Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39017
Title in Portuguese: Fatores preditores para mortalidade por sepse em uma unidade de terapia intensiva pediátrica
Title: Predictive factors for sepsis mortality in a pediatric intensive care uni
Author: Sales, Nádia de Sousa
Advisor(s): Oliveira, Silvando Carmo de
Keywords: Sepse
UTI
Pediatria
Issue Date: 11-Dec-2018
Citation: SALES, N.S. Fatores preditores para mortalidade por sepse em uma unidade de terapia intensiva pediátrica. 2018. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2018.
Abstract in Portuguese: Sepse é uma síndrome causada pela resposta inflamatória sistêmica de origem infecciosa, sendo complexa e caracterizada por diferentes manifestações que podem levar à falência de um ou mais órgãos e até à morte. O presente trabalho tem o objetivo de identificar fatores preditores para mortalidade por sepse em pacientes pediátricos internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A amostra foi composta de todos os documentos hospitalares de pacientes admitidos no período de abril de 2016 a abril de 2018 com diagnóstico confirmado de sepse, advindos da emergência pediátrica, clínica pediátrica, centro cirúrgico ou encaminhada por outros hospitais e que permaneceram no setor por mais de 24 horas. As variáveis neonatais, pediátricas e intra-hospitalares foram relacionadas ao desfecho utilizando a regressão logística multivariada, por meio do Soltware R. Foram incluídos 209 prontuários, das quais 11% vieram a óbito, a maioria menores de 1 ano e do sexo feminino. A variável prematuridade está relacionada ao pior desfecho mas, ao fim do ajuste do modelo e exclusão das variáveis não significativas ou viesadas, restaram como significativas, choque séptico (exp{1,257} = 3,51), PIM II abaixo de 15%, (exp{1,712} = 5,54), internação até o 28º dia de nascimento (exp{1,540} = 4,66), e comorbidades (exp{1,129} = 3,09). Medidas para redução da prematuridade e manejo durante a internação de recém-nascidos, atenção aos pacientes com múltiplas doenças e atualização dos protocolos de sepse instituídos são medidas que reduziriam o impacto negativo dessas variáveis.
Abstract: Sepsis is a syndrome caused by the systemic inflammatory response of infectious origin, being complex and characterized by different manifestations that can lead to the failure of one or more organs and until death. The present study aims to identify predictive factors for sepsis mortality in pediatric patients hospitalized in an Intensive Care Unit (ICU). The sample consisted of all hospital records of patients admitted from April 2016 to April 2018 with a confirmed diagnosis of sepsis, arising from pediatric emergency, pediatric clinic, surgery center or referred by other hospitals and who remained in the sector for more of 24 hours. Neonatal, pediatric and in -hospital variables were related to the outcome using multivariate logistic regression, using Soltware R. Form included 209 children, of whom 11% died, most of them younger than 1 year and female. The prematurity variable was related to the worst outcome, but at the end of the model adjustment and exclusion of the non-significant or biased variables, there remained as significant, septic shock (exp {1,257} = 3.51), IMP II below 15%, exp {1,712} = 5.54), hospitalization up to the 28th day of birth (exp {1,540} = 4.66), and comorbidities (exp {1,129} = 3.09). Measures to reduce prematurity and management during the hospitalization of newborns, attention to patients with multiple diseases and update of established sepsis protocols are measures that would reduce the negative impact of these variables.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39017
Appears in Collections:PPGCS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_nssales.pdfSALES, N.S. Fatores preditores para mortalidade por sepse em uma unidade de terapia intensiva pediátrica. 2018. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2018.1,34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.