Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37580
Título: Trichogramma spp. (Hymenoptera: Trichogrammatidae) para o controle de lepidópteros-praga em roseira
Autor(es): Paiva, Lorena Gomes Girão
Orientador(es): Pastori, Patrik Luiz
Coorientador(es): Silveira, Gisele Gurgel
Palavras-chave: Rosa
Artrópodes-desfolhadores
Controle biológico
Parasitoides
Plantas - Doenças e pragas - Controle biológico
Rosa - Doenças e pragas - Controle biológico
Plantas - Parasitos
Data do documento: 2017
Citação: PAIVA, L. G. G. (2017)
Resumo: A rosa (Rosa sp.) é uma das principais e tradicionais flores comercializadas no mundo, sendo a principal flor de corte cultivada no Brasil e também a mais procurada no mercado interno. O cultivo de roseiras em ambientes protegidos tem crescido significativamente a cada ano e, juntamente a essa expansão da área, tem-se detectado o aumento da incidência de pragas. A cultura da roseira é suscetível ao ataque de várias pragas que podem influenciar no crescimento da planta, afetar a floração e causar danos estéticos aos botões florais, como é o caso do ataque de desfolhadores pertencentes à ordem Lepidoptera, uma das pragas-chave dessa cultura. O controle biológico de lepidopteros-praga utilizando parasitoides de ovos apresenta relatos de vários casos de sucesso em diversas culturas. Dentre os parasitoides, a utilização do himenóptero Trichogramma spp. (Hymenoptera: Trichogrammatidae) ganha destaque. Tendo em vista a escassez de informações sobre o uso desse parasitoide no controle de lagartas na cultura da roseira, o objetivo desse trabalho foi testaro parasitismo de Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae) no controle de espécies de lepidopteros-praga da cultura da roseira em casa-de-vegetação.O trabalho foi realizado em casas-de-vegetação de produção de roseiras da Fazenda Lovely Red, estabelecida em Ubajara- CE, Brasil. Foram escolhidas quatro variedades: „Canela‟, „Double Light‟, „Solaire‟ e „Vodoo‟, onde foram distribuídas,em campo,cartelas com ovos de Anagasta kuehniella (Lepidoptera: Pyralidae) parasitadas por T. Pretiosum (Proporção de 554.400 parasitoides/ha)e aleatoriamente 30 cartelas do mesmo hospedeiro, porém não parasitadas, afim de avaliar o parasitismo por T. pretiosum liberado. As cartelas permaneceram por 48 h em campo sendo retiradas e mantidas em sala climatizada (25ºC, UR=70% e fotoperíodo de 12h L).O percentual médio de parasitismo por T. pretiosum foi de 23,0% nas diferentes variedades de roseiras, sendo mais promissor quando as temperaturas médias estiveram na faixa de 25 a 27°C, porém a máxima não ultrapassando 36°C.
Abstract: The rose (Rosa sp.) is one of the main and traditional flowers commercialized all over the world, being the main cut flower cultivated in Brazil and also the most sought after in the internal market. The cultivation of rose bushes in protected environments has grown significantly each year and, together with this expansion in area, increases in pest incidences has been detected. The rose bush crop is susceptible to attack by various pests that can influence plant growth, affect flowering and cause aesthetic damage to flower buds, such as the attack of defoliators from the order Lepidoptera, one of the key pests of this crop. The biological control of Lepidoptera pest using egg parasitoids reported several cases of success in many crops. Among the parasitoids, the use of the hymenopteran Trichogramma spp. (Hymenoptera: Trichogrammatidae) is highlighted. Considering the lack of information regarding the use of this parasitoid in the control of caterpillars in the rose bush, the objective of this study was to test the parasitism of Trichogramma pretiosum (Hymenoptera: Trichogrammatidae) in the control of species of lepidoptera-pest of the rose bush in a greenhouse. The experiment was carried out in greenhouses of rose bush production in the Lovely Red Farm, established in Ubajara-CE, Brazil. Four varieties of roses were selected and spread in the field: 'Cinnamon', 'Double Light', 'Solaire' and 'Vodoo', where were distributed, in each type, cards containing eggs of Anagasta kuehniella (Zeller, 1879) (Lepidoptera: Pyralidae) parasitized by T. pretiosum (Proportion of 554,400 parasitoids / ha) and another 30 cards randomly distributed of the same host, but not parasitized, in order to evaluate the parasitism by the T. pretiosum released. The cards remained for 48 hours in the field and were removed and kept in an air conditioned room (25ºC, RH = 70% and 12h L photoperiod). The average percentage of parasitism by T. pretiosum was 23.0% in the different varieties of rose bushes, being more promising when the average temperatures were in the range of 25 to 27 ° C, but the maximum did not exceed 36 ° C.
Descrição: PAIVA, Lorena Gomes Girão. Trichogramma spp. (Hymenoptera: Trichogrammatidae) para o controle de lepidópteros-praga em roseira. 2017. 27 f. Monografia (Graduação em Agronomia) - Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37580
Aparece nas coleções:AGRONOMIA - Monografias

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2017_tcc_lggpaiva.pdf754 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.