Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34701
Title in Portuguese: Modelagem do impacto do manejo do sedimento sobre o nível trófico do Açude Tijuquinha
Title: Modelling the impact of sediment management on the trophic state of the Tijuquinha reservoir
Author: Lira, Camila Cristina Souza
Advisor(s): Medeiros, Pedro Henrique Augusto
Keywords: Modelagem da qualidade da água
Interação água-sedimento
Eutrofização
Reúso de sedimento
Reservatórios
Economia circular
Issue Date: Sep-2017
Citation: LIRA, C.C.S (2017)
Abstract in Portuguese: O processo de eutrofização prejudica gradativamente os reservatórios do Ceará, não somente qualitativamente como também quantitativamente. O projeto RESED, do qual esse trabalho fez parte, teve como objetivo geral demonstrar que o método do reúso do sedimento depositado em açudes é uma técnica de controle eficaz na melhoria do estado trófico dos reservatórios superficiais e também no aumento da produtividade na agricultura de pequena escala. O objetivo desta pesquisa é avaliar o impacto da retirada do sedimento sobre o nível trófico do açude. Para isso, fez-se necessária a utilização de um modelo matemático pela rapidez e praticidade de respostas comparada à realização do projeto na prática. O modelo escolhido foi o desenvolvido por Chapra (1997), em que ele descreve o balanço de fósforo total na água e nos sedimentos com o intuito de simular a interferência que a retroalimentação do sedimento causa no estado trófico do corpo hídrico. Em etapa inicial, estudou-se o padrão espacial de assoreamento com a principal finalidade de identificar as condições de deposição do sedimento e de estimar a área assoreada, informações fundamentais para a utilização do modelo e para a adoção de medidas de desassoreamento e manejo do sedimento. Por último, a partir da utilização do modelo, pode-se concluir que o impacto do sedimento sobre o nível trófico do Tijuquinha, durante 40 anos de análise, foi em torno de 6 %, ou seja, ao se retirar a parcela sedimentada, anualmente, apenas 6% do período analisado passaria de elevado nível trófico para um estado trófico aceitável. Um dos fatores que pode ter levado a esse pequeno impacto no melhoramento da qualidade da água foi o pequeno tempo de detenção hidráulica, uma particular característica do Tijuquinha, não havendo, assim, “tempo” suficiente para o acúmulo de nutriente.
Abstract: The eutrophication process gradually damages the reservoirs of Ceará, not only qualitatively but also quantitatively. The RESED project – of which this work takes part – had as general objective to demonstrate that the reuse method of the sediment deposited in dams is an effective control technique for the trophic state improvement of the superficial reservoirs and also in the increase of the productivity in the small-scale agriculture. The objective of this research is to evaluate the impact of sediment removal on the trophic level of the reservoir. Therefore, it was necessary to use a mathematical model for its quick and practical answers compared to the project realization in practice. The chosen model was developed by Chapra (1997), in which he describes the balance of total phosphorus in water and sediments in order to simulate the interference that the sediment feedback causes in the body's trophic state water. In the initial stage, the spatial pattern of sedimentation was studied with the main purpose of identifying sediment deposition conditions and estimating the sedimentation area, which are fundamental information for the model usage and for the adoption of de-sanding measures and sediment management. Finally, from the use of the model, it can be concluded that the impact of the sediment on the trophic level of Tijuquinha, during 40 years of analysis, was around 6%, that is, when the sedimented portion is removed annually, only 6% of the analyzed period would go from a high trophic level to an acceptable trophic state. One of the factors that may have led to this small impact on the improvement of water quality was the small hydraulic detention time – a particular characteristic of Tijuquinha – thus not enough time for nutrient accumulation.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/34701
Appears in Collections:PPGENA - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_dis_ccslira.pdf3,4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.