Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39346
Title in Portuguese: Fatores paternos influenciadores do diagnóstico de enfermagem amamentação interrompida
Author: Gonçalves, Gleice Adriana Araujo
Advisor(s): Silva, Viviane Martins
Keywords: Pai
Comportamento Paterno
Aleitamento Materno
Diagnóstico de Enfermagem
Issue Date: 23-Nov-2018
Citation: GONÇALVES, G. A. A. Fatores paternos influenciadores do diagnóstico de enfermagem amamentação interrompida. 2018. 134 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.
Abstract in Portuguese: O aleitamento materno é uma das principais práticas que promove a saúde. No entanto, o processo de amamentação é uma tarefa difícil para muitas mulheres. A presença do homem-pai é o suporte de relevância para a amamentação na perspectiva materna. A atuação do pai no contexto da amamentação é permeada por incertezas e dificuldades, uma vez que a assistência à saúde tem enfoque no binômio materno-infantil, não havendo a inclusão paterna nos programas de acompanhamento do ciclo gravídico-puerperal. Tal fato gera desconhecimento e inaptidão do homem-pai com relação ao aleitamento materno, o que pode influenciar diagnósticos de enfermagem como Amamentação interrompida. Nesse contexto objetivou-se analisar fatores paternos influenciadores do diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida. Foi realizado um estudo clínico do tipo caso-controle. A pesquisa foi desenvolvida no Município de Juazeiro do Norte- CE. A população do estudo foi constituída pelos trinômios mãe-pai-filho, que residiam na zona urbana, e cuja mãe e/ou criança estavam cadastradas na Estratégia Saúde da Família do referido município. A coleta de dados aconteceu no período de junho a dezembro de 2017. A amostra do estudo foi composta por 220 trinômios mãe-pai-filho, sendo 101 casos e 119 controles. Os dados foram coletados pela pesquisadora e por acadêmicos de Enfermagem da Universidade Regional do Cariri (URCA), utilizando um instrumento para determinação do diagnóstico Amamentação interrompida no binômio mãe-filho, e um instrumento para os homens-pai, a fim de realizar uma avaliação da ocorrência de fatores paternos relacionados ao referido diagnóstico que foi construído com base nos indicadores encontrados na revisão da literatura. A presença ou ausência das características definidoras foi determinada pela pesquisadora mediante a utilização de um procedimento operacional padrão. O estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Regional do Cariri (URCA) sob o parecer nº 2.081.313. Os dados foram organizados e tabulados por meio do software Excel® versão 2013 e apresentados em tabelas. Para o processamento e as análises estatísticas dos dados foi utilizado o software IBM SPSS versão 21.0 for Windows® e o pacote estatístico R versão 3.2. A análise descritiva incluiu valores absolutos e percentuais com respectivos intervalos de confiança de 95% para variáveis nominais, e a apresentação de medidas de tendência central e de dispersão para variáveis quantitativas. Para análise bivariada, foi aplicado o teste de Qui-quadrado para comparação de proporções ao se analisar a relação de variáveis nominais com a ocorrência do diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida. Para verificação de diferença de média, foi aplicado o teste t de Student após a verificação de aderência à distribuição normal com o teste de Kolmogorov-Smirnov com correção de Lilliefors. No caso de não aderência à distribuição normal, foi aplicado o teste de Mann-Whitney. Para a determinação do diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida nos binômios mãe-filho e para verificar as medidas de sensibilidade e especificidade das características definidoras mais prevalentes, foi utilizado o modelo de classe latente ajustado com efeitos randômicos. Probabilidades posteriores baseadas no modelo de classe latente ajustado foram utilizadas para constatar a associação das características definidoras e o diagnóstico em estudo. Para avaliar os fatores paternos relacionados ao diagnóstico Amamentação interrompida, foram apresentadas as Odds Ratios ajustadas para cada variável com os respectivos intervalos de confiança de 95%. Foi adotado um nível de significância de 5%. Utilizou-se o Teste exato de Fisher para verificar a associação entre os fatores paternos e a ocorrência do diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida. As características definidoras do diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida, que apresentaram maior prevalência foram: Desejo da mãe de oferecer seu leite para atender as necessidades nutricionais do filho, Desejo da mãe de manter o aleitamento para atender as necessidades nutricionais da criança, Falta de conhecimento em relação ao armazenamento do leite materno, Falta de conhecimento com relação à expressão (ordenha) do leite materno e Amamentação não exclusiva; e, em menor proporção apareceu a característica definidora Separação entre mãe e filho. Os fatores paternos que contribuíram para a ocorrência do diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida encontradas neste estudo, podem ser classificados como fatores etiológicos reforçadores, dentre os quais pode-se citar: homens-pai que demonstraram acreditar que seu filho chora com fome mesmo tendo sido amamentado, homens-pai que afirmaram que seu filho precisa de água, chá ou leite artificial para complementar o aleitamento materno, homens-pai que afirmaram incentivar o oferecimento de água, chá, leite artificial e outros alimentos e, homens-pais que afirmaram que a forma mais adequada de alimentar o seu filho é através da mamadeira. Conclui-se que existem fatores etiológicos reforçadores paternos, que levam a um aumento da suscetibilidade ao diagnóstico de enfermagem Amamentação interrompida, os quais não estão listados na versão atual da taxonomia NANDA-I.
