Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3744
Título: Retinol, proteínas transportadoras, carotenóides, proteínas de fase aguda e barreira funcional intestinal em crianças de uma comunidade urbana de Fortaleza
Título em inglês: Retinol, retinol binding proteins, carotenoids, acute fase proteins and intestinal barrier function in children from an urban community in Fortaleza
Autor(es): Vieira, Milena Morais
Orientador(es): Lima, Aldo Ângelo Moreira
Palavras-chave: Vitamina A
Carotenóides
Fisiologia da Nutrição Infantil
Data do documento: 2007
Citação: VIEIRA, M. M. (2008)
Resumo: A deficiência de vitamina A (DVA) é considerada um importante problema de saúde pública em todo o mundo e o papel da DVA na integridade epitelial intestinal ainda não está bem compreendido. O objetivo do trabalho foi investigar a associação do retinol (vitamina A) e carotenóides com a barreira funcional intestinal em crianças de uma comunidade urbana em Fortaleza, no Nordeste do Brasil. Participaram do estudo 102 crianças de 2 meses a 9 anos de idade. O estado nutricional das crianças foi avaliado através do escore “z” de peso por altura (WHZ), mostrando que 19,6% (20/102) das crianças apresentaram desnutrição leve (“z” escore de -1 a -2). Todas as crianças tiveram as concentrações de retinol determinadas e nenhuma estava severamente deficiente (< 0,35 µM); 2,9% (3/102) das crianças apresentaram níveis moderados de deficiência de vitamina A (0,36 - 0,70 µM); 20,6% (21/102) apresentaram leve deficiência (0,71 - 1,05 µM) e 76,5% (78/102) apresentaram concentrações suficientes de retinol no sangue (> 1,05 µM). A razão de lactulose/manitol (L/M) estava anormal em 49% (47/97) das crianças quando comparadas com crianças saudáveis de uma mesma região geográfica. Os carotenóides, luteína, β-criptoxantina e beta-caroteno no soro das crianças do Parque Universitário, apresentaram correlações inversas significativas com a razão de L/M. As proteínas de fase aguda (proteína C reativa, CRP e glicoproteína α1-ácida, AGP) apresentaram correlações inversas com retinol. O retinol correlacionou-se significativamente com a proteína ligadora de retinol (RBP) e com a transtiretina (TTR). Esses dados sugerem que a alteração na barreira funcional intestinal provavelmente ocorreu através do caminho paracelular com baixas concentrações de carotenóides no soro. Os carotenóides, precursores do retinol, poderiam assim promover um melhor marcador para a barreira funcional intestinal alterada do que as medidas de RBP ou retinol. As concentrações sanguíneas de retinol correlacionaram-se com a RBP e TTR e correlacionaram-se inversamente com a AGP e com a CPR
Abstract: Vitamin A deficiency (VAD) is considered an important public health problem worldwide and the role of VAD on intestinal epithelial integrity is not well understood. To investigate the association of retinol (vitamin A) and carotenoids with the intestinal barrier function from children in an urban community in Fortaleza, Northeastern Brazil, one hundred and two children from 2 months to 9 years old participated in the study. The nutritional status of these children, measured by weight for height z-score (WHZ), showed that 19.6% (20/102) of them had mild malnutrition (-1 to –2 z-score). All children had their serum retinol concentration measured and none were severely deficient (<= 0.35 µM), 2.9% (3/102) were moderately (0.36 – 0.70 µM), 20.6% (21/102) were mildly (0.71 – 1.05 µM) deficiencies; 76.5% (78/102) were vitamin A sufficient (> 1.05 µM). The lactulose:mannitol (L/M) ratio was abnormal in 49% (47/97) of children when compared to healthy children in the same geographic area. Serum carotenoids, lutein, beta-cryptoxanthin and beta-carotene showed significant inverse correlation with the L/M ratio. Acute phase proteins (C-reactive protein; CRP; and α-acid glycoprotein; AGP) were significantly inversely correlated with retinol. Retinol was significantly correlated with retinol-binding protein (RBP), and with transthyretin (TTR). These data suggest a disruption of intestinal barrier function due to paracellular pathway with low serum concentrations of carotenoids. The retinol precursors, carotenoids, may provide a better marker for disrupted intestinal barrier function than measurements of RBP or retinol. Serum retinol concentrations correlate with RBP and TTR and inversely correlate with AGP and CRP
Descrição: VIEIRA, Milena Morais. Retinol, proteínas transportadoras, carotenóides, proteínas de fase aguda e barreira funcional intestinal em crianças de uma comunidade urbana de Fortaleza. 2007. 175 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3744
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2007_tese_mmvieira.pdf1,04 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.