Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3226
Título: Infância e memória: a educação da criança cearense nas primeiras décadas do século XX
Título em inglês: Childhood and memory: the education of ceará´s children in the early decades of the 20th century
Autor(es): BARROSO, Raimunda Eliana Cordeiro
Orientador(es): LEÃO, Andréa Borges
Palavras-chave: Educação de crianças - História - Ceará - Séc.XX
Ceará - Condições sociais - Séc.XX
Infância
Educação
Escola Nova
Memória
História oral e vida
Data do documento: 2007
Editor: www.teses.ufc.br
Citação: BARROSO, R. E. C. ; LEÃO, A. B. (2007)
Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo construir um conhecimento sobre a infância cearense nas primeiras décadas do século XX, quando circulavam nos meios educacionais novas idéias sobre a educação da criança. Estas idéias tiveram sua origem no movimento internacional das Escolas Novas – iniciado na Europa e nos Estados Unidos. Tal movimento propunha o rompimento com uma educação tradicional de caráter intelectualista, centrada na figura do professor. Defendia uma pedagogia fundamentada em conhecimentos científicos sobre a criança, um ensino baseado na atividade do aluno que por sua vez deveria ocupar o centro do processo educativo. Enfim, uma educação que se apoiava numa nova concepção de infância. No Brasil, esse novo ideário pedagógico foi propagado no primeiro período republicano, após ter sido aplicado em várias partes do mundo. As novas atitudes em relação à educação da criança foram veiculadas nacionalmente por educadores e intelectuais através de publicações científicas ou de cunho didático; por meio dos programas das Escolas Normais; como também através do ciclo de reformas educacionais nos estados brasileiros e no Distrito Federal, ocorrido na década de 1920, tendo o Ceará como um dos pioneiros na sua implantação. Reconhecendo a importância da chegada dessas idéias e sua repercussão na ambiência cultural cearense, nossa proposta foi tentar reconstruir o cotidiano de crianças que se submeteram à educação formal em instituições escolares, ou mesmo em casa, nos primeiros decênios do século XX. Foi nosso interesse investigar a influência de idéias escolanovistas na educação da infância naquele período. Na busca desses objetivos enveredamos pelo caminho metodológico da história oral. Confiamos à fonte da memória o trabalho de nos trazer do passado uma história que não se encontra nos livros. Para tanto, contamos com a colaboração de sete depoentes com idade entre 84 e 102 anos que se dispuseram a relatar suas histórias de vida com ênfase na fase da infância. A partir dos relatos dessas pessoas “comuns”, conseguimos desenhar, utilizando as cores da memória, a imagem de uma infância cujo cenário possuía características rurais, no qual criança e natureza se confundiam principalmente nos momentos de lazer. Nas narrativas ficou evidente a carência de instituições de ensino, embora fossem constantes as promessas governamentais de melhoria na educação. Apesar disso, outras alternativas foram encontradas para a educação das crianças. Nesse campo predominava uma pedagogia tradicional, embora traços de novidade fossem identificados nas escolas freqüentadas pelos depoentes. Constatamos que aquelas idéias que atravessaram mares até chegar entre nós e movimentaram o ambiente cultural cearense, pouco repercutiram no cotidiano escolar e doméstico de nossas crianças. Apesar disso acreditamos que as iniciativas decorrentes destas, não foram em vão e sim muito importantes na definição de uma nova infância, hoje centro gravitacional de vários campos da ciência, como também de políticas educacionais
Abstract: The objective of this research is to build up some knowledge on the childhood in Ceará during the first decades of the 20th century, when new ideas on children education had arisen in the educational milieu. These ideas had their origin in the international movement of the New Schools – beginning in Europe and the United States. This movement proposed the rupture of the traditional education whose characteristics were the intellectualism and teacher centered education. It defended a pedagogy grounded in scientific knowledge of a child, a teaching based in the student activity, which, on its turn should occupy the center of the educational process; In brief, an education which was based on a new conception of childhood. In Brazil, this set of pedagogical ideas was proposed in the first republican period, after it had been applied in several other parts of the world. The new attitudes in relation to children education were transmitted nationally by educators and scholars through scientific or pedagogic publications; through the teacher preparatory schools, as well as through the educational reform cycles in the Brazilian schools and the Federal District, occurred in the 1920´s, being Ceará one of the pioneers in its implantation. By acknowledging the importance of the arrival of these ideas and its effects in the cultural milieu of Ceará, our proposal was to try to rebuild the children routine that undergo formal education in schools, or even at home, during the early decades of the 20th century. It was our goal to investigate the influence of the new-school ideas in children education during that period. In the search of these objectives we set out for the methodological way of the oral history. We rely on the memory of interviewees to bring from the past a history which we can not retrieve in books. Therefore, we counted on the cooperation of seven interviewees aged 84 to 102 years old who were willing to relate the history of their lives with focus to their childhood. From the account of these ordinary people, we managed to trace back the image of a childhood whose scenery had rural characteristics, in which the child and the nature mingled, especially during leisure time. In the narratives, it is evident the lack of educational institutions, though the governmental promises for increase of vacancies in elementary schools were constant. In spite of this, other alternatives were encountered for the children education. In this field, a traditional pedagogy prevailed, even though features of newness were identified in the schools the interviewees went. We certified that those ideas that crossed oceans to reach us and bustled the cultural scene of Ceará, had little impact in the school routine and the daily life of our children. Despite this, we believe that the actions that occurred afterward were not in vain. They were very important for the definition of a new childhood, which is today the center of interest of several fields in science, as well as educational policies
Descrição: BARROSO, Raimunda Eliana Cordeiro. Infância e memória: a educação da criança cearense nas primeiras décadas do século XX. 2007. 199f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Fortaleza-CE, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3226
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_Tese_RECBARROSO.pdf757,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.