Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38947
Title in Portuguese: Torta de girassol associada a enzimas na alimentação de frangas de reposição de diferentes linhagens
Title: Sunflower cake associated to enzimes in the supply of replacement pullets of different lines
Author: Alencar, Amanda Virgínia Oliveira
Advisor(s): Nascimento, Germano Augusto Jerônimo do
Co-advisor(s): Freitas, Ednardo Rodrigues
Keywords: Helianthus annuus
Enzimas exógenas
Alimento alternativo
Qualidade dos ovos
Nutrição de aves
Issue Date: 2018
Citation: ALENCAR, Amanda Virgínia Oliveira Torta de girassol associada a enzimas na alimentação de frangas de reposição de diferentes linhagens. 2018. 84 f. Dissertação (Dissertação em Zootecnia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018.
Abstract in Portuguese: Objetivou-se avaliar a inclusão de torta de girassol (TG) e a sua metabolização com ou sem adição de enzimas nas rações de frangas de reposição leves e semipesadas nos períodos de crescimento e seus efeitos sobre desempenho, viabilidade econômica, maturidade sexual e qualidade dos ovos no início da fase de postura. No experimento I, com frangas leves, foram realizados avaliação de desempenho e dois ensaios de metabolismo. Para o desempenho, 540 frangas foram utilizadas (7 a 17 semanas de idade) em delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 2 + 1 (dois níveis de inclusão de TG, 10% e 20%). Foram utilizadas, duas formas do complexo enzimático, (presença e ausência), mais um tratamento controle, com 6 repetições de 18 aves. Entre a 9ª e a 10ª semana de idade das aves, foi realizado o primeiro ensaio de metabolismo e o segundo entre a 14ª e 15ª semana, utilizando os mesmos tratamentos com 6 repetições de 5 aves. Para o desempenho no período de crescimento, não foi observada interação significativa (P>0,05) entre os níveis de TG e enzimas. Isoladamente as rações e as enzimas influenciaram significativamente (P<0,05) o consumo de ração e a conversão alimentar. Foi observada redução dos coeficientes de metabolização da matéria seca (CMMS), do nitrogênio (CMN), da energia bruta (CMEB), da energia metabolizável aparente (EMA) e energia metabolizável aparente corrigida para o balanço de nitrogênio (EMAn) das rações à medida que foi aumentando o nível de TG, mesmo com a presença de enzimas e interação significativa (P<0,05) entre os níveis de TG e enzimas para o CMMS. No final do período de crescimento, 360 aves foram transferidas para o galpão de postura permanecendo até a 35ª semana de idade mantendo o mesmo delineamento experimental. As rações não afetaram o desempenho produtivo, maturidade sexual e qualidade dos ovos, ocorrendo diminuição apenas dos valores de densidade específica em relação ao tratamento controle e interação significativa (P<0,05) para a mesma variável. No experimento II as mesmas avaliações foram realizadas com 480 frangas semipesadas no período de crescimento, com o mesmo esquema fatorial das aves leves (2 x 2 +1), porém as inclusões de TG foram de 12% e 24% com 6 repetições de 16 aves para o desempenho. Os dois ensaios de metabolismo foram realizados no mesmo período do experimento I. As repetições foram de 4 aves e ao final da 35ª semana de idade, 330 aves foram transferidas para o galpão de postura. Na fase de crescimento, não foi observada interação significativa (P>0,05) entre os níveis de TG e enzimas, em que as rações e enzimas influenciaram isoladamente (P<0,05) o consumo de ração e a conversão alimentar. Contudo, as rações não afetaram o desempenho produtivo, maturidade sexual e qualidade dos ovos, ocorrendo redução apenas dos valores de densidade específica em relação ao tratamento controle. Nos metabolismos, observou-se redução dos Coeficientes de Metabolização (CM) à medida que foi aumentando o nível de TG, mesmo com a presença de enzimas. Até 20% de inclusão de TG pode ser utilizada em rações de frangas leves e até 24% para as semipesadas sem que ocorra prejuízo do desempenho. A quantidade enzimática adicionada foi suficiente para manter o desempenho. Entretanto, não garantiu maior metabolização dos nutrientes contidos nas rações. Quanto à análise de viabilidade econômica com as aves leves, as rações que continham 20% de TG com enzimas apresentaram menores custos/Kg de ganho de peso corporal e melhores índices de eficiência e de custo. Com as semipesadas os melhores resultados para essas variáveis foram obtidos com a inclusão de 24% de TG sem enzimas.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the inclusion of sunflower cake (SC) and its metabolization with or without the addition of enzymes in the rations of light and medium weight replacement pullets during growth periods and their effects on performance, economic viability, sexual maturity and quality of eggs at the beginning of the laying phase. In the experiment I, with light pullets, performance evaluation and two metabolism tests were performed. For the performance, 540 pullets were used (7 to 17 weeks of age) in a completely randomized design in a 2 x 2 + 1 factorial scheme (two inclusion levels of SC, 10% and 20%), two forms of the enzyme complex, absence), plus a control treatment, with 6 replicates of 18 birds. Between the 9th and 10th week of the birds, the first metabolism test was performed and the second between the 14th and 15th week, using the same treatments with 6 replicates of 5 birds. As for the performance in the growth period, no significant interaction (P> 0.05) was observed between SC and enzyme levels. Rations and enzymes alone significantly influenced (P <0.05) feed intake and conversion to feed. It was observed a reduction of the coefficients of metabolization of dry matter (CMDM), nitrogen (CMN), crude energy (CMCE), apparent metabolizable energy (AME) and corrected apparent metabolizable energy for the nitrogen balance (AMEn) as SC levels were increased, even with the presence of enzymes and significant interaction (P <0.05) between the levels of SC and enzymes for CMDM. At the end of the growth period, 360 birds were transferred to the laying shed and remained there until the 35th week of age, maintaining the same experimental design. The rations did not affect the productive performance, sexual maturity and egg quality, only the values of specific density decreased in relation to the control and significant interaction (P <0.05) for the same variable. In the experiment II the same evaluations were performed with 480 medium weight pullets in the growth period, with the same factorial scheme of the light birds (2 x 2 +1), but the inclusions of SC were 12% and 24% with 6 replicates of 16 birds for performance. The two metabolism essays were performed in the same period of experiment I. The replicates were of 4 birds and at the end of the 35th week of age, 330 birds were transferred to the laying shed. In the growth phase, no significant interaction (P> 0.05) was observed between the levels of SC and enzymes, in which rations and enzymes influenced dietary intake and feed conversion alone (P <0.05). However, the rations did not affect the productive performance, sexual maturity and quality of the eggs, occurring only reduction of the values of specific density in relation to the control treatment. In the metabolisms, a reduction of Coefficients of Metabolization (CM) was observed as the level of SC was increased, even with the presence of enzymes. Up to 20% inclusion of SC can be used in light-weight rations and up to 24% for light-weight rations without performance impairment. The added enzymatic amount was sufficient to maintain performance. However, it did not guarantee greater metabolization of the nutrients contained in the rations. Regarding the economic viability analysis with the light birds, the rations that contained 20% SC with enzymes presented lower costs / Kg of body weight gain and better indices of efficiency and cost. With the medium weight pullets, the best results for these variables were obtained with the inclusion of 24% SC without enzymes.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/38947
metadata.dc.type: Dissertação
Appears in Collections:PPGZO - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_avoalencar.pdf1,36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.