Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36352
Title in Portuguese: Percepções maternas sobre as visitas domiciliares em um programa de fortalecimento da primeira infância em Fortaleza, Ceará.
Author: Alves, Sandra Silva
Advisor(s): Machado, Márcia Maria Tavares
Keywords: Desenvolvimento Infantil
Criança
Visita Domiciliar
Vulnerabilidade Social
Avaliação de Programas e Projetos de Saúde
Issue Date: 16-Apr-2018
Citation: ALVES, S. S. Percepções maternas sobre as visitas domiciliares em um programa de fortalecimento da primeira infância em Fortaleza, Ceará. 2018. 105 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Saúde da Mulher e da Criança) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Inúmeros programas nacionais e internacionais de fortalecimento do desenvolvimento infantil utilizam como estratégia a visita domiciliar, como utilíssimo meio de abordagem junto às famílias. Embora os programas de visitação domiciliar mantenham determinadas características que justifiquem a sua natureza, há distintas análises quanto à avaliação dos resultados dessa estratégia. O objetivo do estudo foi apreender determinados aspectos no que se referem às práticas de cuidados e concepções sobre o desenvolvimento infantil, a partir da perspectiva das mães de crianças, na Primeiríssima Infância, em situação de vulnerabilidade social; compreender como essas perceberam a realização da visita domiciliar em formato inovador, bem como as mudanças nas relações de cuidado e no fortalecimento de vínculo com seus filhos, desde intervenção mediada pelo agente comunitário de saúde (ACS), no contexto do Programa Cresça com Seu Filho, em Fortaleza, Ceará. O estudo, realizado de 2015 a 2017, em dois momentos distintos, utilizou abordagem qualitativa, sendo do tipo exploratório e descritivo, adotando como procedimentos de coleta dos dados a entrevista individual semiestruturada, aplicada às mães e/ou cuidadores residentes na Regional VI, de Fortaleza, nos bairros Barroso, Conjunto Palmeiras e Jangurussu. Foram realizadas 57 entrevistas, das quais 35 ocorreram no primeiro momento da pesquisa e 22 no segundo. Resultados: na primeira fase do estudo, o desenvolvimento infantil e o cuidado foram relacionados aos cuidados essenciais e proteção, fortalecimento de vínculos e acesso aos direitos sociais. Quanto às dificuldades subjacentes à prática do cuidar, citaram como principais: os cuidados cotidianos, problemas de saúde da criança e ausência e/ou pouca participação dos pais. No segundo período da pesquisa, referente às apreensões maternas da visita domiciliar e às mudanças percebidas após a intervenção, tiveram destaque o estímulo ao desenvolvimento infantil, apoio e orientações à família, valorização do brincar e fortalecimento de vínculos afetivos. Conclusão: as participantes da pesquisa valorizaram a metodologia adotada pelo Programa focalizado, sendo sugeridas a continuidade e a ampliação dessa estratégia a outras famílias em situação de vulnerabilidade social e o apoio institucional às famílias, por meio do fortalecimento intersetorial. As apreensões obtidas no estudo indicam que houve melhorias nas relações parentais, principalmente no que se refere ao fortalecimento de vínculos e ao ato de brincar, tendo em vista uma percepção mais ampliada sobre o desenvolvimento infantil.
Abstract: Numerous national and international programs aimed to strengthen child development use as a strategy of home visiting, as a very useful means of approaching families. Although the home visitation programs maintain certain characteristics that justify their nature, there are different analyzes regarding the evaluation of the results of this strategy. The objective of the study was to understand certain aspects regarding the care practices and conceptions about child development, from the perspective of the mothers of children, in the First Childhood, in a situation of social vulnerability; to understand how they perceived the realization of the home visit in an innovative format, as well as the changes in care relationships and the strengthening of bonding with their children, from intervention mediated by the community health agent (ACS), in the context of the Grow With Your Child Program, in Fortaleza, Ceará. The study, carried out from 2015 to 2017, in two different moments, used a qualitative approach, being of the exploratory and descriptive type, adopting as data collection procedures the semi-structured individual interview applied to the mothers and / or caregivers residing in Fortaleza’s Regional VI region, in the neighborhoods Barroso, Conjunto Palmeiras and Jangurussu. A total of 57 interviews were conducted, of which 35 occurred at the first moment of the study and 22 at the second. Results: In the first phase of the study, child development and care were related to essential care and protection, strengthening of bonds and access to social rights. Regarding the difficulties in between the practice of caring, they mentioned as important: daily care, health problems of the child and absence and / or low parental involvement. In the second period of the research, referring to the maternal apprehensions of the home visit and the changes perceived after the intervention, emphasis was placed on children's development, support and guidance to the family, promotion of playful activities and strengthening of affective bonds. Conclusion: the research participants valued the methodology adopted by the focused Program, suggesting the continuation and expansion of this strategy to other families in situations of social vulnerability and institutional support to families, through intersectoral strengthening. The apprehensions obtained in the study indicate that there have been improvements in parental relationships, especially in relation to the strengthening of bonds and playful activities, with a view to a greater perception of child development.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/36352
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:MPSMC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_ssalves.pdf1,62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.