Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37342
Title in Portuguese: Potencial anticárie in vitro de selantes resinosos e ionoméricos contendo digluconato de clerexidina
Author: Lima, Marcella Maria Rocha
Advisor(s): Rodrigues, Lidiany Karla Azevedo
Keywords: Clorexidina
Antibacterianos
Issue Date: 16-Feb-2016
Citation: LIMA, M. M. R. Potencial anticárie in vitro de selantes resinosos e ionoméricos contendo digluconato de clerexidina. 2016. 42 f.TCC.(Graduação em Odontologia) - Faculdade de Farmácia,Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.
Abstract in Portuguese: Os selantes são muito utilizados no controle da cárie dentária, tendo sua aplicação indicada em fóssulas e fissuras de pacientes com alto risco ao desenvolvimento de lesões.A clorexidina tem sido incorporada em vários materiais odontológicos, já que pode inibir o desenvolvimento de micro-organismos cariogênicos e prevenir o aparecimento de lesões cariosas. Este estudo in vitro teve como objetivo avaliar os efeitos da incorporação de digluconato de clorexidina (DC) sobre a rugosidade e propriedades anticárie de um selante resinoso (SR) e um selante ionomérico quimicamente ativado (SI). Clorexidina não foi incorporada nos materiais controle e os materiais experimentais foram preparados com a adição de 0,5% (p/p) de DC, constituindo os grupos: SR (Controle), SI (Controle), SRDC e SIDC. Os espécimes foram avaliados para a determinação de rugosidade de superfície, efeito anti-biofilme contra Streptococcus mutans e inibição da lesão de cárie em esmalte. Três espécimes de cada material foram confeccionados com uma tira matriz em moldes cilíndricos. A rugosidade da superfície de cada amostra foi determinada usando um perfilômetro mecânico com apalpador (Stylus). Cavidades Classe I foram preparadas em blocos de esmalte bovino (8x8x2 mm3) e restauradas com os materiais controle e experimentais. Três blocos de cada grupo foram submetidos à formação de biofilme de S. Mutans por 5 dias e o efeito dos materiais foi testado de acordo com a contagem de unidades formadoras de colônias (UFCs) no biofilme formado sobre as amostras, em 3 repetições biológicas, independentes, com 3 repetições técnicas cada. A desmineralização do esmalte ao redor da restauração, representada pela área integrada da dureza × profundidade da lesão Delta S (ΔS) foi determinada por análise de microdureza em corte longitudinal, a 50 e 100 μm a partir da margem de restauração. Os dados foram analisados por ANOVA 2 critérios e Tukey, com um nível de significância pré-estabelecido em 5%. Não foi observada diferença estatisticamente significativa na rugosidade dos espécimes, independente do material utilizado, incorporado ou não de DC (p>0,05). Menores médias de UFC foram encontradas sobre os blocos restaurados com selante resinoso quando comparados àqueles restaurados com ionômero de vidro (p=0,011), no entanto, não foi encontrada diferença estatística significativa na incorporação de DC (p=0,190), independente do material usado. A 50μm da restauração, menor desmineralização foi encontrada para os selantes ionoméricos (p<0,001) e para aqueles materiais com DC incorporada (p=0,026), não havendo interação entre material usado e incorporação de DC (p=0,259). Na distância de 100μm, apenas os selantes ionoméricos foram capazes de diminuir a desmineralização (p<0,001), independente da incorporação de DC. Os materiais ionoméricos têm um maior efeito anticárie, no entanto a incorporação de DC parece ser mais eficaz quando realizada em materiais resinosos.
Abstract: Sealants are widely used in dental caries control, and its application is indicated for pits and fissures from patients at high risk of developing caries lesions. Chlorhexidine has been incorporated in various dental materials since it can inhibit cariogenic microorganism growth and prevent caries development. This in vitro study aimed to evaluate the effects of chlorhexidine digluconate (CD) incorporation on roughness and anticaries properties of a resin sealant (RS) and a chemically activated glass ionomer sealant (GIS). Chlorhexidine was not incorporated control materials and experimental materials were prepared by adding 0.5% CD(w/w) constituting the groups: RS (Control), GIS (control) SRCD and GISCD. The specimens were evaluated for surface roughness determination, anti-biofilm effect against Streptococcus mutans and inhibition of enamel caries lesion. Three specimens of each material were made with a matrix strip in cylindrical molds. The surface roughness of each specimen was determined using a contact stylus profilometer. Class I Cavities were prepared in bovine enamel blocks (8x8x2 mm3) and restored with control and experimental materials. Three blocks of each group was subjected to S. mutans biofilm formation during 5 days and the effect of the material was tested according to colony-forming units (CFUs) over the samples, in 3 independent biological replicates with 3 technical replicates each. Demineralization represented by integrated area of hardness × lesion depth Delta S (ΔS) was determined on enamel by analysis of cross-sectional microhardness, at 50 and 100 micrometres from the restoration margin. Data were analyzed by two-way ANOVA and Tukey tests, with a pre-set significance level of 5%. No statistically significant difference was found in roughness of the specimens, regardless of material used, incorporated or not with CD (p>0.05). Lower CFU means were found on the blocks restored with resin sealant when compared to those restored with glass ionomer (p=0.011), however, no statistically significant difference was found in for CD incorporation (p = 0.190), regardless of material used. At 50 μm from the restoration, lower demineralization was found for glass ionomer sealants (p<0.001) and for those materials with CD incorporation (p = 0.026), with no interaction between the material used and CD incorporation (p=0.259). At the 100-μmdistance, only glass ionomer sealants were able to reduce demineralization (p<0.001), independent of the CD incorporation. Ionomeric materials have a higher anti-caries effect, however the incorporation of CD appears to be most effective when performed on resin materials.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37342
Appears in Collections:ODONTOLOGIA - Monografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_tcc_mmrlima.pdf417,3 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.