Abstract: Breastfeeding is one of the main actions to promote health. However, the process on itself is a difficult task for many women. The presence of the father is a relevant aid for Breastfeeding in the maternal perspective. The role of the father in the Breastfeeding context is permeated by uncertainty and hardships, since the health assistance has a more intense grasp on the maternal-child binomial, thus there is no paternal inclusion in the follow-up programs of the pregnancy-puerperal cycle. This fact generates a lack of knowledge and inadequacy of the father in relation to Breastfeeding, which can influence nursing diagnosis such as interrupted Breastfeeding. In the context above mentioned, the general objective of this research was to identify the paternal variables that act as related factors from the nursing point of view as to diagnosis interrupted Breastfeeding. A clinical case-control and observational study was conducted. The research was developed in the city of Juazeiro do Norte-CE. The study population consisted of the mother-father-son trinomials, who lived in the urban area and were enrolled in the Family Health Strategy of that city. Data collection took place from June to December 2017. The study sample consisted of 220 mother-father-child trinomials, being 101 cases and 119 controls. The data were collected by the researcher as well as nursing students enrolled in the Universidade Regional do Cariri, using an instrument to determine the diagnosis of interrupted Breastfeeding in the mother-child binomial, and an instrument for the fathers, in order to evaluate the occurrence of the paternal variables related to the diagnosis, which was constructed based on the indicators found in the review of literature. The researcher determined the presence or absence of the defining characteristics using a standard operating procedure protocol. The study received approval from the Research Ethics Committee of Universidade Regional do Cariri under ruling 2.081.313. The data were organized and tabulated using 2013 Excel® and presented in tables. For statistical data processing and analysis, IBM SPSS version 21.0 for Windows® and R version 3.2 were used. The descriptive analysis included absolute and percentage values with respective 95% confidence intervals for nominal variables, and the presentation of central trend and dispersion measures for quantitative variables. For bivariate analysis, the Chi-square test was used to compare proportions when analyzing the relation of nominal variables with the occurrence of the nursing diagnosis of interrupted Breastfeeding. To check the differences in the average, Student's t-test was applied after checking the normal distribution by applying the Kolmogorov-Smirnov test with Lilliefors correction. In case of non-compliance with the normal distribution, the Mann-Whitney test was administered. In order to determine the nursing diagnosis of interrupted Breastfeeding in the mother-child binomials and to verify the sensitivity and specificity measures of the most prevalent defining characteristics, the latent class model adjusted with random effects was used. Posterior probabilities based on the adjusted latent class model were used to verify the association of the defining characteristics with the diagnosis under study. As to evaluate the paternal variables related to the interrupted Breastfeeding diagnosis, it was presented the adjusted Odds Ratios for each variable with the respective 95% confidence intervals. Significance was set at 5%. Fisher's exact test was used to verify the association between parental variables and the occurrence of the nursing diagnosis of interrupted Breastfeeding. The most prevalent defining characteristics of the nursing diagnosis of interrupted Breastfeeding were: Mother's desire to offer her milk to meet the nutritional needs of the child, Mother's desire to maintain Breastfeeding to meet the nutritional needs of the child, Lack of knowledge in relation to the storage of breast milk, Lack of knowledge regarding the expression (milking) of breast milk and non exclusive Breastfeeding; and the defining characteristic of separation between mother and child to a lesser extent. The paternal variables that contributed to the occurrence of the nursing diagnosis of interrupted Breastfeeding found in this study can be classified as reinforcing etiological factors, among which we can mention: fathers who have showed to believe that their child cries with hunger even though they have been breastfed, fathers who argued that their child needs water, tea or artificial milk to supplement Breastfeeding, fathers who said they encouraged water, tea, artificial milk and other foods and fathers who argued that the most appropriate way to feed their child is with the bottle. It is concluded that there are parental reinforcing etiological factors, which lead to the increase of the susceptibility to the nursing diagnosis of interrupted Breastfeeding, which are not listed in the current version of the NANDA-I taxonomy.
URI: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/39346
Appears in Collections:DENF - Teses defendidas na UFC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_tese_gaagonçalves.pdf1,25 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.