Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3598
Título: Atlas Linguístico Léxico-Semântico de Iguatu (ALIg)
Título em inglês: The lexical-semantical linguistic Atlas of Iguatu (ALIg)
Autor(es): Lima, Fabiana dos Santos
Orientador(es): Aragão, Maria do Socorro Silva de
Palavras-chave: Dialetologia
Geolinguística
Falar Cearense
Variação Lexical
Atlas Linguístico
Língua portuguesa - Dialetos - Iguatu(CE) - Mapas
Língua portuguesa - Variação
Língua portuguesa - Aspectos sociais - Iguatu(CE)
Língua portuguesa - Regionalismos - Iguatu(CE)
Língua portuguesa - Semântica
Língua portuguesa - Lexicografia
Geolinguistics
Dialectology
Ceará Speech
Lexical variation
Linguistic Atlas
Data do documento: 2009
Editor: http://www.teses.ufc.br
Citação: Lima, F. S.; Aragão, M. S. S. (2009).
Resumo: O Atlas Linguístico Léxico-semântico de Iguatu documenta a linguagem regional falada nessa localidade, com o objetivo de analisar as variações lexicais na linguagem, tanto na zona rural quanto na zona urbana de Iguatu, elaborar cartas léxicas equivalentes aos campos semânticos trabalhados para constituir o Atlas e oferecer subsídios importantes para a pesquisa Geolinguística no Brasil e para os estudos da Língua Portuguesa falada. Este trabalho fundamentou-se nos pressupostos da Dialetologia moderna, através de autores como Aragão, Coseriu e Ferreira e Cardoso e da Geolinguística pluridimensional, através de Cardoso, Mota e Radtke & Thun. A pesquisa possui uma malha de 06 pontos de inquéritos, divididos em 04 pontos na zona urbana e 02 na zona rural. Em cada ponto, foram entrevistados 04 informantes, 02 do sexo masculino e 02 do sexo feminino, pertencentes a duas faixas etárias distintas, a primeira entre 18 e 30 anos, e a segunda entre 45 e 60 anos. Além de pertencerem à escolaridade entre sem nenhuma instrução e 9º ano do Ensino fundamental. A escolha dos pontos e a caracterização dos informantes baseiam-se nas orientações do Projeto ALiB (Atlas Linguístico do Brasil), bem como o Questionário Semântico Lexical (QSL) para a obtenção dos itens lexicais, a ficha da localidade e do informante. O arquivamento e transcrição do corpus seguiu as mesmas orientações do ALiB, as gravações foram feitas em lugares apropriados para os informantes. O atlas compõe-se de 53 cartas divididas em cartas geográficas e semântico-lexicais em que se apresenta a variação lexical de itens sugeridos no QSL do Projeto ALiB e sua frequência de realização entre os informantes.
Abstract: The lexical-semantical linguistic Atlas of Iguatu registers the local speech of the place, allowing to analyse lexical variation in language, in both the rural and the urban areas, ellaborate lexical charts equivalent to the semantic fields used to build the Atlas and offer important data to Geolinguistic research in Brazil and to the studies on Spoken Portuguese. This work is based in claims of modern Dialectology, such as exposed in authors as Aragão, Coseriu and Ferreira and Cardoso, and of pluridimensional Geolingusitics, as mentioned by Cardoso, Mota and Radtke and Thun. This research involves 06 places in which inquiery takes place, 04 of which in the urban area, the other 02 in the rural area. In each place 04 informers were interviewed, 02 men and 02 women, belonging to 02 distinct age groups, from 18 to 30 years old and from 45 to 60 years old. The years the informers spent at school varies from none to 09 years (Fundamental School). Places and informers were chosen according to orientation from the AliB Project (Linguistic Atlas of Brazil), as well as the Lexical-Semantical Questionnaire (LSQ), through which lexical items were to be obtained, and both the places’ and the informers’description. The archiving and the transcription of the corpus were also made according to AliB orientation, and registrations were made on appropriate places to informers. The Atlas of Iguatu has 53 lingusitic charts, divided in geographic charts and lexical-semantical ones. In them figures lexical variation of items suggested by the LSQ of the AliB Project and the frequency with which they occur among informers.
Descrição: LIMA, Fabiana dos Santos. Atlas linguístico léxico-semântico de Iguatu (ALIg). 2009. 137f. Dissertação (Mestrado em Linguistica) – Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernaculas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Fortaleza-CE, 2009.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3598
Aparece nas coleções:PPGL - Dissertações defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009_dis_fslima.pdf3,99 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.