Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38203
Title in Portuguese: Reavaliação da integralização curricular para a inclusão da disciplina de educação ambiental no ensino fundamental
Author: Abreu, Roberta Teresa Silva
Advisor(s): Rodrigues, Rui Martinho
Keywords: Educação ambiental
Futuro do meio ambiente
Issue Date: 2006
Citation: ABREU, Roberta Teresa Silva. Reavaliação da integralização curricular para a inclusão da disciplina de educação ambiental no ensino fundamental. 2006. 33f.- TCC ( Monografia) -Universidade Federal do Ceará, Centro de Treinamento e Desenvolvimento, Especialização Planejamento do Ensino e Avaliação da Aprendizagem, Fortaleza (CE), 2006.
Abstract in Portuguese: Esta monografia analisa a reavaliação do currículo para a inserção da disciplina de educação ambiental nas séries de ensino fundamental, com o intuito de construir uma sociedade mais consciente e preocupada com o futuro do meio ambiente em sua totalidade. O grande problema é que essa mudança requer o apoio de todos os órgãos competentes, e as principais partes políticas, econômicas e sociais. Vive-se numa sociedade desinformada e alienada, a qual não se preocupa com o mal que a mesma pratica para a degradação do meio ambiente. O homem não pensa que os meios naturais podem um dia vir a sumir, por isso, vivem o hoje, degradando, usando de forma inadequada, sem pensar no amanhã. Com isso, este trabalho, tem o objetivo de propor soluções para construção uma sociedade mais consciente e formadora de uma mentalidade ambientalista e preocupada em construir uma população com o desenvolvimento sustentável e transformador. Pois, na natureza nada se destoe tudo se transforma. Depende da maneira como a mesma é utilizada ou reutilizada. A população deve estar atenta aos limites impostos pela natureza, observando o que é habitat, ambiente, desenvolvimento sustentável, materiais reciclável. Enfim, vale ressaltar que a natureza pode ser fonte de riquezas absolutas, que podem ser usadas pelos mesmos. Com isso, o homem absolvendo essa teoria pode explorar da natureza uma infinita riqueza, mas não podendo deixar de ser ressaltado que essa riqueza precisa ser reposta para que seja infinita, caso contrário à mesma pode até desaparecer. A escola tem um papel fundamental na construção dessa mentalidade ambientalista. Pois através da escola a criança, que é o futuro do amanhã pode levar sua mentalidade a envolver seus pais, seus vizinhos, enfim, esse pensamento acaba construindo uma teia social de pessoas que manifestam seu interesse com o meio ambiente. Essa mentalidade acaba virando um hábito que futuramente poderá vir a ser uma cultura. O desenvolvimento de uma sociedade inteligente depende da maneira como é inserida na mente da população, tudo depende de uma cultura a ser adquirida através da escola, da política, da informação, pelos meios de comunicação. Enfim, se a política governamental se propuser enfocar os tópicos ambientais, a sociedade se manifestaria com mais freqüência e a natureza seria menos degradada.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38203
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:EAPEAA - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2006_tcc_rtsabreu.pdf348,21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.