Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32489
Title in Portuguese: Efeito da L-arginina e do BAY 73-6691 sobre as concentrações de TNF-α, IL-8 e óxido nítrico em neutrófilos de pacientes com anemia falciforme
Title: The effect of L-arginine and BAY 73-6691 on the concentrations of TNF-α, IL-8 and nitric oxide in neutrophils of patients with sickle cell anemia
Author: Mota, Amanda de Menezes
Advisor(s): Lemes, Romélia Pinheiro Gonaçlves
Keywords: Anemia Falciforme
Neutrófilos
Citocinas
Óxido Nítrico
Issue Date: 11-Jul-2016
Citation: MOTA, A. M. Efeito da L-arginina e do BAY 73-6691 sobre as concentrações de TNF-α, IL-8 e óxido nítrico em neutrófilos de pacientes com anemia falciforme. 2016. 85 f. Dissertação (Mestrado em Patologia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: A anemia falciforme (AF) é uma hemoglobinopatia causada por uma mutação pontual no gene da β-globina caracterizada por eventos vaso-oclusivos e um estado inflamatório crônico. Estudos tem demonstrado novas opções de tratamento na AF, com a finalidade de potencializar a ação da Hidroxiuréia (HU) e com isso promover a diminuição da dosagem sem comprometer a concentração da hemoglobina fetal (HbF), bem como o uso de substâncias que possam agir no mecanismo inflamatório. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito da L-arginina e do BAY 73-6691 sobre as concentrações de TNF-α, IL-8 e óxido nítrico em neutrófilos de pacientes com AF. Participaram do estudo 50 pacientes com diagnóstico molecular de AF, atendidos no ambulatório de Hematologia do Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) em Fortaleza-Ceará e 30 indivíduos saudáveis como grupo controle. Os pacientes foram divididos em dois grupos, de acordo com o uso de HU: SSHU (30 pacientes em uso de HU) e SS (20 pacientes sem uso de HU). Os neutrófilos dos pacientes foram extraídos do sangue total por diferença de gradiente de densidade e tratados com L-arginina e BAY 73-6691 isoladamente nas concentrações 0,1, 1, 10 e 100 µg/mL e com a associação L-arginina e BAY 73-6691 na concentração de 10 µg/mL. Um grupo de neutrófilos não tratados foi utilizado para comparação (HbSS). A citotoxicidade foi avaliada através da atividade de LDH e ensaio do MTT. Os níveis de TNF-α e IL-8 foram determinados por ELISA, e os níveis de NO, por ensaio colorimétrico. Foi observado que a L-arginina e o BAY 73-6691 isolados causaram toxicidade em neutrófilos de ambos os grupos apenas na concentração de 100 µg/mL, enquanto que a associação não apresentou efeitos citotóxicos na concentração de 10 µg/mL. Tanto a L-arginina e o BAY 73-6691 isolados como a associação (L-arginina +BAY 73-6691) foram capazes de reduzir significativamente os níveis dos marcadores inflamatórios TNF-α e IL-8 e de elevar os níveis de NO em neutrófilos de pacientes do grupo SS, em relação ao grupo de neutófilos não tratados (HbSS). Os resultados do estudo mostraram que a L-arginina e o BAY 73-6691 são potenciais alternativas terapêuticas para a AF por serem capazes de aumentar a biodisponibilidade do NO e reduzir o processo inflamatório em neutrófilos de pacientes com AF não tratados com HU.
Abstract: Sickle cell anemia (SCA) is a hemoglobinopathy caused by a point mutation in the β-globin gene characterized by vaso-occlusive events and a chronic inflammatory state. Studies have demonstrated new treatment options in SCA in order to potentiate the action of Hydroxyurea (HU) and thereby promote decreased dosage without compromising fetal hemoglobin concentration, as well as the use of substances that may act in the inflammatory mechanism. The present study aimed to assess the effect of L-arginine and BAY 73-6691 on TNF-α concentration, IL-8 and nitric oxide in neutrophils from patients with sickle cell anemia. The study included 50 patients with a molecular diagnosis of SCA, treated at the hematology clinic at the University Hospital Walter Cantídio in Fortaleza, Ceará, and 30 healthy individuals as a control group. The patients were divided into two groups, according to the use of HU: SCAHU (30 patients treated with HU) and SCASS (20 patients not treated with HU). Neutrophils from patients were extracted from whole blood by density gradient difference and treated with L-arginine and BAY 73-6691 alone in the concentrations 0.1, 1, 10 and 100 ug / mL and L-arginine and BAY 73-6691 association at a concentration of 10 ug / ml. A group of untreated cells was used for comparison. Cytotoxicity was assessed by the LDH activity and MTT assay. TNF-α and IL-8 were determined by ELISA and NO levels by colorimetric assay. It has been observed that L-arginine and BAY 73-6691 isolated neutrophils caused toxicity in both groups only at the concentration of 100 ug / ml while the combination had no cytotoxic effects. L-arginine and BAY 73-6691 isolated and the combination were able to reduce levels of inflammatory markers TNF-α and IL-8 and to increase NO levels significantly in the SS group neutrophils in relation to the group untreated cells. The results of the study showed that L-arginine and BAY 73-6691 are potential therapeutic alternatives for SCA to be able to increase the bioavailability of NO and reducing the inflammatory process in neutrophils from patients with SCA not treated with HU.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32489
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:DPML - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_dis_ammota.pdf1,79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.