Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34522
Title in Portuguese: Manual educativo online acessível sobre hipertensão arterial: avaliação da aprendizagem de cegos e videntes
Title: Affordable online educational manual on arterial hypertension: assessment of blind and sighted learning
Author: Carvalho, Luciana Vieira
Advisor(s): Pagliuca, Lorita Marlena Freitag
Keywords: Hipertensão
Pessoas com Deficiência Visual
Enfermagem
Inclusão Educacional
Promoção da Saúde
Issue Date: 16-Jul-2018
Citation: CARVALHO, L. V. Manual educativo online acessível sobre hipertensão arterial: avaliação da aprendizagem de cegos e videntes. 2018. 101 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Hipertensão arterial possui elevada prevalência e baixo controle entre a população. Pessoas cegas, devido particularidades inerentes à sua deficiência, tornam-se mais expostas aos fatores de risco da doença, demonstrando ser necessária sua inclusão em estratégias educativas acessíveis. Objetivou-se validar manual educativo online acessível sobre hipertensão arterial para aprendizagem de cegos e videntes. Trata-se de estudo multi-métodos com realização de pesquisa metodológica e quase-experimental. Coleta de dados ocorreu de janeiro de 2017 a março de 2018, no Laboratório de Comunicação em Saúde do Departamento de Enfermagem da Universidade Federal do Ceará e em instituições educacionais para cegos em Fortaleza, Ceará. Para validação do manual participaram profissionais da área da saúde como especialistas, cegos e videntes. O manual foi construído conforme cinco etapas do Modelo de Concepção e Desenvolvimento de Material Educativo Digital denominadas Análise e Planejamento; Modelagem; Implementação; Avaliação e Manutenção e, Distribuição. Em Análise e Planejamento elaborou-se plano de ação para definir a estrutura do manual. Na Modelagem organizou-se conteúdo sobre hipertensão e medidas de promoção da saúde. Especialistas validaram o conteúdo por meio do Instrumento de Validação de Conteúdo Educativo e as afirmativas dos instrumentos pré e pós-teste. Criou-se 16 quadros de storyboards para agregar textos e mídias, transformados posteriormente em 16 páginas no formato Hypertext Markup Language divididas em seis módulos didáticos. Criou-se recursos de acessibilidade como caixas de texto, botões de retorno e avanço e, audiodescrição. Na Implementação realizou-se testes de acessibilidade com leitores de tela. Localizou-se dois erros, sendo corrigidas as inconsistências. Realizou-se teste piloto com 10 sujeitos que consideraram o manual acessível. Avaliação e Manutenção ocorreram durante todas as fases do modelo. Na Distribuição hospedou-se o manual em servidor particular para avaliação da aprendizagem pela população-alvo. Participaram 117 pessoas, sendo 72 videntes e 45 cegos. Houve predominância de não hipertensos (81,2%); mulheres (63,2%); de 18 a 39 anos (43,6%); com ensino médio (47,9%); sem companheiro (57,3%); religião católica (72,6%); empregados (53,8%), recebendo renda até 2 salários mínimos (61,5%). Quanto a avaliação da aprendizagem, ao comparar as afirmativas acertadas entre pré e pós-teste, constatou-se aumento significativo (p<0,0001) da média de acertos no pós-teste em todos os níveis de complexidade, com maior proporção nas de alta complexidade. Na análise da aprendizagem por variáveis, em todos os grupos comparados (Deficiência, Hipertensão, Gênero, Idade, Escolaridade, Estado civil, Religião, Ocupação e Renda) houve aumento da média de acertos no pós-teste. Na avaliação da qualidade com o Questionário de Avaliação de Tecnologia Assistiva observou adequabilidade em todos os itens avaliativos dos atributos Objetivos, Acesso, Clareza, Estrutura e Apresentação, Relevância e Eficácia e, Interatividade com concordância mínima de 80% pela maioria dos participantes. Itens que receberam maior porcentagem de respostas positivas relacionavam-se ao estímulo da aprendizagem; busca de informações sem dificuldades; conteúdo necessário para compreensão; organizado; desperta o interesse; interação e fácil navegação. Conclui-se que o manual é válido e confiável para aprendizagem de cegos e videntes, contribuindo para promoção da saúde sobre hipertensão, podendo ser usado por enfermeiros e outros profissionais da saúde para empoderamento da população.
Abstract: Hypertension has high prevalence and low control among the population. Due to the peculiarities inherent to their disability, blind people become more exposed to the risk factors of the disease, demonstrating their need to be included in accessible educational strategies. The aim of this study was to validate an accessible online educational manual on arterial hypertension for the learning of the blind and seeing people. It consists in a multi-method study with methodological and quasi-experimental research. Data collect took place from January 2017 to March 2018, at the Health Communication Laboratory of the Nursing Department of the Federal University of Ceará and at educational institutions for the blind in Fortaleza, Ceará. For the validation of the manual took part health professionals as specialists, blind and seeing people. The manual was constructed according to five stages of the Model of Design and Development of Digital Educational Material called Analysis and Planning; Modeling; Implementation; Evaluation and Maintenance and, Distribution. In the Analysis and Planning stage, an action plan was elaborated to define the structure of the manual. In the Modeling stage, content was selected on hypertension and health promotion measures. Experts validated both the content through the Educational Content Validation Tool and the affirmatives of pre and post-test instruments. 16 frames of storyboards were created to add texts and media, which were later transformed into 16 pages in Hypertext Markup Language format divided into six didactic modules. Accessibility features such as text boxes, return and advance buttons, and audio description were created. In the Implementation stage, accessibility tests were performed with screen readers. Two errors were found, and inconsistencies were corrected. A pilot test was performed with 10 subjects who considered the manual accessible. Evaluation and Maintenance occurred during all phases of the model. In the Distribution stage, the manual was hosted on a private server for evaluation of the learning by the target population. 117 people attended, in which 72 seeing and 45 blind. There was a predominance of non-hypertensive individuals (81.2%); women (63.2%); 18-39 years (43.6%); secondary education (47.9%); Catholic (72.6%); employed (53.8%); receiving income up to 2 minimum wages (61.5%). Regarding the evaluation of learning, when comparing the correct affirmatives between pre- and post-test, a significant increase (p <0.0001) in the post-test average scores was observed at all levels of complexity, with a higher proportion in high complexity ones. In the analysis of learning by variables, in all groups compared (Deficiency, Hypertension, Gender, Age, Schooling, Marital Status, Religion, Occupation and Income) there was an increase in the average of correct affirmatives in the post-test. In the assessment of quality with the Assistive Technology Assessment Questionnaire, it was observed that all items of the attributes Objectives, Access, Clarity, Structure and Presentation, Relevance and Efficiency, and Interactivity with minimum agreement of 80% by the majority of participants were adequate. Items that received the highest percentage of positive responses were related to the learning stimulus; search for information without difficulties; content needed for understanding; organized; arouses interest; interaction and easy navigation. It has been concluded that the manual is valid and reliable for the learning of both blind and seeing people, contributing to health promotion on hypertension, and can be used by nurses and other health professionals to empower the population.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34522
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_lvcarvalho.pdf3,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.