Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3739
Título: Estudo farmacologico do óleo essencial do Croton nepetaefolius Baill sobre os musculos lisos traqueal e vascular e sobre as propriedades eletrofisiologicas de neuronios fasicos de ganglio celiaco
Título em inglês: Pharmacological study of the essential oil of Croton nepetaefolius on both vascular and tracheal smooth muscle and on electrophysiological properties of celiac ganglion phasic neurones
Autor(es): Magalhães, Pedro Jorge Caldas
Orientador(es): Cardoso , José Henrique Leal
Palavras-chave: Traquéia
Óleos Voláteis
Plantas Medicinais
Data do documento: 2002
Citação: MAGALHÃES, P. J. C. (2002)
Resumo: Estudo farmacológico do óleo essencial de Croton nepetaefolius Baill. sobre o músculo liso traqueal e vascular e sobre as propriedades eletrofisiológicas de neurônios fásicos de gânglio celíaco. Pedro Jorge Caldas Magalhães, Tese de Doutorado em Farmacologia, UFC, 2002. Croton nepetaefolius Baill é um arbusto aromático do Nordeste brasileiro, conhecido como “marmeleiro sabiá”, utilizado na medicina popular como antiespasmódico e carminativo. Os principais constituintes do seu óleo essencial são 1,8-cineol, metil-eugenol, xantoxilina e terpineol. Recentemente, demonstraram-se propriedades antiespasmódica intestinal, hipotensiva, antiinflamatória e analgésica para o óleo essencial do Croton nepetaefolius (OECN). Neste trabalho, caracterizamos os efeitos farmacológicos do OECN sobre o músculo liso respiratório e vascular de rato e cobaio e sobre o funcionamento elétrico de neurônios de gânglio celíaco de cobaio. Usamos preparações in vitro de vasos sanguíneos de ratos e cobaios machos (aorta e vasos mesentéricos) e anéis de traquéia, mantidos em solução nutridora, aerada, pH 7,4, a 37 oC, para registro isométrico das contrações musculares. Usamos também gânglios celíacos intactos de cobaios, mantidos em temperatura ambiente in vitro, para os registros eletrofisiológicos pela técnica do microeletrodo intracelular. In vivo, avaliamos as ações do OECN sobre a pressão arterial média e alguns parâmetros cardíacos, respiratórios e hematológicos em ratos. O OECN (0,1 - 1000 microgrma/ml) relaxou o tônus basal (5 mM [K+]) e o tônus aumentado por K+ (60 mM) em traquéia de cobaio, de maneira dependente de concentração (CE50 de 4 e 63 micrograma/ml, respectivamente). Em tecidos de cobaios previamente sensibilizados, o OECN (300 e 600 micrograma/ml), reduziu a contração induzida pela apresentação do antígeno sensibilizante (ovalbumina). Na faixa de concentração de 100 a 400 micrograma/ml, bloqueou as contrações induzidas por histamina e PGF2 alfa. O OECN inibiu as contrações induzidas por histamina, carbacol e KCl com CI50 na faixa de 100 - 130 micrograma/ml. Em aorta de rato e cobaio, relaxou a contração induzida por 60 mM de K+ (CI50 de 32 e 200 micrograma/ml, respectivamente). Em rato, mas não em cobaio, este relaxamento foi parcialmente inibido pela retirada do endotélio vascular ou pela adição de 100 micrograma M de L-NAME. Em aorta de cobaio, o OECN inibiu as contrações independentes de Ca2+, induzidas por dibutirato de forbol e por K+ hiperosmolar na solução nutridora. O OECN diminuiu preferencialmente a pressão arterial em ratos DOCA-sal do que em ratos nefrectomizados e, bloqueou mais potentemente as contrações induzidas pela fenilefrina em aorta de rato DOCA do que dos animais nefrectomizados. O OECN, metil-eugenol e terpineol, aumentam o fluxo de líquido pela circulação mesentérica de rato, sendo este efeito parcialmente inibido pela presença de L-NAME. Em nenhuma dessas preparações o OECN produziu hiperpolarização do potencial transmembrana. Em neurônios fásicos de gânglio celíaco de cobaio, o OECN diminuiu significativamente o aumento da excitabilidade produzido pela histamina sem alterar as propriedades passivas e ativas dos neurônios. Em conclusão, o OECN relaxa o músculo liso das vias aéreas, é um agente hipotensor e vasorelaxante e diminui a excitabilidade induzida por histamina em neurônios autonômicos. Seus efeitos são, provavelmente, intracelulares ou mediados por proteína quinase C.
Abstract: Croton nepetaefolius is an aromatic bush found in brazilian Northeast region, called “marmeleiro sabiá”, and it is used in folk medicine as an antispasmodic and carminative agent. Its essential oil is comprised of 1,8-cineole, methyl-eugenol, xanthoxylin, terpineol and others constituents. Recent studies showed some pharmacological activities of the essential oil of Croton nepetaefolius (EOCN) as an intestinal antispasmodic, hypotensive, anti-inflammatory and analgesic agent. Our aim in this work was to evaluate the effects of EOCN on airway and vascular smooth muscle and also on autonomic neurons. We used in vitro models of rat and guinea-pig isolated vessels and guinea-pig tracheal rings for isometric recording of the smooth muscle contractions. Guinea-pig celiac ganglion, was used for intracellular microelectrode recording of electricophysiological signals. Moreover, mean arterial pressure, cardiovascular, respiratory and hematologic parameters were measured in vivo in rats. EOCN (0,1 – 1000 microgram/ml) relaxed basal and K+-increased guinea-pig tracheal tonus (EC50 = 4 and 63 microgram/ml, respectively), in a concentratation-dependent manner. In ovalbumin-sensitized guinea-pig tissues, EOCN inhibited the antigen-induced contraction. EOCN (100 - 400 microgram/ml) blocked the histamine- and PGF2alpha -induced contractions. The contractions induced by histamine, carbacol and KCl were inhibited by EOCN with IC50s between 100-130 microgram/ml. In rat and guinea-pig aortic rings, EOCN relaxed the 60 mM K+-induced contractions (IC50 = 32 and 200 microgram/ml, respectively). Only in rat tissues, this EOCN-induced relaxation was partially inhibited by both L-NAME (100 microgram M) or endothelium lack. In guinea-pig aortic rings, EOCN inhibited the Ca2+-independent phorbol esther- and hyperosmotic K+- induced contractions. EOCN, preferably, diminished the mean arterial pressure and inhibited the aortic rings phenylephrine-induced contractions in DOCA-salt treated rats rather than uninephrectomized rats. Both EOCN, methyl-eugenol and terpineol increased the flow through rat mesenteric bed. This effect was partially blocked by L-NAME (50 microgram M). EOCN did not produce hyperpolarization of the transmembrane potential. In celiac ganglion phasic neurons, EOCN signicantly inhibited the histamine-induced increase of the neuronal excitability. In conclusion, EOCN is an airway smooth muscle relaxant, hypotensor and vasorelaxant agent, and it is a blocker of the stimulant histamine activity on autonomic neurons. Its effects are, probably, mediated by an intracellular action or protein C kinase modulation.
Descrição: MAGALHAES, Pedro Jorge Caldas. Estudo farmacológico do óleo essencial do Croton nepetaefolius Baill sobre os músculos lisos traqueal e vascular e sobre as propriedades eletrofisiológicas de neurônios fásicos de gânglio celíaco. 2002. 185 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2002.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3739
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2002_tese_pjcmagalhaes.pdf2,79 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.