Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3837
Título: Efeitos renais e vasculares do extrato bruto da anêmona marinha Bunodosoma caissarum e sua fração fosfolipase A2 : estudo dos mediadores envolvidos
Título em inglês: Bunodosoma caissarum and it\'s phospholipase A2 fraction effects in the isolated perfusion kidney and arteriolar mesenteric bed
Autor(es): Martins, René Duarte
Orientador(es): Monteiro, Helena Serra Azul
Palavras-chave: Rim
Adenosina
Venenos de Cnidários
Data do documento: 2008
Citação: MARTINS, R. D. (2008)
Resumo: Anêmonas marinhas contêm uma variedade de compostos biologicamente ativos incluindo potentes toxinas. Por esta razão, muitos investigadores têm centrado seus estudos nestas proteínas, isoladas de anêmonas marinhas, como Bunodosoma caissarum. O objetivo deste trabalho foi estudar o mecanismo das alterações funcionais produzidas pelo extrato bruto e da fração PLA2 de B. caissarum em rim isolado de rato e leito vascular mesentérico. Rins isolados de ratos Wistar, pesando 250-300g, foram perfundidos durante 120 min com solução de Krebs-Henseileit contendo 6% de albumina bovina. O extrato bruto de B. caissarum (BcE) e PLA2 foram adicionados ao sistema, em diferentes concentrações, 30 minutos após o início de cada experimento (controle interno) e Tezosentan (TZN) e Indometacina (IND) foram administrados no período inicial de cada experimento (T = 0 min). O leito vascular mesentérico, mantido aquecido a 37 ° C, foi perfundido com solução de Krebs em um fluxo constante (4mL/min) e a pressão medida por 80 min. A expressão de mRNA TNF-α, IL-1 β, renina e receptores de adenosina (A1, A2a, A2b e A3) foi avaliada por PCR utilizando como referência o mRNA do gene 18S. Os dados foram analisados por teste t de Student (p <0,05). BcE alterou a função renal elevando a pressão de perfusão (PP), a resistência vascular renal (RVR), fluxo urinário (UF), taxa de filtração glomerular (TFG) e excreção de sódio, de potássio e cloreto, especialmente com a concentração intermediária. Tezosentan inibiu estes efeitos apenas parcialmente. No entanto, indometacina apresentou um bloqueio mais expressivo que TZN. A PLA2 de B. caissarum elevou a pressão de perfusão (PP) já aos 60 minutos (controle = 104,17 ± 3,72; PLA2 (0,1) = 130,9 ± 5,6 *; PLA2 (0,3) = 165,1 ± 12,6 *; PLA2 (1,0) = 142,3 ± 9,6 *, *p <0,5), revelando também elevações de RVR , UF, TFG, excreção de eletrólitos e osmolaridade urinária, com diminuição dos transportes distais de Na+, K+ e Cl-. O bloqueio com IND foi mais expressivo sobre a menor concentração de PLA2, enquanto TZN mostrou um efeito discreto. BcE e PLA2 não alteraram a pressão de perfusão basal do leito vascular mesentérico. PLA2 aumentou a expressão relativa de TNFα (C = 1,00 ± 0,00 vs. PLA2 = 1,116 ± 0,033*, com p<0,0001) e do receptor de adenosina A2a (C = 1,0 ± 0,01 vs. PLA2 = 1,238 ± 0,043*, com p<0,0001).Estes resultados sugerem que BcE e PLA2 exercem ações significativas na perfusão de rim isolado, sem efeitos vasculares diretos no leito mesentérico. COX-2 e endotelina parecem ser importantes mediadores dos efeitos da BcE e PLA2. Além disso, adenosina também parece estar envolvida no mecanismo de ação da PLA2 de Bunodosoma caissarum.
Abstract: Sea anemones contain a variety of biological active compounds including some potent toxins. For this reason, many investigators have focused their studies in these proteins, isolated from sea anemones, such as Bunodosoma caissarum. The aim of this work was to study the mechanism of functional alterations produced by the crude extract and the PLA2 fraction of B. caissarum in the isolated rat kidney and arteriolar mesenteric bed. Isolated kidneys from Wistar rats, weighing 250-300g, were perfused with Krebs-Henseileit solution containing 6% of bovine serum albumin for 120 min. B. caissarum crude extract (BcE) and PLA2 were added to the system 30 min after the beginning of each experiment (internal control) and Tezosentan (TZN) and Indomethacin (IND) were administered in the initial period of each experiment (T=0min). The mesenteric bed, kept warmed at 37°C, was perfused with Krebs solution at a constant flow, (4mL/min) but with a variable perfusion pressure, measured for 80 min. mRNA expression of TNF-α, IL-1β, rennin and adenosine receptors (A1, A2a, A2b and A3) was evaluated by PCR using 18S mRNA as reference gene. The data were analyzed by Student’s t-test (p<0.05). BcE altered kidney function increasing perfusion pressure (PP), renal vascular resistance (RVR), urinary flow (UF), glomerular filtration rate (GFR) and sodium, potassium and chloride excretion, especially with the intermediary concentração. Tezosentan inhibited these effects only partially. However, indomethacin presented a blockage more expressive that TZN. The PLA2 of B. caissarum showed a higher increase of PP at 60 minutes (Control= 104,17±3,72; PLA2(0,1) = 130,9±5,6*; PLA2(0,3) = 165,1±12,6*; PLA2(1,0) = 142,3±9,6*, *p<0,5) and increased RVR, UF, GFR, sodium, potassium and chloride excretion and urinary osmolarity, with descrease of Na+, K+ and Cl- distal transports.. The blockage of IND was more expressive on the smallest PLA2 concentração and TZN showed a modest effect, blocking more efficiently the intermediary concentração. Neither BcE, nor PLA2 altered the basal perfusion pressure of the isolated arteriolar mesenteric bed. PLA2 increased the gene expression of TNF-α (Control = 1,00 ± 0,00 vs. PLA2 = 1,116 ± 0,033*, com p<0,0001)and upnregulated the expression of adenosine receptors A2a (Control = 1,0 ± 0,01 vs. PLA2 = 1,238 ± 0,043*, com p<0,0001). These results suggest that BcE and PLA2 exert significative actions in the isolated perfusion kidney, without vascular effects in the arteriolar mesenteric bed. COX-2 and endothelin appear to be important mediators of the effects of BcE and PLA2. In addition, adenosine is also involved in the mechanism of action of B. caissarum.
Descrição: MARTINS, René Duarte. Efeitos renais e vasculares do extrato bruto da anêmona marinha Bunodosoma caissarum e sua fração fosfolipase A2 : estudo dos mediadores envolvidos. 2008. 242 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2008.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/3837
Aparece nas coleções:DFIFA - Teses defendidas na UFC

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2008_tese_rdmartins.pdf2,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.