Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3574
Title in Portuguese: Vidas juntas fabricando palcos - um jeito nômade de aprender de dramistas
Title: Palcos together lives manufacturing - a nomadic skill to learn of dramistas
Author: Freitas, Maria da Glória Feitosa
Advisor(s): Lins, Daniel Soares
Keywords: Dramas cantados
Dramistas
Mestras
Aprendizagem
Brincar
Teatro na educação
Teatro e sociedade - Guriú (Camocim,CE)
Mulheres - Guriú (Camocim,CE) - condições sociais
Cultura popular - Guriú (Camocim,CE)
drama-players
drama mistresses
Issue Date: 2006
Publisher: http://www.teses.ufc.br
Citation: FREITAS, Maria da Glória Feitosa. Vidas juntas fabricando palcos: um jeito nômade de aprender de dramistas. 2006. 238f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira, Fortaleza-CE, 2006.
Abstract in Portuguese: Este trabalho relata os registros de cerca de 50 memorialistas, seja de dramistas, desde a 1ª geração na década de 1940 às representantes da última geração (até 2001), de dramistas de Guriú, no litoral oeste do Ceará ou ainda de seus tocadores que acompanhavam suas famosas apresentações. Tal conjunto intenso de histórias de vidas das aprendizes-dramistas e das mestras de drama, mostra que suas produções foram imortalizadas por marcante inventividade a cada produção e também por incursões muito apreciadas pelas comunidades vizinhas que apreciavam demasiadamente a presença destas produções estéticas juvenis. São narradas as intensas transformações metodológicas por que a pesquisa e a pesquisadora passaram no contato com estas intensidades vivas ditas pelas memorialistas. E ressalta-se que estas entrevistadas foram bastante influenciadas pelo circo, teatro, cinema, rádio, revistas, livros, televisão e outros espetáculos a que tiveram acesso. Percorrendo os 60 anos de histórias de várias gerações de dramistas, percebeu-se que estas se mantiveram à margem da dominação masculina e do quanto sempre foram submissas mesmo aos seus desejos de representar e de montar juntas os seus transitórios palcos, pois suas expressões eram nômades.Registra-se uma lição possível e encaminhada ao discurso burocrático dos órgãos de decisão da Educação Básica Brasileira e que pode se desprender das falas das dramistas, a quem queira ouvir e produzir indagações sobre a mesmice educacional oficial e obrigatória.
Abstract: This paper reports registrations from about 50 writers, who can be drama-players, from the first generation in the 1940’s to the last one (up to 2001), or drama-players from Guriú, in the west coast of Ceará and even its players who followed their famous presentations. Such intense collection of beginning drama-players’ and drama mistresses’ life stories shows their productions were immortalized by outstanding inventiveness in each production and also for incursions very appreciated by the neighbouring communities, which appreciated strongly the presence of these juvenile aesthetic productions. The intense methodological transformations are narrated because this research and its researcher were in touch with these intensities mentioned by the writers. We point out these interviewees were quite influenced by the circus, theater, movie, radio, magazines, books, television and other shows which they had access to. Analyzing the 60 years of several drama-players generations’ stories, we noticed these ones kept themselves under masculine dominance and how much they were always submissive to their own desires at representing and setting up their transitory stages, because their expressions were nomadic. It registers a possible lesson and directed to the bureaucratic speech of decision-making organs of Brazilian Basic Education and it can come off from the drama-players’ speeches, to anyone who wants to hear and produce inquiries about the official and obligatory educational sameness.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3574
metadata.dc.type: Tese
Appears in Collections:PPGEB - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_Tese_MGFFreitas.pdf2,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.