Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39084
Title in Portuguese: Investigando o uso de um guia de acessibilidade de interface web com foco nos aspectos do autismo no design e avaliação de aplicações.
Author: Mendonça, Bruno Henriques de
Advisor(s): Marques, Anna Beatriz dos Santos
Keywords: Acessibilidade
Transtorno do Espectro Autista
Interface
Issue Date: 2018
Citation: MENDONÇA, Bruno Henriques de. Investigando o uso de um guia de acessibilidade de interface web com foco nos aspectos do autismo no design e avaliação de aplicações. 2018. 68 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia de Software) - Universidade Federal do Ceará, Campus de Russas, Russas, 2018.
Abstract in Portuguese: A acessibilidade dos usuários com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) chama a atenção do meio acadêmico pois esses usuários possuem diferentes níveis de habilidade de uso pelo motivo de apresentar dificuldades em relação à interação social, comunicação, bem como um repertório limitado de interesses e atividades e eles podem não compreender ou perceber determinados conteúdos, termos e figuras presentes na interface de aplicações. Com o passar do tempo foram criadas diretrizes de acessibilidade de interface do usuário para usuários com o Transtorno do Espectro Autista porém a maioria dos desenvolvedores de software não se preocupam com a acessibilidade desses usuários. Uma pesquisa executada por Britto e Pizzollato (2016) indicou uma baixa preocupação dos desenvolvedores de software com a acessibilidade de pessoas com o TEA. Uma pesquisa executada por Britto e Pizzollato (2018) indicou que existem alguns pontos a melhorar nas diretrizes propostas por eles. Segundo uma pesquisa executada no projeto de extensão Projeto e Desenvolvimento de Tecnologias Acessíveis (ProDTeA) no campus de Russas com 52 pais de crianças com o transtorno do espectro autista com faixa etária de 2 a 14 anos de todas as regiões do Brasil esse aplicativo é o mais utilizado pelas crianças. Esse trabalho relatará: (1) a avaliação da acessibilidade das interfaces de aplicações mobile orientados pelas diretrizes do Guia de Acessibilidade de Interface web focados em aspectos do Autismo (GAIA), (2) reprojeto da interface de um aplicativo mobile avaliado de acordo com o resultado da avaliação e (3) um experimento para avaliar a facilidade de uso do Guia de Acessibilidade de Interface web focados em aspectos do Autismo com a inspeção de acessibilidade do aplicativo YouTube. Todo esse trabalho foi executado com o auxílio dos alunos do projeto de extensão ProDTeA que visa desenvolver aplicativos acessíveis para a sociedade. Nesse documento apresentará alguns pontos a melhorar nas diretrizes do GAIA e na acessibilidade do aplicativo YouTube. Esse trabalho visa incentivar os desenvolvedores a se preocuparem com a acessibilidade dos usuários com o Transtorno do Espectro Autista e incentivar a produção de trabalhos que facilitem o uso das diretrizes de acessibilidade da interface de aplicativos para pessoas com o Transtorno do Espectro Autista.
Abstract: The accessibility of users with Autism Spectrum Disorder (ASD) draws attention to the academic environment because these users have different levels of ability to use because they present difficulties in relation to social interaction, communication, as well as a limited repertoire of interests and activities and they may not understand or perceive certain content, terms and figures present in the application interface. Over time, user interface accessibility guidelines have been created for users with Autism Spectrum Disorder, however most software developers do not care about the accessibility of these users. A survey carried out by Britto and Pizzollato (2016) indicated a low concern of the software developers with the accessibility of people with TEA. A survey by Britto and Pizzollato (2018) indicated that there are some points to improve in the guidelines proposed by them. According to research carried out in the project on the Design and Development of Affordable Technologies (ProDTeA) on the campus of Russas with 52 parents of children with autism spectrum disorder aged 2 to 14 years from all regions of Brazil, this application is the more used by children. This work will report on: (1) assessing the accessibility of mobile application interfaces guided by the guidelines of the Web Interface Accessibility Guide focused on aspects of Autism (GAIA), (2) redesigning the interface of a mobile application evaluated according to the and (3) an experiment to evaluate the ease of use of the Autism Accessibility Guide web-focused on aspects of Autism with the YouTube application accessibility inspection. All this work was carried out with the help of the students of the ProDTeA extension project that aims to develop applications accessible to society. This document will present some points to improve on the GAIA guidelines and accessibility of the YouTube app. This work aims to encourage developers to be concerned with the accessibility of users with Autism Spectrum Disorder and to encourage the production of works that facilitate the use of accessibility guidelines of the application interface for people with Autism Spectrum Disorder.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39084
metadata.dc.type: TCC
Appears in Collections:ENGENHARIA DE SOFTWARE - RUSSAS - Monografias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tcc_bhenriquesdemendonça.pdf3,46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.