTOAN, 2002; FIGUEIREDO, 2008; MITTLER, 2003. POULIN, 2006); A Pedagogical Practice - (ZABALLA, 1995; MERRIEU, 2006) teachers formation and profisionalization (SCHÖN, TARDIF, NÓVOA, PERRENOUD), The Changing Theory (CROZIER; FRIEDBERG, 1997; GIL, 2001; FARIAS, 2006, FULLAN, 2009). The mehtodology used was a action-research of the colaborative type, characterized by co-construction between the researcher and eight teachers from an elementary school at a municipal public school in Fortaleza. The study carried out, in the period between August 2005 and February 2008, set systematical actions in the teachers’ formation and the socio-constructivist pedagogical practices, based on the perspective of a action-thinking-action. The results of this study have hightlighted that investiments in the reorganization of the schooling space, in the pedagogical support - the teachers, in the attention actions – the children and their specificities, have turned into better caring and serving to all students. Thus, the school, locus to the realization fo this research, started to organize itself in their pedagogical actions to serve the diversity of their students. The investigation revealed mainly, that a differentiated teaching, that is , the development of strategies in the teching differentiation is feasible and it is a resource that allows a better understanding of the needs and specificities of rhythms, learning styles and the different conceptual levels of students. Regarding the pedagogical practices, the main changes set by the teachers, at the intervention carried out, were in the form of class organization and management, proposing even greater different and diverse activities, in the adoption of project pedagogies and in the setting of principles of cooperative learning. Thus, we point out that cooperation between pairs have proved important at the work targetting students with impairement or with visible learning difficulties, by being a way to support the needs of such students. The add up to the pedagogical practices of the teachers afore mentioned have produced more meaningful and creative classes and a greater autonomy as well as interaction among the children. We state that the experience of this research (re)assures that the paradygm of inclusive education is possible to achieve.
Descrição: LUSTOSA, Francisca Geny . Inclusão, o olhar que ensina: o movimento da mudança e a transformação das práticas pedagógicas no contexto de uma pesquisa-ação colaborativa. 2009. 295f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3195
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_Tese_FGLUSTOSA.pdf2,8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.