Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3500
Título: A intencionalidade da consciência em Husserl
Autor(es): Silva, Maria de Lourdes
Palavras-chave: Husserl, Edmund, 1859-1938 - Crítica e interpretação
Intencionalidade
Consciência
Sujeito
Objeto
Intentionality
Consciousness
Object
Data do documento: 2009
Editor: Argumentos Revista de Filosofia
Citação: Silva, M. L. (2009)
Resumo: Neste artigo procuro mostrar que a intencionalidade da consciência husserliana se constitui a partir da relação sujeito – objeto. Isso nos revela que Husserl, mesmo reconhecendo o eu cartesiano como a primeira verdade apodítica, rejeita o modo como Descartes o concebeu, porque a consciência é sempre de algum objeto e os objetos só têm sentido para uma consciência. A intencionalidade representa esse direcionamento que a consciência tem em relação ao objeto. Para percebermos esta relação, devemos retornar às intuições originárias, isto é, ao modo como os fenômenos nos aparecem. Ora, os fenômenos possuem uma multiplicidade de aspectos; no entanto, aparecem na consciência como uma unidade idêntica a si mesma, pois a consciência tem a capacidade de ligar os aspectos ou estados vividos a outros por meio da síntese. Cada estado vivido tem uma duração e, conseqüentemente, apresenta-se como modos temporais, que são a origem da consciência temporal.
Abstract: This article is intended to show that, in Husserl’s account, the intentionality of consciousness is constituted as a ‘subject x object’ relation. Husserl recognized the ‘ego’ as the first absolute truth, nonetheless, unlike Descartes, Husserl conceived it is as a reality directed to an object. Therefore, intentionality represents the directedness of consciousness towards an object. It will be claimed that Husserl deemed possible the return to the seminal intuition of the phenomena, so as to grasp – based on the synthetic capacity of consciousness – how it relates both to the subject and to the object, and how experienced states are connected.
Descrição: SILVA, Maria de Lourdes. A intencionalidade da consciência em Husserl. Argumentos Revista de Filosofia, Fortaleza, Ano 1, n. 1, p. 45-53, jan./jun. 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3500
ISSN: 1984-4255 on-line
1984-4247 Impresso
Aparece nas coleções:PPGFILO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_Art_MLSilva.pdf126,04 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.