Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37397
Title in Portuguese: Aptidão física relacionada à saúde em adolescentes praticantes de projeto social
Author: Silva, Yara Luiza Freitas
Advisor(s): Gonzalez, Ricardo Hugo
Keywords: Aptidão física
Adolescentes
Atividade Física
Issue Date: 2018
Citation: SILVA, Y. L. F. (2018)
Abstract in Portuguese: Os benefícios dos hábitos saudáveis de prática de atividade física regular e a sua influência no combate às alterações causadas por comportamentos de risco à saúde tem sido tratado de uma maneira mais consistente nos últimos anos. O sedentarismo e a alta prevalência de tempo de tela aumentam as chances do desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis. As implicações de um estilo de vida considerado ativo ressaltam a importância na prevenção de doenças como hipertensão arterial, diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares. O objetivo foi analisar a aptidão física relacionada à saúde em adolescentes praticantes regulares de projeto social de 10 a 17 anos da cidade de Fortaleza- CE. Este estudo foi do tipo descritivo de corte transversal. A amostra foi constituída por 73 alunos de ambos os sexos, do Ensino fundamental e médio, selecionados segundo a disponibilidade. Foi utilizada a bateria de teste do PROESP-BR, para analisar a composição corporal foi utilizado o teste do Índice de massa corporal (IMC), para a resistência cardiorrespiratória o teste de corrida de 6 minutos, força e resistência abdominal foi utilizado o teste de abdominais em 1 minuto e para a flexibilidade foi optado por utilizar o teste de sentar e alcançar no banco de whells. Para a descrição dos dados foram utilizadas as estatísticas descritivas, analisada no Programa SPSS 20.0 for Windows. Ambos os sexos encontram-se dentro da zona saudável nas componentes da ApRS, flexibilidade 65,8%, composição corporal 63%, resistência cardiorrespiratória 57,1% e força abdominal 56,2%. A amostra foi composta por 46 meninos (63%) e 27 meninas (37%). As meninas apresentaram prevalência na componente força abdominal (70,4%), seguida por flexibilidade (66,7%), resistência cardiorrespiratória (59,3%). O sexo masculino foi considerado dentro da Zona saudável em relação aos componentes da aptidão física, composição corporal (67,4%), seguido por flexibilidade (65,2%) e resistência cardiorrespiratório (55,8%). Concluiu-se que os adolescentes possuem nível de aptidão física relacionado à saúde moderado. Em cada componente mais de 50% estão dentro da Zona saudável, o que é considerado mediano e 30% em Zona de risco, valor considerado alto. O gênero feminino apresentou melhor desempenho, exceto na composição corporal o que pode estar associado ao excesso de peso. Os valores encontrados podem estar relacionados à frequência do tempo de prática e a intensidade das atividades realizadas no projeto social, demonstrando o benefício da pratica regular de atividade física para a saúde.
Description: SILVA, Yara Luiza Freitas. Aptidão física relacionada à saúde em adolescentes praticantes de projeto social. 2018. 48 f. Monografia (Graduação em Educação Física)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37397
Appears in Collections:EDUCAÇÃO FÍSICA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_ylfsilva.pdf1,39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.