Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38627
Title in Portuguese: Pensamento reflexivo e abordagem dos alunos à aprendizagem: uma avaliação sobre o emprego do método de casos de ensino em administração
Author: Silva, Sarah Renata Menezes
Advisor(s): Ferraz, Serafim Firmo de Souza
Keywords: Abordagens dos alunos à aprendizagem
Pensamento reflexivo
Casos de ensino
Universidade federal
Issue Date: 2018
Citation: SILVA, Sarah Renata Menezes. Pensamento reflexivo e abordagem dos alunos à aprendizagem: uma avaliação sobre o emprego do método de casos de ensino em administração. 2018. 152 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade, Programa de Pós-graduação em Administração e Controladoria, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Esta pesquisa teve como objetivo compreender a relação entre a metodologia de casos de ensino, as abordagens à aprendizagem e o pensamento reflexivo, além da percepção dos discentes sobre a aprendizagem decorrente em disciplinas de um curso de graduação em Administração. O estudo parte da premissa de que o ato de administrar é complexo, contingencial, sujeito a riscos e à relativa imprevisibilidade, requerendo abordagens de ensino e de aprendizagem ativas. Para alcançar o referido objetivo, foi conduzido um estudo de métodos mistos sequenciais. O primeiro, uma pesquisa analítica longitudinal de natureza quantitativa e, o segundo, uma pesquisa qualitativa, com os alunos de duas disciplinas do curso noturno de Administração da Universidade Federal do Ceará. Na etapa quantitativa, foram utilizados o Questionário Revisado de Processo de Estudo (R-SPQ-2F), de Biggs, Kember e Leung (2001), e o Questionário de Reflexão (QR), de Kember et al. (2000) com 38 alunos. Os resultados quantitativos rejeitaram as hipóteses de que os casos de ensino favorecem a abordagem profunda e os níveis de reflexão e reflexão crítica do pensamento reflexivo. Tal achado estimulou uma etapa complementar, de natureza qualitativa, para ampliar a compreensão dos resultados da primeira etapa, por meio da realização de entrevistas semiestruturadas e análise de conteúdo com 14 alunos. A pesquisa qualitativa evidenciou que os casos em Administração contribuem a utilização da abordagem profunda pelos alunos, apesar da influência de certos aspectos, como as características dos próprios estudantes, a preferência acadêmica e o cansaço, dentre outros. Quanto aos resultados do pensamento reflexivo, concluiu-se que os casos de ensino parecem desestimular a ação habitual em favor da compreensão dos conceitos. Entretanto, a abrangência conceitual dos casos, face ao estágio em que os alunos se encontravam no curso, conjugada com a incipiente experiência profissional dos mesmos se mostraram como fatores limitantes ao desenvolvimento da reflexão e da reflexão crítica. No que tange à aprendizagem, é possível inferir que os casos parecem incentivar a responsabilização dos alunos pela busca de fontes alternativas e pela participação ativa, contribuir para a transferência de conhecimento entre os estudantes e para a fixação da aprendizagem em longo prazo.
Abstract: This research aimed to understand the relationship between teaching case methodology, approaches to learning and reflective thinking, as well as the students' perception about learning arising in the subjects of an undergraduate course in Administration. The study starts from the premise that the act of administering is complex, contingent, subject to risks and relative unpredictability, requiring active teaching and learning approaches. To achieve this goal, a study of sequential mixed methods was conducted. The first is a quantitative longitudinal research, and the second is a qualitative research with students from two subjects of the night course of Administration at the Federal University of Ceará. In the quantitative step, the Revised Study Process Questionnaire (R-SPQ-2F), by Biggs, Kember and Leung (2001), and the Reflection Questionnaire (QR), by Kember et al. (2000) with 38 students. The quantitative results rejected the hypotheses that teaching cases favor the deep approach and levels of reflection and critical reflection of reflective thinking. This finding stimulated a complementary step, of qualitative nature, to broaden the understanding of the results of the first stage, through semi-structured interviews and content analysis with 14 students. Qualitative research evidenced that the cases in Administration contribute to the students 'use of the deep approach, despite the influence of certain aspects, such as students' characteristics, academic preference and fatigue, among others. As for the results of reflective thinking, it was concluded that teaching cases seem to discourage habitual action in favor of understanding the concepts. However, the conceptual scope of the cases, in relation to the stage in which the students were in the course, combined with the incipient professional experience of the same ones, were shown as limiting factors for the development of reflection and critical reflection. With regard to learning, it is possible to infer that the cases seem to encourage students to be responsible for the search for alternative sources and active participation, to contribute to the transfer of knowledge among students and to the fixing of learning in the long term.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38627
Appears in Collections:PPAC - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_srmsilva.pdf1,57 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.