Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34456
Title in Portuguese: Avaliação da atenção primária à saúde na perspectiva dos usuários adultos do município de Juazeiro do Norte-Ceará
Title: Evaluation of primary health care from the perspective of adult users in the municipality of Juazeiro do Norte-Ceará
Author: Rodrigues, Eduarda Maria Duarte
Advisor(s): Damasceno, Marta Maria Coelho
Co-advisor(s): Freitas, Roberto Wagner Júnior Freire
Keywords: Avaliação em Saúde
Atenção Primária à Saúde
Serviços Básicos de Saúde
Adulto
Issue Date: 27-Jun-2018
Citation: RODRIGUES, E. M. D. Avaliação da atenção primária à saúde na perspectiva dos usuários adultos do município de Juazeiro do Norte-Ceará. 2018. 187 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: A Atenção Primária à Saúde (APS) instituiu a saúde como direito humano fundamental e essencial para a organização da assistência à saúde, orientando-se pelos atributos do acesso de primeiro contato, longitudinalidade, coordenação e integralidade, enfoque familiar e orientação comunitária. Evidências científicas têm apontado os benefícios da APS. Entretanto, se constata grande heterogeneidade na assistência, o que reflete nos resultados em saúde. Por consequência, as pesquisas que avaliam a qualidade desse programa têm sido consideradas essenciais para identificar como os cuidados são oferecidos, bem como as prioridades e os problemas do provedor de saúde. A literatura confirma a escassez de estudos que buscam avaliar os atributos da APS, principalmente no cenário nordestino, e na perspectiva dos usuários do serviço de saúde. Objetivou-se avaliar a presença e extensão dos atributos da Atenção Primária à Saúde, na perspectiva dos usuários adultos do Município de Juazeiro do Norte-CE. Trata-se de estudo avaliativo, analítico, quantitativo e transversal, realizado em 14 Unidades Básicas de Saúde da cidade de Juazeiro do Norte-CE. A coleta de dados ocorreu no período compreendido entre outubro de 2016 a junho de 2017. Foram empregados dois instrumentos de coleta de dados: um para a caracterização das variáveis sociodemográficas dos usuários; outro, denominado de Primary Health Care Assessment Tool (PCATool), para avaliar a qualidade da Atenção Primária à Saúde. O cálculo do tamanho da amostra foi fixado P em 50%, com nível de significância de 5% (α=0,05) e erro amostral relativo de 8%. Posteriormente, esses valores foram aplicados na fórmula para populações infinitas (n=115, 613), alcançando a amostra de tamanho “n” igual à 600 usuários, com acréscimo de 10% a fim de prevenir perdas e/ou desistências, alcançando-se o montante de 660, obtendo-se 47,14 usuários, arredondada para 48 usuários por UBS. Na análise, utilizou-se o processo de dupla digitação, descrição e consolidação dos dados, por meio do programa Statistical Package for the Social Sciences (IBM SPSS), versão 23.0. Os resultados mostraram a prevalência de usuários adultos do sexo feminino, jovens, com baixa escolaridade e renda. Esses participantes atribuíram a pior avaliação ao atributo “Acesso de Primeiro Contato – Acessibilidade”, com média de 3,3 (±1,4), seguido de Orientação Comunitária, com média de 3,8 (±2,3). Outrossim, o atributo “Acessibilidade” foi o que recebeu o menor escore, ao passo que o atributo “Coordenação Integração de Cuidados” foi o mais bem avaliado. Ocorreu uma diferença significativa entre os Distritos de Saúde, sendo o IV (zona rural) e o VII (zona urbana) aqueles que obtiveram, respectivamente, a pior e a melhor avaliação. O Escore Essencial (EE) alcançou a média de 6,6 e ao Escore Geral (EG) foi atribuída pontuação de 6,4. Esse valor do Escore Geral representa que as Unidades Básicas de Saúde de Juazeiro do Norte não são provedoras de APS, na perspectiva dos usuários de serviços de saúde. Destaca-se a necessidade de que se promova uma discussão entre os agentes da APS do Município, para potencializar os atributos bem avaliados, assim como para traçar medidas de intervenção a fim de melhorar aqueles que receberam baixos escores.
Abstract: The Primary Health Care (PHC) instituted health as a fundamental and essential for the organization of health care, guided by the attributes of first access contact, longitudinality, coordination and integrality, family focus and community orientation. Scientific evidences have pointed to the benefits of PHC. However, there is a great heterogeneity in care, which results in health outcomes. In turn, as research to get the quality of program that has been important for the identification they are being provided, they also have as priority the problems of the health provider. The literature confirms a shortage of studies that seek the attributes of PHC, specially in the northeastern scenario and from the perspective of public health users. The presence and attributes of Primary Health Care, from the perspective of the adult users of the Municipality of Juazeiro do Norte-CE, were analyzed. This is an evaluative, quantitative and cross-sectional carried out 14 Basic Health Units of the city of Juazeiro do Norte-CE. Data collection took place in the total period from October 2016 to June 2017. Two data collections instruments were used: one to characterize the sociodemografic variable of the users; and another one, called Primary Health Care Assessment Tool (PCATool), to evaluate the quality of Primary Health Care. The dose size calculation was set at 50%, with significance of 5% (α=0,05) and relative sample error of 8%. Subsequently, the values were applied in the formula of infinite populations (n=115, 613), reaching a sample of “equal” size to 600 users, with a 10% increase to avoid losses and/or withdrawals, reaching the amount of 660, obtaining 47.14 users, rounded to 48 users per UBS. Ian the analysis, the process of doubling typing, description and data consolidation is used, through the SPSS (Statistical Package for Social Sciences), version 3.0. The results showed a prevalence of female adults, young, with low schooling and income. These participants attributed the worst evaluation to the attribute First Contact Access - Accessibility, with an average of 3,3 (±1,4), followed by Community Orientation, with an average of 3,8 (±2,3). Also, the attribute “Accessibility” was the one that received the lowest score, while the attribute “Coordination Integration of Care” was the best evaluated. There was a significant difference between the Health Districts, being the IV (rural area) and the VII (urban area) those who obtained, respectively, the worst and the best evaluation. The essential score (GS) reached the minimum average of 6.6 and the General Score (GS) was assigned score of 6.4. This value of the General Score represents that the Basic Health Units of Juazeiro do Norte are not providers of Primary Health Care, from the perspective of the users of health services. It is important to stress the need to promote between the PHC agents of municipality, to enhance the well-evaluated attributes, as well as to design intervention measures to improve those that received low scores.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34456
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_emdrodrigues.pdf2,27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.