Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3370
Título: Economia dos Setores Populares: juventude e educação para o trabalho.
Título em inglês: Economy of the popular sectors youth and education for the work
Autor(es): Cavalcante, Luciana Matias
Orientador(es): Damasceno, Maria Nobre
Palavras-chave: Juventude
Trabalho
Solidariedade
Youth
Work
Solidarity
Cooperativas de produtores - Parnaíba(PI)
Cooperativas de produtores - Ilha Grande(PI)
Artesãos - Parnaíba(PI)
Artesãos - Ilha Grande(PI)
Educação para o trabalho - Parnaíba(PI)
Educação para o trabalho - Ilha Grande(PI)
Economia social - Parnaíba(PI)
Economia social - Ilha Grande(PI)
Juventude - Emprego - Parnaíba(PI)
Juventude - Emprego - Ilha Grande(PI)
Data do documento: 2006
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: CAVALCANTE, L. M. ; DAMASCENO, M. N. (2006)
Resumo: Este estudo dá vida à juventude, entendendo esse segmento como atores sociais e, portanto, capazes de atuar em seu espaço para transformá-lo. Investiguei sua inserção e participação nos grupos de produção, associações, como elemento de construção de novos modos de organização, alicerçados no trabalho coletivo, cooperado e na autogestão. Procurei desvelar não apenas as perspectivas de trabalho e significados atribuídos a esse trabalho pelos jovens, mas mediante sua forma de organização e produção, busquei identificar elementos produzidos nessas experiências que contribuíssem para uma produção social maior – os saberes e aprendizados significativos na luta das camadas populares, numa perspectiva de contra-cultura, de Educação Popular. O caminho percorrido para elaboração desse estudo situa-se na unidade entre diálogo, reflexão e aprofundamento teórico, numa perspectiva metodológica de inserção nos grupos, observação participante, aplicação de questionários, entrevistas e grupos de discussão e, ainda, a utilização da fotografia, da música e do vídeo como elementos impulsionadores de expressão da subjetividade. Esse caminhar da pesquisa funda-se numa perspectiva teórico-metodológica do tipo etnográfico, que enfatiza a tentativa de compreensão dos elementos que formam o universo cultural, conceitual dos participantes. Os achados revelam que esses grupos, produtores de contra-cultura, situam-se num patamar de exploração e reprodução capitalista pela interação com o mercado organizado por esse sistema, mas ao mesmo tempo colaboram na produção de saberes que, aliados a uma organização e sistematização técnico-científica, pela interação teórico-prática pode contribuir na esfera da contra-hegemonia.
Abstract: This study it gives to life to youth, understanding this segment as social actors and, therefore, able to act in the space to transform it. I investigated its insertion and participation in the groups of production, associations, as element of construction in new ways of organization, based in the collective work, cooperated and in the self management. I looked for to reveal not only the perspectives of work and meanings attributed to this work for the young, but by means of its form of organization and production, I searched to identify elements produced in these experiences that contributed for a bigger social production – the knowledge and significant learning’s in fight of the popular layers, in a perspective of opposed-culture, Popular Education. The way covered for elaboration of this study is placed in the unit between dialogue, reflection and theoretical deepening, in a methodological perspective of insertion in the groups, participant observation, application of questionnaires, interviews and discussion groups and, still, the use of the photograph, music and video as elements boosters of expression of the subjectivity. This research way it’s based in a perspective theoretician-methodological of ethnographic type, that emphasizes the attempt of comprehension of the elements that they form the cultural and conceptual universe of the participants. The findings reveal that these groups, producers of against-culture, are placed in a platform of exploration and capitalist reproduction for the interaction with the market organized for this system, but at the same time collaborates in the production to knowledge that, allies to an organization and technician-scientific systematization, for the interaction theoretician-practical it can contribute in the sphere of the against-hegemony.
Descrição: CAVALCANTE, Luciana Matias. Economia dos setores populares: juventude e educação para o trabalho. 2006. 235 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2006.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3370
Aparece nas coleções:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2006_Tese_LMCavalcante.pdf2,86 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.