Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39071
Title in Portuguese: Eficácia de estratégia educativa para adesão ao tratamento anti-hipertensivo: programa MeTTA
Author: Oliveira, Andressa Suelly Saturnino
Advisor(s): Araújo, Thelma Leite
Keywords: Hipertensão
Cooperação do Paciente
Adesão à Medicação
Mensagem de Texto
Promoção da Saúde
Issue Date: 8-Mar-2017
Citation: OLIVEIRA, A. S. S. Eficácia de estratégia educativa para adesão ao tratamento anti-hipertensivo: programa MeTTA. 2017. 110 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017.
Abstract in Portuguese: Pesquisa desenvolvida com objetivo de testar a eficácia de um programa educativo de mensagens de texto de telefonia móvel para motivar a adesão ao tratamento antihipertensivo. Estudo do tipo ensaio clínico randomizado e controlado, com recrutamento (n=344) realizado no Centro Integrado de Diabetes e Hipertensão, localizado em Fortaleza - Ceará. Houve randomização entre dois grupos, com 172 participantes em cada, alocados com igual proporção de sexo e tempo de diagnóstico da hipertensão. Denominou-se grupo controle (GC) aquele composto por participantes que receberam a assistência usual oferecida no local de coleta de dados. O grupo intervenção (GI) foi composto pelos participantes que receberam, durante três meses (abril a junho de 2016), além da assistência usual, mensagens de texto via telefone móvel sobre adesão ao tratamento anti-hipertensivo. As mensagens eram específicas para a dificuldade indicada pelo participante para aderir ao tratamento: tomada de medicamentos em conformidade com a prescrição; redução do consumo de sódio e de alimentos não-saudáveis; prática de exercícios físicos. Ao final de cada mês, os participantes do GI receberam uma ligação telefônica. Essa intervenção foi denominada Programa MeTTA. O desfecho foi a adesão ao tratamento anti-hipertensivo, mensurada por meio do Questionário de Adesão ao Tratamento da Hipertensão Arterial Sistêmica (QATHAS). Esse instrumento permite obter o coeficiente final de adesão, que pode variar de 60 a 110. A adesão foi medida, em ambos os grupos, antes (baseline) e após o período de intervenção. As variáveis contínuas foram submetidas ao teste de Kolmogorov- Smirnov para análise da distribuição. Para avaliação das associações entre os grupos, foi utilizado o teste do qui-quadrado (ou razão de verossimilhança) para as variáveis qualitativas. Para as quantitativas, o teste U de Mann-Whitney foi aplicado às variáveis binárias. Para a comparação das médias de adesão intra grupos antes e após a intervenção, o teste de Wilcoxon foi utilizado. As diretrizes contidas na Resolução Nº 466/2012 do Conselho Nacional de Saúde para pesquisas envolvendo seres humanos foram seguidas em todas as fases da pesquisa. Os grupos, na baseline, eram homogêneos quanto a todas as características testadas. Com as perdas, a amostra final da pesquisa foi de 253 participantes, sendo 112 do GC e 141 do GI. No GC, a adesão (desfecho) se manteve similar após a intervenção (p=0,109). O nível de adesão em ambos os momentos foi de 80 de acordo com a escala. Na análise intra GI, foi constatada diferença significativa entre as médias dos coeficientes do QATHAS (p<0,001). A adesão (desfecho), após a intervenção, foi melhor: aumento de um nível na escala de adesão: de 80 para 90. Relativo ao período pós-intervenção, foram comparadas as médias dos coeficientes do QATHAS entre GC e GI. A média dos coeficientes do QATHAS do GI foi maior do que do GC (p<0,001). Concluiu-se que o Programa MeTTA foi eficaz para motivar as pessoas, acompanhadas em instituição da atenção secundária à saúde de Fortaleza, a aderir ao tratamento anti-hipertensivo. Conseguiu aumentar em um nível a classificação da adesão no QATHAS.
Abstract: Aimed to test the effectiveness of an educational program of mobile text messaging for adherence to antihypertensive treatment. A randomized, controlled clinical trial with recruitment (n=344) conducted at the Integrated Diabetes and Hypertension Center, located in Fortaleza, Ceará. There was randomization between two groups, with 172 participants in each, allocated with equal sex ratio and time of diagnosis of hypertension. Control group (CG) was defined as the group that was composed of participants who received the usual assistance offered at the data collection site. The intervention group (IG) was composed of participants who received, for three months (April to June 2016), in addition to the usual assistance, text messages via mobile phone on adherence to antihypertensive treatment. The messages were specific to the difficulty indicated by the participant to adhere to the treatment: taking medications in accordance with the prescription; Reduced consumption of sodium and unhealthy foods; Practice of physical exercises. At the end of each month, IG participants received a telephone call. This intervention was called MeTTA Program. The outcome was adherence to the antihypertensive treatment, measured by means of the Questionnaire for Adherence to the Treatment of Systemic Hypertension (QATHAS). This instrument allows to obtain the final coefficient of adhesion, which can vary from 60 to 110. Adhesion was measured in both groups, before (baseline) and after the intervention period. Continuous variables were submitted to the Kolmogorov-Smirnov test for distribution analysis. To evaluate the associations between the groups, the chi-square test (or likelihood ratio) was used for the qualitative variables. For the quantitative, the Mann-Whitney U test was applied to the binary variables. For the comparison of intra-group adhesion averages before and after the intervention, the Wilcoxon test was used. The guidelines contained in Resolution Nº 466/2012 of the National Health Council for research involving human subjects were followed at all stages of the research. The groups, on the baseline, were homogeneous for all characteristics tested. With the losses, the final sample of the research was of 253 participants, being 112 of the CG and 141 of the IG. In CG, adherence (outcome) remained similar after the intervention (p=0,109). The level of adhesion at both times was 80 according to the scale. In the intra IG analysis, a significant difference was found between the means of the QATHAS coefficients (p<0,001). Adherence (outcome), after the intervention, was better: one level increase in the adherence scale: from 80 to 90. Regarding the postintervention period, the means of the QATHAS coefficients between CG and IG were compared. The mean of the QATHAS coefficients of the IG was higher than the CG (p<0,001). It was concluded that MeTTA Program was effective to motivate people, accompanied in an institution of secondary health care in Fortaleza, to adhere to antihypertensive treatment. He was able to increase the membership rank in QATHAS by one level.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39071
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2017_tese_assoliveira.pdf1,19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.