Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32820
Title in Portuguese: Os efeitos do crescimento econômico na pobreza do Ceará: uma análise microrregional
Title: The effects of Economic Growth in Ceará Poverty: an analysis of microregions
Author: Ribeiro, Lilian Lopes
Feitosa, Débora Gaspar
Araujo, Jair Andrade de
Keywords: Crescimento pró-pobre
Pobreza
Desigualdade
Issue Date: 2015
Publisher: Revista Econômica
Citation: RIBEIRO, Lilian Lopes; FEITOSA, Débora Gaspar; ARAÚJO, Jair Andrade de. Os efeitos do crescimento econômico na pobreza do Ceará: uma análise microrregional. Revista Econômica, Niterói, v. 17, n. 1, p. 133-156, 2015.
Abstract in Portuguese: Este artigo analisa se o crescimento econômico no estado do Ceará, desagregado em nível microrregional, tem sido pró-pobre em suas áreas urbanas e rurais. Ou seja, se a renda dos pobres tem apresentado uma elevação superior ao verificado pela renda dos não pobres, induzindo, assim, uma redução na desigualdade. Nesse sentido, com base nos dados do Censo dos anos de 2000 e 2010, são construídas as curvas de crescimento-pobreza, proposta por Son (2004). Os resultados obtidos apontaram que apenas 14 das 33 microrregiões do estado apresentam crescimento pró-pobre. Quando as microrregiões são desagregadas em área urbana e rural, verificou-se que 23 microrregiões apresentam crescimento em favor dos pobres nas áreas urbanas e somente quatro experimentam essa modalidade de crescimento na área rural. Nota-se, então, que o crescimento econômico do Ceará é pouco eficaz no combate à pobreza, principalmente no meio rural.
Abstract: The paper analyzes the economic growth in the state of Ceará, broken down into microregional level, has been pro-poor in their urban and rural areas. It means, if the income of the poor has shown a higher elevation to the verified income the non-poor, thus inducing a reduction in inequality. In this sense, based on Census data from 2000 and 2010 are constructed curves of growth-poverty proposed by Son (2004). The results show that only 14 of the 33 microregions have been pro-poor growth. When the microregions are disaggregated into urban and rural areas, it appears that 23 microregions show growth in favor to the poor in urban areas and only four experience this kind of growth in rural areas. We notice then that economic growth of Ceará is ineffective in fighting poverty especially in rural areas.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32820
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
ISSN: 1517-1302
Appears in Collections:DEA - Artigos publicados em revista científica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_art_llribeiro.pdf188,07 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.