Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32697
Title in Portuguese: Saúde bucal sem fronteiras: diplomacia da saúde e saúde bucal nos países da região de fronteira brasileira
Title: Oral health without borders: health diplomacy and oral health in the countries of the Brazilian border region
Author: Pereira, Pollyanna Martins
Advisor(s): Aguiar, Andréa Sílvia Walter de
Keywords: Saúde Global
Cooperação Internacional
Sistemas de Saúde
Saúde Bucal
Issue Date: 28-May-2018
Citation: PEREIRA, P. M.; AGUIAR, A. S. W. (2018)
Abstract in Portuguese: A Diplomacia da Saúde Global (DSG) é uma ferramenta para promover a saúde global e nacional que, mediante parcerias entre governos e organizações internacionais (OI), melhora a equidade e gera cooperação internacional em saúde (CIS) para resolver problemas comuns de saúde dos países. A consolidação do conceito de DSG está pautada no entendimento que a saúde é um bem comum da sociedade e ultrapassa as fronteiras físicas dos países. Nesse sentido, destaca-se a importância de conhecer a DSG no âmbito da saúde bucal (SB), visto que esse tema apresenta lacunas na literatura. O objetivo desta pesquisa foi analisar a DSG, no âmbito da CIS, entre países e território da região de fronteira brasileira, sob a ótica da SB. Optou-se por uma pesquisa bibliográfica e documental, comparativa, com abordagem quantitativa e qualitativa, exploratória, descritiva e explicativa. A análise das informações foi realizada à luz da Grounded Theory. Documentos oficiais nacionais e de OI que versavam sobre os sistemas de saúde e políticas de SB compuseram o corpus empírico da pesquisa. As iniciativas de CIS no âmbito da SB consistem em acordos bilaterais entre três países com Cuba para provimento de recursos humanos. Duas iniciativas de CIS com OI ofertam atenção à SB para crianças em idade escolar. A implantação de serviços de saúde com financiamento compartilhado na região de fronteira está em fase de discussão. Esse é um processo lento porque envolve muitos atores, diferentes ideologias e sistemas de saúde com distintas fontes de financiamento e formas de organização. A criação de serviços de saúde transfronteiriços, financiados com recursos provenientes de todos os países, por meio de um termo de CIS, é uma alternativa para garantir acesso aos serviços de saúde à população que vive na região de fronteira.
Abstract: The Global Health Diplomacy (GHD) is a tool to promote global and national health that, through partnerships between nations and international organizations (IO), improves equity and generates international health cooperation (IHC) to solve common health problems. The consolidation of the GHD concept is based on the understanding that health is a common good of society and goes beyond the physical borders of countries. In this sense, the importance of GHD knowledge in oral health (OH) is highlighted because this theme presents gaps in the literature. The objective of this research was to analyze the GHD, within the scope of the IHC, between countries and the territory of the Brazilian frontier region, under the OH approach. We chose Bibliographic and documentary research, comparative, with quantitative and qualitative approach, exploratory, descriptive and explanatory. Grounded Theory was the methods utilized to analysis of the informations. Official national documents and IO documents dealing with the health systems and policies of OH constituted the empirical corpus of research. The IHC initiatives under the OH consist of bilateral agreements between three countries with Cuba to provide human resources. Two IHC initiatives with IO offer OH attention to school-age children. The implementation of health services with shared funding in the border region is under discussion. This is a slow process because it involves many actors, different ideologies and health systems with different sources of funding and forms of organization. The creation of cross-border health services, financed with resources from all countries through a IHC term, is an alternative to guarantee access to health services for the population living in the border region.
Description: PEREIRA, P. M. Saúde bucal sem fronteiras: diplomacia da saúde e saúde bucal nos países da região de fronteira brasileira. 2018. 153 f. Tese (Doutorado em Odontologia) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32697
Appears in Collections:DCOD - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_pmpereira.pdf7,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.