Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32906
Título: Uma escuta ética do cuidado na morte e no morrer: o cotidiano de profissionais em um hospital pediátrico
Título em inglês: An ethical listening on death and dying: a professional's everyday at a pediatrics hospital
Autor(es): Lima, Maria Juliana Vieira
Orientador(es): Freire, José Célio
Palavras-chave: Morte
Profissional da Saúde
Cuidado
Ética
Death
Health care professional
Ethic
Data do documento: 2018
Citação: Lima, M. J. V.; Freire, J. C. (2018)
Resumo: Decorrente de um processo sócio-histórico, a morte tornou-se um tabu para a sociedade atual. Há um fechamento do tema, afastando-o das discussões cotidianas e isolando sua vivência. Tal fato ocasiona um cuidado em saúde pouco humanizado aos pacientes em fim de vida ou sem possibilidade de cura, demarcando a supremacia da técnica nas relações de cuidado e um esquecimento do lugar do outro nesses processos. Nesse contexto, o objetivo geral desta pesquisa é compreender quais os princípios éticos que sustentam as relações de cuidado dos profissionais de saúde junto a crianças e adolescentes em vulnerabilidade extrema vivenciando a experiência de morte iminente, e analisá-lo à luz da perspectiva da alteridade radical em Emmanuel Lévinas; e os objetivos específicos são conhecer, a partir da visão dos profissionais de saúde, a relação estabelecida entre eles e os pacientes; discutir as formas de cuidado destinadas a esses pacientes e identificar as possibilidades de atuação nesse contexto. Esta pesquisa é de natureza qualitativa, fundamentada na proposta da desconstrução, em Jacques Derrida, e utilizou a pesquisa em cotidiano e a entrevista semiestruturada com equipes de saúde de um hospital público pediátrico no Estado do Ceará para obtenção do seu corpus. De acordo com os resultados encontrados, os opostos “Vivificação da Morte e Mortificação da Vida” foram postos em diálogo. Tal relação refere-se às ações dos profissionais que produziam vida mesmo em situações de terminalidade através da realização dos sonhos, organização de festas de aniversários, respeito pelo desejo dos pacientes, possibilidade de fechamentos e despedidas antes da morte, além do foco na qualidade de vida e no respeito à autonomia. No entanto, outras ações produziram processos de mortificação da vida, quando a vontade do paciente não era respeitada, a equipe impunha decisões de forma arbitrária e não dialogada e era dispendido um cuidado exclusivamente técnico e sem vinculação afetiva. Acredita-se que a relação com o outro que se dá pela via da vulnerabilidade, exposição, sensibilidade e passividade mostra-nos possibilidades de caminhos no campo do cuidado que permitem ao eu deslocar-se do seu lugar de soberania para dar lugar ao outro. Apontando-nos, portanto, horizontes de atuação que não sejam indiferentes ao sofrimento, que se responsabilizem pelos processos dos sujeitos e tomem providências para não deixar o outro só em sua dor e na sua morte, respondendo ao outro: EIS-ME AQUI. Como desdobramento da pesquisa, destarte, almeja-se constituir espaços para pensar a relação entre ética e cuidado e fomentar o desenvolvimento de relações de cuidado pautadas na dimensão ética do fazer em saúde, beneficiando pacientes e profissionais.
Abstract: Due to a socio-historical process, death has become a taboo for current society. There is a closing of the theme, away from the daily discussions and isolating their experience. Because of this, end-of-life or non-curable patients have little humanized care, emphasizing the supremacy of technique in care relations and a forgetting of the place of the other. In this context, the general objective of the research is to know the ethical principles of a health care of health professionals along with the children and adolescents in the process of death and dying, and to analyze the light from the perspective of the radical alterity in Emmanuel Lévinas; The specific objectives are to know, through the perspective of health professionals, the relationship their between patients in the process of death and dying; to discuss the care forms for patients and to identify the possibilities of action in this context. This is a qualitative research, based on the deconstruction proposal, in Jacques Derrida, and uses the everyday life research and the half-structured interview with health team of a pediatric public hospital in the State of Ceará to obtain data from the research. According to the results found, the opposites "Vivification of the Death and Mortification of Life" are put to dialogue. This relation refers to actions of the professionals that produced life in terminal situations through the realization of dreams, organization of birthday parties, respect for the patients' wishes, possibility of closings and farewells before death, as well as a focus on quality of life and respect for autonomy those. However, other actions produced mortification processes of life, when the patient's were not respected, a team decided in an arbitrary and non-dialogued way and, mainly, an exclusively technical care and without affective attachment. It is thus believed that the relationship with the other that occurs through vulnerability, exposure, sensitivity and passivity shows us possibilities of paths in the field of care that allowed the self get out from its place of sovereignty to give place to the other. Thus, we point out horizons of action that are not indifferent to suffering, that take responsibility for the processes of the subjects and care not to let the other alone in their suffering and their death, responding to the other: I AM HERE. As a result of the research, desert, we aim to create spaces to think about the relationship between ethics and care and to foster the development of ethical care relationships, benefiting patients and professionals.
Descrição: Lima, Maria Juliana Vieira. Uma escuta ética do cuidado na morte e no morrer: o cotidiano de profissionais em um hospital pediátrico. 2018. 193f. Dissertação - Universidade Federal do Ceará, Programa de Pós-graduação em Psicologia, Fortaleza (CE), 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/32906
Aparece nas coleções:DPSI - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2018_dis_mjvieiralima.pdf1,62 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.