Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3512
Título: A apropriação dos gêneros textuais: concepções, diretrizes e expectativas na alfabetização de jovens e adultos
Título em inglês: The appropriation of textual genres: concepts, guidelines and expectations in young and adult literacy
Autor(es): Melo, Bárbara Olímpia Ramos de
Orientador(es): Soares, Maria Elias
Palavras-chave: Gêneros Textuais
alfabetização de jovens e adultos
Letramento e produção de texto
Prosa escolar brasileira – Teresina(PI)
Língua portuguesa – Composição e exercícios
Língua portuguesa – Estudo e ensino – Teresina(PI)
Aprendizagem
Estudantes do ensino fundamental – Linguagem
Escolas municipais – Teresina(PI)
Literacy
Textual genres
Youth and adult literacy
Text production
Data do documento: 2003
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Melo, B. O. R.; Soares, M. E. (2003)
Resumo: Levando em consideração que a língua escrita é um meio de interação entre as pessoas e que é nessa perspectiva que devem ser desenvolvidas as atividades em ambiente de sala de aula de alfabetização, o objetivo principal desse trabalho foi investigar como é concebido o processo de ensino-aprendizagem da escrita em um programa de alfabetização de jovens e adultos. Para isso, analisamos a proposta curricular, o livro didático de alfabetização de jovens e adultos e seu respectivo manual do professor, além de questionários respondidos por alunos e alfabetizadores. Para tanto, recorremos ao suporte teórico de Ferreiro (1999) e seguidores para as questões pertinentes à alfabetização; Tfouni (1988) e Soares (2000) fundamentaram as questões relativas ao letramento; e Bakthin (2000) respaldou a noção central de gênero textual. Constatamos, em linhas gerais, que o ensino da escrita ainda acontece permeado por problemas de diversas ordens a seguir enumeradas: a) apesar de a proposta curricular e do manual do professor do livro didático esboçarem uma concepção de escrita atrelada ao seu aspecto sócio-comunicativo, não é isso que acontece nas orientações didáticas e nas atividades de produção de texto; b) a designação para gênero textual e para os diversos gêneros textuais solicitados nas atividades ainda é muito instável; c) os gêneros textuais trabalhados em sala de aula não coincidem com aqueles mais presentes nas esferas comunicativas em que os alfabetizandos interagem; d) os gêneros textuais propostos nas atividades de escrita não atendem às expectativas de aprendizagem dos alunos; e) há uma incoerência entre aquilo que o professor afirma estar trabalhando em sala de aula e aquilo que o aluno diz estar aprendendo
Abstract: Taking into consideracition that the written language is a means of interaction among people and that it is in that perspective that it should be taught in literacy classes, the main objective of this work was to investigate how it is conceived in the teaching-learning process of writting skills in youth and adult’s literacy programmer . To this end, we analysed the curricular proposal, the textbook used in youth and adult’s literacy classes and the teacher’s manual, as well as questionnaires answered by students and teachers. As theorical support for the alphabetization process, we researched works by Ferreiro (1983) and follwers, Tfouni (1988) and Soares (2000) sewed as theorical basis for the issues pertaining literacy. Bakthin (2000) was the basis for the central notion of textual genre. In general lines, we noticed that the teaching writing skills happens permeated by the following problems: a) despite the fact that curricular proposal and the teacher’s manual present a conception of writing based on social-cognitive aspects, this approach is not present in the in-training sessions or the writing activities carried out in the classroom; b) textual genre definition as well as the designation of the various textual genres required in classroom activities is still very unstable; c) the textual genres proposed in the writing activities do not fulfill the student’s learning expectations ; d) there is a discrepancy between what the teacher says he/she is working in the classroom and what the student says he/she is learning
Descrição: MELO, Bárbara Olímpia Ramos de. A apropriação dos gêneros textuais: concepções, diretrizes e expectativas na alfabetização de jovens e adultos. 2003. 108f. Dissertação (Mestrado em Linguistica) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernaculas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza-CE, 2003.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3512
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2003_dis_bormelo.pdf709,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.