Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35612
Title in Portuguese: Modelo de treinamento para avaliar a progressão da competência na realização de nós e pontos em simulação de cirurgia laparoscópica
Title: Training model to evaluate the progression of competence in performing nodes and points in simulation of laparoscopic surgery
Author: Costa, Grijalva Otávio Ferreira
Advisor(s): Medeiros, Francisco das Chagas
Co-advisor(s): Moura Júnior, Luiz Gonzaga de
Keywords: Laparoscopia
Treinamento por Simulação
Educação Médica
Issue Date: 20-Aug-2018
Citation: COSTA, G. O. F. Modelo de treinamento para avaliar a progressão da competência na realização de nós e pontos em simulação de cirurgia laparoscópica. 2018. 124 f. Tese (Doutorado em Ciências Médico-Cirúrgicas) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Avaliar a progressão da competência, curva de aprendizagem, grau de satisfação com o modelo de treinamento e correlações entre os dados demográficos e a competência de estudantes de Medicina submetidos a treinamento para realização de pontos laparoscópicos. Métodos: estudo prospectivo, longitudinal, intervencionista, realizado de abril de 2016 a julho de 2017, com participação de 52 estudantes de Medicina do Centro Universitário Christus, Fortaleza, Brasil, do primeiro ao terceiro ano, submetidos a treinamento teórico prático, sistematizado, metodizado, com progressão de habilidades para realização de pontos laparoscópicos em ambiente de simulação, em quatro etapas com duração total de 16 horas. Foi estabelecida a tarefa de realizar pontos laparoscópicos, com cinco seminós, em molde de sutura, em simulador de cavidade abdominal, em 18 minutos. Os estudantes foram avaliados em todas as etapas do treinamento quanto à quantidade e qualidade dos pontos e satisfação com o modelo de treinamento. Foram realizados testes ANOVA e T de Student para as amostras independentes e o teste do qui-quadrado para as categóricas. Para variáveis com medidas seriadas, foi utilizado o modelo linear geral. Foram utilizados modelos binômiais univariados nas variáveis de avaliação do modelo de treinamento. Foram considerados significativos os valores de p menores que 0,05. Resultados: foram analisadas os valores das medianas, entre a primeira e última etapas do treinamento; do número de seminós (0,0 e 15,0) e pontos laparoscópicos (0,0 e 3,0), da adequação dos tamanhos dos cotos dos fios (0,0 e 11,0), do número de seminós iniciais ajustados (0,0 e 3,0) e sequenciais ajustados (0,0 e 24,0). Houve significância estatística na progressão da competência em todos os parâmetros avaliados (p < 0,001). A curva de aprendizagem mostrou que 99,1% dos estudantes atingiram a competência. O grau de satisfatoriedade do modelo de treinamento foi considerado bom ou ótimo em 97,1%, com relevância estatística em 8 das 10 afirmações avaliadas. Nenhum dos dados demográficos se correlacionou significativamente com a evolução da competência. Conclusão: os alunos apresentaram progressão na competência e evolução na curva de aprendizagem ao final do treinamento. O grau de satisfação dos estudantes, em relação às etapas do modelo de treinamento foi muito significativo e não houve correlação entre os dados demográficos e a competência alcançada pelos estudantes.
Abstract: To evaluate the progression of competency and the learning curve, degree of satisfaction with the training model and correlations between demographic data and competence of medical students undergoing practical, systematic, methodical training for performing knots and laparoscopic points in simulation environment. Methods: A prospective, longitudinal, interventional study was carried out between April 2016 and July 2017 with the participation of 52 medical students from the Christus University Center, Fortaleza, Brazil, from first to third year, subjected to practical theoretical training, systematized, with progression of skills for realization of laparoscopic points in simulation environment in four stages during 16 hours. A standardized task was established to perform laparoscopic points, with five throws, in suture mold, abdominal cavity simulator, in 18 minutes. The students were evaluated at all stages of the training as to the quantity and quality of the points and satisfaction with the training model. ANOVA and Student's T tests were performed to compare data from the independent samples and chi-square test to the categorical ones. For variables with serial measurements, the general linear model, was used. Univariate binomial models were used to verify the percentage of responses, with a cutoff point, in variables of training model. Values of "p" less than 0.05, were consider significant. Results: Yielded a median value of across the first and last stages of the training. The medians of the number of throws (0,0 and 15,0), laparoscopic points (0,0 and 3,0), adequacy of thread lengths (0,0 and 11,0), number of adjustments of the initial throws (0.0 and 3.0) and the adjustments of sequential throws (0.0 and 24.0) between the first and last steps. Statistical significance was found in all parameters evaluated. The learning curve showed that 99.1% of students reached proficiency. In eight to ten affirmations, about the degree of satisfactory in training model, 97% or more of the students, evaluated as good or great, with statistical relevance. None demographic data, correlated significantly with evolution of competence. Conclusion: Students progressed in competence and evolution along the learning curve at the end of the training. The degree of satisfaction of students, regarding the stages of the training model, was very significant and there was no correlation between demographic data and competence reached by students. Key Words: Laparoscopic surgery. Simulation-based learning. Medical education. Surgical skills.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35612
Appears in Collections:DCIR - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_gofcosta.pdf3,08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.