Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32777
Title in Portuguese: Sonoridades múltiplas: corpos-instrumento musicais à escuta em oficinas de improvisação livre
Author: Maia, Antonio Layton Souza
Advisor(s): Kroef, Ada Beatriz Gallicchio
Co-advisor(s): Latorre, Maria Consiglia Raphaela Carrozzo
Keywords: Improvisação livre
Educação Musical
Corpo; Escuta
Processo de criação
Filosofias da Diferença
Issue Date: 2018
Citation: Maia, A. L. S., Kroef, A. B. G.; Latorre, M. C. R. C. (2018)
Abstract in Portuguese: Durante o segundo semestre de 2015, o grupo de pesquisa Sonoridades Múltiplas, coordenado pela profa. Consiglia Latorre, da Universidade Federal do Ceará, ofereceu uma série de oficinas de improvisação livre em música para os alunos da licenciatura em Música e demais interessados da comunidade acadêmica ou externa a fim de propor-lhes outros modos de convivência com a improvisação e com a escuta. Esta cartografia busca, através de um texto-fluxo, revisitar este processo e marcar as mudanças geradas nos corpos dos alunos de Música – alguns já marcados pela disciplinarização da educação formal de modelo conservatorial, outros nem tanto – a partir de suas imersões na improvisação livre. Munida da crítica de Deleuze-Guattari ao capitalismo e a seu modo de produção; do pensamento de Jean-Luc Nancy, Murray Schafer e Conrado Silva acerca da escuta; da análise de Michel Foucault em relação à disciplina e seus modos de dominação dos corpos; assim como das elucubrações de Chefa Alonso e Rogério Costa acerca da improvisação livre, esta pesquisa objetiva marcar o ponto de virada em que os corpos dos estudantes de Música da UFC puderam, através da escuta e da prática de improvisação como motor de processos criativos, romper o corpo-instrumento capitalista e produtivo e tornarem-se corpos-instrumento musicais expressivos e atentos às paisagens (sonoras, sociais, políticas, conceituais) que lhes rodeiam.
Abstract: During the second half of 2015, the research group Sonoridades Múltiplas [Multiple Sonorities], headed by the professor Consiglia Latorre, from Federal University of Ceará, offered a series of free improvisation workshops to the students of the graduation course in Music in order to give them other ways to experiment improvisational processes and to increase their listenings. This cartography intends, through a flowing-text, to revisit this creative process and to trace the changing created on the bodies of those students – some already marked by processes of disciplinarization begotten by Music Formal Education of Conservatory standards, some not so much – from their free improvisation dives. Provided by DeleuzeGuattari's critics of capitalism and its mode of production; Jean-Luc Nancy's, Murray Schafer's, Conrado Silva's thoughts about listening; the Michel Foucault's analysis of discipline and its modes of bodies' domination; as Chefa Alonso's and Rogério Costa's lucubrations about free improvisation, this research aims to mark the turning point where the bodies of Music students could break off, through the listening and the free improvisation practice as an engine of creative processes, the bodyinstrument productive and capitalist and turn in body-musical instruments opened to their expressiveness and to the soundscapes (as to social, political and conceptual landscapes) around them.
Description: MAIA, Antonio Layton Souza. Sonoridades múltiplas: corpos-instrumento musicais à escuta em oficinas de improvisação livre. 2018. 151f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Artes, Programa de Pós-Graduação em Artes, Fortaleza (CE), 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32777
Appears in Collections:PPGARTES - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_alsmaia.pdf8,37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.