Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32819
Title in Portuguese: Estudo sobre a decomposição dos determinantes da variação da pobreza nos estados brasileiros no período 2001 a 2012
Author: Silva, Janaina Cabral da
Araujo, Jair Andrade de
Keywords: Decomposição
Pobreza
Desigualdade
Desenvolvimento econômico
Issue Date: 2015
Publisher: Revista de Economia e Sociologia Rural
Citation: SILVA, Janaína Cabral da; ARAÚJO, Jair Andrade de. Estudo sobre a decomposição dos determinantes da variação da pobreza nos estados brasileiros no período 2001 a 2012. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, v. 53, n. 4, p. 627-644, 2015.
Abstract in Portuguese: Fundamentando-se nas teorias que procuram relacionar pobreza, desigualdade, crescimento econômico e bem-estar, o objetivo central deste estudo é decompor a variação da pobreza, baseando-se nos seguintes fatores: efeito tendência, efeito crescimento, efeito desigualdade e efeito residual em relação aos estados brasileiros, entre 2001 e 2012. Para tanto, parte-se da estimação de um modelo estatístico com dados em painel, com utilização das seguintes variáveis: pobreza, renda familiar per capita e o índice de Gini, extraídas da PNAD. Em relação ao modelo adotado, é válido destacar que o efeito tendência é uma distinção, uma vez que não foi ainda utilizada em decomposições para área rural, mas apenas para zona urbana. Quanto ao aspecto relativo à redução de pobreza, os resultados encontrados indicam que, na maior parte dos estados, o efeito crescimento se sobressaiu em relação aos demais no período analisado. Não obstante, o efeito distribuição também teve sua importância nesse processo, seguido do efeito tendência. Porém, o efeito residual foi de pouca relevância.
Abstract: Basing on theories that seek to relate poverty, inequality and economic growth, the aim of this study is to decompose the variation of poverty through the following factors: trend effect, growth effect, inequality effect and residual effect of the Brazilian states between 2001 and 2012. It starts from the estimation of a statistics model with data in a panel, using the following variables: poverty, household income, per capita and the Gini index, extracted from PNAD. On this methodology is valid to point that the trend effect is a distinction, once it was not used yet in decomposition to rural area, but just for urban zone. Concerning about the aspect of poverty reduction, the results found show that, in most part of states, the growth effect excelled over the others during the analyzed period. Nevertheless, the distribution effect also had its importance in the process, followed by the trend effect. However, the residual effect had little relevance.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32819
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 0103-2003
1806-9479
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_art_jcsilva.pdf310,59 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.