Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35780
Title in Portuguese: Rodolfo Téofilo e a migração cearense para a Amazônia na passagem dos séculos XIX e XX
Author: Damasceno, Bruno de Brito
Advisor(s): Oliveira, Irenísia Torres de
Keywords: Migração
Amazônia
Rodolfo Teófilo
Literatura
Migration
Amazon
Rodolfo Teófilo
Literature
Issue Date: 2018
Citation: DAMASCENO, Bruno de Brito. Rodolfo Téofilo e a migração cearense para a Amazônia na passagem dos séculos XIX e XX. 2018. 107f. - Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Humanidades, Programa de Pós-graduação em História, Fortaleza (CE), 2018.
Abstract in Portuguese: O presente trabalho procura analisar a migração cearense para a Amazônia, na transição dos séculos XIX e XX, através da construção literária realizada por Rodolfo Teófilo (1853-1932). Para Teófilo, a literatura servia como espaço para questionar o vivido, onde o trabalho estético realizado pelo escritor geraria um produto capaz de educar os leitores e transformar a sociedade. A produção deste escritor permite refletir como os grupos letrados entendiam as demandas, por um lado, de uma “fundação artística da nacionalidade” que precisava contemplar experiências culturais díspares (a trazida pelo migrante em relação à existente no espaço amazônico) e, por outro, da construção de uma imagem civilizada do país aos moldes europeus, que entravam em choque com a realidade mestiça da população, constituindo um dilema para os homens de letras do período. A construção da experiência da migração pelos círculos letrados cearenses era marcada por visões em disputa, pautadas numa dicotomia de prisão/liberdade, uma vez que as representações sobre o espaço cearense vinham, por um lado, marcadas pelo caráter de pobreza e carência de recursos para sobrevivência cotidiana, tendo como única solução a migração, e por outro lado, a partida do torrão natal significando uma expatriação desnecessária, posto que o local de destino, a Amazônia, seria pior em termos de solidão e desestruturação identitária. O trabalho metodológico com a literatura, de acordo com o crítico literário Antonio Cândido, deve levar em consideração que a obra literária é um modelo de coerência proposto pelo autor, que dispõe as palavras de modo a transformar a matéria de inspiração em um todo organizado. Cabe, portanto, ao historiador reordenar a leitura de mundo feita pelo escritor no momento da escrita, observar a mensagem que pretendia compartilhar com os leitores e os objetivos que procurava atingir, levando em consideração as perspectivas abertas na própria forma literária.
Abstract: The present work tries to analyze the migration from Ceará to the Amazon, in the transition of centuries XIX and XX, through the literary construction realized by Rodolfo Teófilo (1853-1932). For Teófilo, literature served as a space to question the lived, where the esthetic work carried out by the whiter would generate a product capable of educating readers and transforming society. The production of this whiter allows us to reflect how literate groups understood the demands, on the one hand, of an “artistic foundation of nationality” that needed to contemplate disparate cultural experiences (the one brought by the migrant in relation to the one existing in the Amazonian space) of the construction of a civilized image of the European molds, which clashed with the mestizo reality of the population, constituting a dilemma for the men of letters of the period. The construction of the experience of migration in the literary circles of Ceará was marked by conflicting visions, based on a dichotomy of prison/ freedom, since the representations of Ceará‟s space were marked by the character of poverty and lack of resources for daily survival, with the only solution being migration, and, on the other hand, the departure of the native tree, meaning an unnecessary expatriation, since the place of destination, the Amazon, would be worse in terms of solitude and identity disintegration. The methodological work with literature, according to the literary critic Antonio Cândido, must take into account that the literary work is a model of coherence proposed by the author, who arranges the words in order to transform the matter of inspiration into an organized whole. It is, therefore, for the historian to reorder the writer‟s would-readings at the time of writing, to observe the message he intended to share with the readers and the goals he sought to achieve, taking into account the perspectives opened up in his own literary form.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/35780
Appears in Collections:PPGH - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_bbdamasceno.pdf821,18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.