Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35481
Title in Portuguese: Margem e rio: precisão e espontaneidade como procedimento de criação do atuante
Author: Sales, Luiz Felipe da Silva
Advisor(s): Ribeiro, Walmeri Kellen
Keywords: Precisão
Espontaneidade
Organicidade
Corpo
Atuante
Issue Date: 2018
Citation: SALES, Luiz Felipe da Silva. Margem e rio: precisão e espontaneidade como procedimento de criação do atuante. 2018. 115f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Cultura e Arte, Programa de Pós-graduação em Artes, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: A presente pesquisa tem por objetivo investigar os conceitos de precisão e espontaneidade como procedimentos de criação a partir de experimentos criativos e pedagógicos. Revisitando inicialmente os percursos investigativos de Stanislavski e Grotowski, este trabalho está balizado pelos conceitos de esgotamento, organicidade, contato, ação-física e embodiment. A materialidade do corpo-afeto, sua relação com o ambiente, e as questões em torno do performar de uma ação, tornou-se o estímulo do experimento em meu próprio corpo através da ação de cavar, que se desdobrou no Projeto Poético Pasado que no pasa, apresentado como vídeo-performance homônimo e como videoinstalação intitulada Saudade – um corpo em estado de esgotamento. Desdobramentos pedagógicos também compõem esta investigação onde os conceitos de precisão e espontaneidade são avaliados na perspectiva do corpo do outro, participantes de oficinas de atuação e performance realizadas em cidades como Rio Branco (AC) e Macapá (AP) para criação de ações performáticas. Margem e rio é uma dissertação sobre precisão e espontaneidade como procedimento de criação para o oceano do ator|performer|atuante nas artes da cena.
Abstract: The present research aims to investigate the concepts of precision and spontaneity as a creative procedure based on creative and pedagogical experiments. Initially revisiting the research paths of Stanislavski and Grotowski, this work is based on the concepts of exhaustion, organicity, contact, physical action and embodiment. The materiality of the body-affection, its relation to the environment, and the questions surrounding the performing an action, became the stimulus of the experiment in my own body through the action of digging, which unfolded in the Poetic Project Pasado que no pasa, presented as homonymous video-performance and as video installation, titled Saudade - a body in a state of exhaustion. Pedagogical unfolding also compose this research where the concepts of precision and spontaneity are evaluated from the perspective of the body of the other, participants of actor and performance workshops held in cities such as Rio Branco (AC) and Macapá (AP) to create performance actions. Margin and River is a dissertation on precision and spontaneity as a procedure of creation for the ocean of the performer acting in the arts of the scene.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35481
Appears in Collections:PPGARTES - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_lfssales.pdf3,95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.