Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34411
Title in Portuguese: A Parte no partido: relações de poder e política na formação do estado nacional brasileiro, na província do Ceará (1821-1841).
Author: Araújo, Reginaldo Alves de
Advisor(s): Melo, Ana Amélia de Moura Cavalcante de
Keywords: Política
Estado Nacional
Província do Ceará
Clientelismo
Alianças Políticas
Issue Date: 2018
Citation: ARAÚJO, Reginaldo Alves de. A parte no partido: relações de poder e política na formação do Estado Nacional Brasileiro, na província do Ceará (1821-1841). 2018. 445f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-graduação em História, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: O constitucionalismo promovido pela Rebelião do Porto, no alvorecer da década de 1820, difundiu e popularizou uma nova linguagem política, que, até então, era proferida com muita ressalva por seus simpatizantes. Conceitos como os de representatividade política, soberania popular, igualdade jurídica, dentre outros, ligados à tradição iluminista, de repente tornaram-se assuntos corriqueiros nos sermões dos padres e na retórica de senhoriatos locais. Impresso nas páginas dos jornais e lidos em voz alta nos alpendres das casas na presença de escravos e agregados. Assim, as novas ideias do constitucionalismo chegaram com força ao Ceará da década de 1820. Neste contexto, um grupo de comerciantes, burocratas e militares da cidade de Fortaleza e de outras vilas da província do Ceará, viram ali uma oportunidade para comporem um governo que atendesse seus interesses. Com a intensão de ocuparem os cargos administrativos provinciais, bem como de elegerem-se para o parlamento nacional (primeiro em Lisboa, depois no Rio de Janeiro), esta elite provincial tratou de ampliar suas relações de alianças, através das práticas de troca de favores, recorrendo para tal às mercês remuneratórias da fase colonial. Por outro lado, as disputas pelos espaços de poder entre os membros dos senhoriatos locais, levaram não só à formação de alianças, mas também à rancores e rivalidades entre as casas. Nascia assim os chamados partidos políticos provinciais, caracterizados como alianças entorno de uma personalidade política influente, obtendo vantagens significativas para si e seu grupo, em troca da garantia de resultados favoráveis nos pleitos eleitorais e da perseguição aos inimigos locais. Mediante o citado, a presente tese traz como problema a formação do Estado nacional brasileiro, na província do Ceará, abordando o papel da elite local durante o processo.
Abstract: The constitutionalism promoted by the Porto Revolution, at the dawn of the 1820s, spread and popularized a new political language, that until then circulated very little, due to the prohibitions imposed by the colonial government. Concepts such as political representation, popular sovereignty, legal equality, among others, linked to the Enlightenment tradition, have suddenly become commonplace subjects in the sermons of the priests and in the rhetoric of local lords. Printed on the pages of the newspapers and read aloud on the porches of houses in the presence of slaves and clusters, the new ideas of constitutionalism arrived with force in Ceará in the 1820s. In this context, a group of merchants and bureaucrats from Fortaleza, as well as other towns in the province of Ceará, saw an opportunity there to create a government that would serve their interests. With the intention of occupying the provincial administrative positions, as well as of being elected to the national parliament (first in Lisbon, later in Rio de Janeiro), this provincial elite tried to extend its relations of alliances, through the practices of exchange of favors, resorting to the patronage practices of the colonial phase. On the other hand, disputes over the power spaces between the members of the local lords led not only to the formation of alliances, but also to rancor and rivalry between houses. The so-called provincial political parties were born, characterized as alliances surrounding an influential political personality, gaining significant advantages for themselves and their group, in exchange for the guarantee of favorable results in the elections and the persecution of the local enemies. Through this, the present thesis presents as a problem the formation of the Brazilian national state, in the province of Ceará, addressing the role of the local elite during the process.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34411
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGH - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_raaraujo.pdf3,54 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.