Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3755
Título: Contribuição da ostreicultura para formação da renda familiar: Estudo de caso do Projeto de Ostreicultura Comunitário da Fundação Alphaville, Eusébio - Ceará
Autor(es): Gomes, Rosangela Santiago
Araújo, Rogério César Pereira de
Dantas Neto, Maximiano Pinheiro
Palavras-chave: Ostreicultura comunitária
Associação
Suplementação de renda
Data do documento: 2008
Editor: Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural - SOBER, 46
Citação: GOMES, R. S. ; ARAÚJO, R. C. P. ; DANTAS NETO, M. P. (2008)
Resumo: As comunidades tradicionais da Zona Costeira do Ceará sofrem com o declínio da pesca, atividades extrativistas e pela falta de oportunidades de emprego. A ostreicultura comunitária se coloca como uma atividade produtiva sustentável e adaptada às condições ambientais locais, que pode ser explorada economicamente em regime comunitário. Neste sentido, este estudo propõe-se avaliar a rentabilidade econômica da ostreicultura comunitária e verificar em que proporção esta atividade contribui com a formação da renda familiar. Este estudo foi realizado na comunidade de Mangabeira, localizada no Município de Eusébio, Ceará, onde foi constituída uma associação produtiva voltada para o cultivo de ostras do mangue no estuário do Rio Pacoti. A metodologia consistiu primeiramente da realização de um diagnóstico socioeconômico dos membros da associação comunitária e, em seguida, das análises de custos, rentabilidade e sensibilidade da ostreicultura. Os resultados mostram que a ostreicultura comunitária exige baixos custos de investimento, proporciona elevada e robusta rentabilidade, e contribui significativamente para formação da renda familiar.
Abstract: Traditional communities of Ceará Coastal Zone are suffering with the declining of fisheries and extractive production as well as lack of employment opportunities. The communitarian oyster farming is being considered as a sustainable activity and adapted to local environmental conditions which can be economically exploited through out common pool resource use. Given that, this study aims to assess the economic return of the communitarian oyster farming and verify in which proportion this activity contributes to the family income. This study was carried out in the Mangabeira community located in Eusébio, Ceará, where a productive association dedicated to mangrove oyster cultivation in the Pacoti River has been established. The methodology consisted first of carrying out a socio-economic assessment of the communitarian association and, after that, of analyzing the oyster farming costs, returns and sensitivity. The results showed that the communitarian oyster farming requires low investment costs, allows high and robust returns and contributes significantly to the familiar income formation.
Descrição: GOMES, Rosangela Santiago; ARAÚJO, Rogério César Pereira; DANTAS NETO, Maximiano Pinheiro. Contribuição da ostreicultura para formação da renda familiar: Estudo de caso do Projeto de Ostreicultura Comunitário da Fundação Alphaville, Eusébio - Ceará. Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural - SOBER, 46, Rio Branco-Acre, p.1-21, 20-23 jul. 2008
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3755
ISSN: 0104-0618
Aparece nas coleções:DEA - Trabalhos apresentados em eventos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_eve_rsgomes.pdf197,22 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.