Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39147
Title in Portuguese: Diversidade genômica de isolados nosocomiais de actinetobacter baumannii multirresistentes produtores de carbapenemases em hospitais de ensino do Ceará
Title: Genomic diversity of nosocomial isolates of multiresistant carbapenemase-producing actinetobacter baumannii in Ceará teaching hospitals
Author: Brito, Izabelly Linhares Ponte
Advisor(s): Barbosa, Francisco César Barroso
Co-advisor(s): Pinto, Vicente de Paulo Teixeira
Santos, Iriana Carla Junqueira Zanin dos
Keywords: Acinetobacter baumannii
Carbapenêmicos
Infecção hospitalar
Issue Date: 27-Mar-2018
Citation: BRITO, I.L.P. Diversidade genômica de isolados nosocomiais de actinetobacter baumannii multirresistentes produtores de carbapenemases em hospitais de ensino do Ceará. 2018. 97 F. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2018
Abstract in Portuguese: Acinetobacter baumannii é um patógeno oportunista que causa infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS), com altas taxas de morbimortalidade, comumente associado a surtos de infecções nosocomiais. Este microrganismo é intrinsicamente resistente a vários antimicrobianos, sendo que o mecanismo mais comum de resistência aos carbapenêmicos é a degradação enzimática por carbapenemases, como as oxacilinases. Este estudo teve como objetivo analisar a frequência e o perfil de sensibilidade antimicrobiana de A. baumannii isolados de pacientes com diagnóstico de infecção hospitalar na Santa Casa de Misericórdia de Sobral (SCMS), no Hospital Geral de Foraleza (HGF), no Hospital Geral César Calls (HGCC) e no Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), entre novembro de 2016 e abril de 2017, assim como realizar a detecção dos genes de resistência bla OXA-51 , Bla OXA-23 , bla OXA-24 e bla OXA-58 nesses isolados. A identificação e o TSA (Teste de Suscetibilidade aos Antimicrobianos) foram determinados pelo sistema automatizado (Vitek2®; bioMérieux), para confirmação da identidade dos espécimes foi amplificado o gene bla OXA-51 e para os isolados resistentes à tigeciclina foi determinada a Concentração Inibitória Mínima (CIM) pela técnica de microdiluição em caldo. As espécies nosocomiais de A. baumannii foram analisados para a detecção dos genes bla OXA por PCR. No total, 167 isolados de A. baumannii foram investigados. Desses, 54 (32,3%) eram oriundos de amostras de sangue e 42 (25,1%) de aspirado traqueal, sendo que 101 (60,5%) dos isolados eram oriundos da UTI. Os dados demonstraram que 132 (79%) dos isolados de A. baumannii eram resistentes aos carbapenêmicos e todos foram sensíveis à colistina. O gene bla OXA-23 foi detectado em 78 (46,7%) e o bla OXA-24 em 45 (26,9%), enquanto o bla OXA-58 não foi detectado em nenhum dos microrganismos analisados. Os genes bla OXA-23 e bla OXA-24 foram encontrados em 4 isolados, simultaneamente. Os resultados desse estudo demonstraram que a maioria dos espécimes nosocomiais de A. baumannii foram isolados de amostras de sangue, de pacientes internados na UTI e demonstraram altas taxas de resistência aos carbapenêmicos e sensibilidade à colistina e tigeciclina, podendo ser esses fármacos opções terapêuticas no tratamento de infecções causadas por esse patógeno. Além disso, o gene bla OXA-51 foi o subgrupo prevalente e bla OXA-23 o gene adquirido predominante entre os isolados de A. baumannii MDR. Contudo, houve diferenças no sítio de isolamento e na prevalência do subgrupo do gene bla OXAdependendo do hospital analizado.
Abstract: Acinetobacter baumanniiis an opportunistic pathogen resistant to several antimicrobials. We aimed to investigate the sensitivity profile and frequency of OXA-type carbapenemases among A. baumannii nosocomial strains isolated from patients in teaching hospitals of Ceará, Brazil.From November 2016-April 2017, A. baumannii nosocomial strains from four teaching hospitals were analyzed. All isolates were identified, and the antimicrobial susceptibility profile established by VITEK®2. Polymerase chain reaction (PCR) to amplify the bla OXA-51 gene was performed on all presumptively strains identified as A. baumannii, and minimum inhibitory concentrations were determined by the broth microdilutionfor tigecycline-resistant isolates. Furthermore, bla OXA-23 , bla OXA-24 , and bla OXA-58 genes were detected by PCR. A total of167 A. baumannii nosocomial strains were analyzed, from which 101 (60.5%) were from patients in intensive care units, 54 (32.3%) were isolated from thebloodstream, and 142 (85.0%) were multi-drug resistant (MDR). 132 (79.0%) isolates were resistant to carbapenems, but all isolates were susceptible to colistin and most of them were susceptible to tigecycline. The majority harbored the bla OXA-23 gene, these data were significantly associated with an MDR phenotype. In addition, 45 (26.9%) contained bla OXA-24 , four strains harbored concomitantly bla OXA-23 and bla OXA-24 and nobla OXA-58 geneswere detected.These results demonstrated high resistance rates to the different antimicrobial drugs analyzed and a high frequency of bla OXA-23 gene, suggesting that colistin and tigecycline could be the therapeutic options for the treatment of infections associated with MDRA. baumannii.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39147
Appears in Collections:PPGCS - Dissertações defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_dis_ilpbrito.pdfBRITO, I.L.P. Diversidade genômica de isolados nosocomiais de actinetobacter baumannii multirresistentes produtores de carbapenemases em hospitais de ensino do Ceará. 2018. 97 F. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 20182,05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.