Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3545
Título: Maquiavel e Max Weber: ética e realismo político
Autor(es): Guimarães, Carlos Nunes
Palavras-chave: Ética
Realismo Político
Razão de Estado
Poder
Ethics
Political Realism
Reason of State
Power
Data do documento: 2010
Editor: Argumentos Revistas de Filosofia
Citação: Guimarães, C. N. (2010)
Resumo: Os homens inevitavelmente estão envolvidos pela política. Esta atividade é inerente à própria condição humana da convivência em sociedade. Todavia, muitos são os fatores que contribuem para a incompreensão da política enquanto uma atividade imprescindível para resolução de conflitos e um caminho para a realização do homem enquanto ser social. De grande relevância para a incompreensão da política é a sua relação com a ética, que a partir de uma análise baseada no realismo ganhou uma nova perspectiva. O realismo político expressado por Maquiavel e posteriormente pelo pensador alemão Max Weber, vai impactar a noção de uma política idealizada que possa produzir o bem somente pelos caminhos do bem. Para Maquiavel o bem supremo a ser preservado é o Estado, para este desiderato não é possível ser guiado por condutas éticas que limite a luta em defesa da Razão de Estado. Weber quatro séculos depois abrigará este pensamento defendendo que existe a ética da convicção e a ética da responsabilidade. A primeira é estabelecida a priori, a segunda é aquela que será julgada pelos resultados produzidos pelas ações, próprias do campo político.
Abstract: Men are inevitably tied to politics. This activity is inherent to the very condition of human beings compelled to live in society. Many factors do exist, however, contributing to the misinterpretations of politics that is not seen as an indispensable activity to the resolution of conflicts and a path to man’s full development potentialities as a social being. A major aspect leading to the understanding of politics is its relation to ethics which has acquired a new dimension following an analysis based on realism. Political realism as propounded by Machiavelli and later by the German philosopher Max Weber will have an impact on the concept of idealized politics which is capable of producing goodness only by the treading of a virtuous path. To Machiavelli’s thinking, the supreme goodness to be preserved is the State, and to reach this end one is not supposed to be led by ethical manners that hinder the struggle for defense of the Reason of State. Four centuries later, Weber will give shelter to this idea by proposing that there exist ethics of conviction and ethics of responsibility. The first is established a priori, the second is the one that will be measured by the outcome of actions originating from the political field.
Descrição: GUIMARÃES, Carlos Nunes. Maquiavel e Max Weber: ética e realismo político. Argumentos Revista de Filosofia, Fortaleza, v. 2, n. 4, p. 38-45, 2010.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3545
ISSN: 1984-4255 on-line
1984-4247 Impresso
Aparece nas coleções:PPGFILO - Artigos publicados em revistas científicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010_Art_CNGuimaraes.pdf127,17 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.